FUGINDO DA PRISÃO/parte 1


 

de

Olá amigos,

Este primeiro post será dedicado a um pessoa muito especial chamada  Ariane.

Bom, esse post se baseia em uma palestra de um monge sobre as experiências que ele teve com presídios e como ele conseguia olhar as pessoas sem ficar pensando nos erros que elas cometeram. Mas vamos trazer para um nível menos difícil e aplicar no nosso cotidiano. Se é possível para uma pessoa que fez coisas muito ruins, deve ser moleza aplicar na nossa vida. 😉

O Problema é que quando pensamos no passado vemos mais os erros. Ficamos tão focados algumas vezes nos erros que pode chegar a ser tudo o que vemos. Imagine uma prova que você tirou 7 de 10 mas por algum motivo você só consegue pensar nos 30% que você errou.

Então, hoje, por apenas 1 minuto tente parar e lembrar das coisas certas que você fez ou das maneiras que você ajudou outras pessoas. Você vai se surpreender que se você conseguir perceber que você também fez muitas coisas certas você vai cada vez mais se tornar o seu melhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s