DASA implanta Código de Ética para os funcionários


Grupo de medicina diagnóstica cria Comitê de Ética para acompanhar a aplicação do novo código

Um ano após abrir o capital na Bolsa de Valores de São Paulo, a Diagnósticos da América S/A (DASA) distribuiu para seus funcionários o Código de Ética que regulará as atividades do grupo. A DASA é o maior grupo privado de medicina diagnóstica da América Latina e detentor, em Curitiba, das marcas Frischmann Aisengart, Curitiba Santa Casa e Delboni Auriemo.

A iniciativa, que envolveu oito meses de discussões internas e preparação, foi completada com a formalização do Comitê de Ética, que tem a missão de acompanhar, encaminhar e difundir as questões de conduta dos funcionários da DASA em relação a clientes, fornecedores, governo, colegas e empresas concorrentes.

Subordinado à presidência, o Comitê é integrado pela diretora de Gestão de Pessoas, Maria Cristina Funck, pelo vice-presidente Médico, Dr. Luiz Gastão Rosenfeld, além do vice-presidente de Atendimento, Antônio Carlos Gaeta. De acordo com a diretora de Gestão de Pessoas, “o Código de Ética formaliza de forma simples, objetiva e sintética os valores da DASA e tem a função de ser uma bússola para os 5.600 funcionários da empresa. Queremos atuar sob os mesmos princípios éticos”. Cada funcionário, ao receber seu exemplar do Código de Ética, assinou um recibo no qual se compromete a cumprir todas as disposições nele contidas.

O Código procura cobrir todas as questões que envolvem potenciais conflitos no ambiente de trabalho e nas relações com os públicos externos. Dividido em 15 capítulos curtos, o manual contém determinações sobre assuntos polêmicos como conflitos de interesse, informações confidenciais, recebimento ou pagamento de propinas e presentes, contribuição a campanhas políticas, atuação de parentes e conduta no ambiente de trabalho. Os resultados da atuação do Comitê de Ético serão consolidados nos balanços anuais do grupo.

Sobre a DASA

A Diagnósticos da América S/A é a maior e mais completa empresa de medicina diagnóstica e saúde preventiva da América Latina e a sexta maior rede do mundo. Foi a primeira empresa do setor de saúde a negociar ações no mercado brasileiro de capitais e iniciou o processo baseado nas práticas da governança corporativa. Em 2004, o grupo teve receita bruta de R$ 491,4 milhões. Com cerca de 5,5 mil funcionários, atende aproximadamente 18 mil pacientes por dia em 180 unidades, processando em média 2,5 milhões de exames por mês. Oferece 3 mil tipos de exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem. Atualmente, o grupo é formado por nove marcas – Delboni Auriemo, e Lavoisier (São Paulo); Lâmina e Bronstein (Rio); Curitiba Santa Casa, Frischmann Aisengart e Delboni Auriemo (Curitiba); Laboratório Alvaro (Cascavel), Pasteur (Brasília), Image Memorial (Salvador) e Club DA (Rio de Janeiro e São Paulo).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s