Como plantar mandioca – conheça o passo a passo


Por serem de fácil cultivo e não necessitarem de muitos cuidados, é possível plantá-las em sítios ou até mesmo nas cidades, já que podem ser cultivadas em pequenas áreas

foto de mandioca

mandioca é um alimento rico em amido, muito energético e está presente na alimentação diária de milhares de pessoas. Por serem de fácil cultivo e não necessitarem de muitos cuidados, é possível encontrá-las em sítios ou até mesmo nas cidades, já que podem ser cultivadas em pequenas áreas. A mandioca pode ser plantada tanto para o consumo familiar quanto para a comercialização, seja em grande ou pequena escala. Entre suas vantagens em relação a outros cultivos, destacam-se:

– tem fácil propagação,
– elevada tolerância a longas estiagens,
– rendimentos satisfatórios mesmo em solos de baixa fertilidade,
– pouca exigência em insumos modernos,
– potencial resistência ou tolerância a pragas e doenças,
– elevado teor de amido nas raízes,
– boas perspectivas de mecanização, do plantio à colheita, sem grandes perdas na matéria seca,
– permite consórcio com inúmeras plantas alimentícias e industriais.

Passo a passo para plantar mandioca

1- Preparo do solo

O solo deve ser arado e gradeado para eliminar compactação e desfazer torrões. Aconselha-se fazer duas arações, a primeira dois meses antes do plantio, e a segunda no plantio, seguida de gradagem.

2- Adubação

Calcário: a mandioca é bastante exigente em cálcio e magnésio, que devem ser fornecidos pela aplicação de calcário.

Nitrogênio: o nitrogênio deve ser aplicado em cobertura, toda dosagem de uma vez, de 30 a 60 dias
após a brotação das manivas.

Fósforo: a dosagem total de fósforo deve ser aplicada no sulco ou na cova de plantio, de uma só
vez.

Potássio: é preciso colocar uma camada de três centímetros de terra em cima do adubo, para evitar que este fique em contato com as mudas.

3- Plantio

O plantio das manivas pode ser feito em sulcos, abertos com enxada ou com sulcador, em covas ou em camalhões. A profundidade de plantio das manivas, tanto no plantio manual quanto no mecanizado, deve ser de cerca de 10 cm. Após a distribuição, as manivas devem ser cobertas com uma camada de terra, fechando todo o sulco. O plantio pode ser feito em fileiras simples, com espaçamento de 1 m entrelinhas por 0,50 a 0,60 m entre plantas. Esse espaçamento é indicado para solos férteis, onde há maior desenvolvimento da parte aérea. Ainda para produção de raízes, pode ser usado o plantio em fileiras duplas, com espaçamento de 2,0 m entre as fileiras duplas, 0,60 m entre as linhas e 0,60 m entre plantas.

4- Tratos culturais

No primeiro ciclo da lavoura: os principais tratos culturais realizados no primeiro ciclo da lavoura são o controle de plantas daninhas, o controle de pragas e doenças (principalmente, o mandarová) e a adubação em cobertura.

No segundo ciclo da lavoura: No segundo ciclo, os tratos culturais são a poda da parte aérea, o controle de plantas daninhas e de pragas e doenças.

Por Silvana Teixeira.

Conheça os Cursos CPT da área Agroindústria.

Atendimento via WhatsApp
Anúncios