Nikola Tesla foi um inventor austríaco de personalidade intrigante


Nikola Tesla

Nikola Tesla foi um inventor austríaco de personalidade intrigante que desenvolveu inúmeras tecnologias relacionadas com o Eletromagnetismo.

Nikola Tesla
Nikola Tesla deu importantes contribuições para o desenvolvimento de tecnologias relacionadas com a eletricidade1

Nikola Tesla foi um inventor austríaco que se dedicou à criação de tecnologias nos ramos da Engenharia Mecânica e da Eletricidade. Nasceu na aldeia Smiljan, em 1858, durante o Império Austríaco e, desde criança, era incentivado a desenvolver raciocínio lógico e a aprimorar a sua concentração e memória. Iniciou o curso de Engenharia Elétrica no Instituto Politécnico de Graz em 1873, mas não concluiu o curso. Em 1881, iniciou a sua carreira de engenheiro em uma companhia telefônica.

Tesla recebeu muitos títulos e prêmios durante a sua carreira. Em 1912, recusou-se a dividir o Prêmio Nobel de Física com Thomas Edison, com quem tinha sérias divergências. Em 1934, recebeu a medalha John Scott pelo desenvolvimento do sistema de energia polifásico.

Escultura de Nikola Tesla em Smiljan, Croácia
Escultura de Nikola Tesla em Smiljan, Croácia2

Acredita-se que Tesla sofria de transtorno obsessivo-compulsivo. O cientista apresentava inúmeras manias, tinha medo de contato com sujeira e germes (misofobia) e não ficava em quartos de hotel cujo número era divisível por três. Tesla morreu em 1943, aos 86 anos, na cidade de Nova Iorque.

Divergência com Thomas Edson

Uma das contribuições mais significativas de Tesla foi o desenvolvimento da chamada corrente alternada (AC), tipo de corrente elétrica variável no tempo que pode ser transmitida por longas distâncias.

Thomas Edson, inventor da lâmpada incandescente, era contemporâneo de Tesla e acreditava que a forma mais eficiente de transmissão de energia era por meio das correntes contínuas (DC), invariáveis no tempo e que apresentavam enorme dificuldade de serem transmitidas por longas distâncias. As brigas entre esses dois gênios duraram anos e, mesmo que o método de transmissão de energia por corrente alternada de Tesla fosse perigoso de ser aplicado, ele se mostrou infinitamente mais eficiente e é adotado até hoje nas transmissões de energia entre as usinas geradoras e as residências e indústrias.

Contribuições à ciência

As contribuições de Tesla à ciência foram muitíssimo expressivas. Ele criou teorias e tecnologias que marcaram a história do desenvolvimento tecnológico da humanidade. Várias tecnologias utilizadas hoje foram criadas a partir dos princípios e protótipos desenvolvidos por Nikola Tesla. A lista a seguir destaca algumas das principais contribuições de Tesla.

  • Invenção da corrente alternada (AC);
  • Contribuiu para a invenção do rádio por Marconi (transmissão de informação via ondas eletromagnéticas);
  • Idealizou o radar;
  • Estudos relacionados com a ressonância magnética;
  • Desenvolveu o motor a indução (Indução eletromagnética);
  • Desenvolveu a lâmpada fluorescente;
  • Inventou o controle remoto;
  • Desenvolveu sistemas de ignição para veículos automotores etc.

1Créditos da imagem: Georgios Kollidas / Shutterstock.com
2Créditos da imagemTamisclao Shutterstock.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s