Por que o solucionador de problemas ou ”savant” social é tão importante para a harmonia das sociedades??

O soldado sentinela é aquele que pode captar perigos mais rapidamente do que as outras pessoas.

https://santoculto.wordpress.com/2014/10/21/por-que-o-solucionador-de-problemas-ou-savant-social-e-tao-importante-para-a-harmonia-das-sociedades/

https://santoculto.wordpress.com/

A harmonia da sociedade humana só poderá se fazer plena a partir do momento em que for rejeitado o modelo habitual de sociedade ”civilizada”, baseada na estrutura hierárquica piramidal. O problema não é a existência de uma hierarquia, mas a maneira e os critérios que são usados para construí-la e para mantê-la. Hierarquias sempre vão existir.

Em uma sociedade onde houver a rejeição do modelo educacional tradicional, baseado na supressão da neurodiversidade, da negação da super especialização cognitiva dos seres humanos e consequente ”uni-versi-dade” hierárquica, com a eliminação de variedade de mentes no topo da hierarquia, caminhará possivelmente para compreender os pontos mais fundamentais de discórdia e de desigualdade objetiva e injusta que acomete grande parte das coletividades humanas.

Em uma sociedade com castas cognitivas demarcadas, semelhante à indiana, mas sem os seus  excessos de desigualdade, as pessoas desde à infância, serão observadas e selecionadas mediante as suas características mentais, para exercer determinada profissão.

E uma sociedade consciente, precisa de seres extremamente autoconscientes para que possa evoluir com firmeza e clareza.

Dentre as castas cognitivas mais importantes, nós temos a dos solucionadores de problemas.

O próprio nome da casta dispensaria mais explicações conceituais, mas sempre necessitarei mostrar-lhes resumidamente a importância deste grupo, por meio de sua conceituação mais simples e didática possível.

Os solucionadores de problemas são aqueles que estão dotados de grande à imensa perspicácia, derivada de suas mentes holísticas e são capazes de capturar a essência de conceitos, ideias e obviamente de problemas.

Seus pontos fortes se encaixam exatamente com a ideia do soldado sentinela ou do guarda do castelo, tal como aqueles que vigiavam inimigos à espreita, durante o período medieval.

Em uma sociedade onde este grupo estiver satisfatoriamente selecionado e posicionado em suas funções especializadas (acreditando-se que se constituirá em uma sociedade de castas cognitivas), eu não tenho dúvidas que, será marcada por constantes e cirúrgicas intervenções quanto à sua dinâmica coletiva-evolutiva. Basicamente, se uma sociedade escolher inconscientemente o caminho errado que a levará para auto-aniquilação, os solucionadores de problemas arrumarão os trilhos e lhe tirarão deste caminho.

Podemos tomar decisões erradas de grande impacto em nossas vidas, mas minúsculas intervenções podem nos fazer voltar ao caminho certo.

O guarda do castelo ou o soldado-sentinela podem capturar com maior rapidez, acontecimentos, situações, padrões negativos, de impacto relevante para a sustentabilidade social harmônica. É claro que eu estou usando uma metáfora sem nenhum contexto histórico, porque sei que os sentinelas medievais não eram conhecidos pelo grande intelecto.

A intuição do solucionador de problemas é justamente o fator cognitivo que aumenta exponencialmente a sua capacidade de prever situações positivas ou não. A intuição funcionaria justamente como o sentinela, mas sem a necessidade física de localização adequada para visualizar possíveis embustes ou ameaças.

A visão holística ou visão aguçada deste grupo pode ter grande impacto nas decisões das sociedades visto que para mentes sábias e práticas, não há razão para gastar energia com possibilidades de natureza subjetiva ou que não estão objetivamente esclarecidas enquanto diplomaticamente vantajosas.

Quando o embuste da educação for finalmente reavaliado por pessoas verdadeiramente inteligentes como uma supressora da diversificação necessária de tipos de mentes em posições de macro influência social, econômica, cultural e administrativa e a sociedade baseada em castas cognitivas, principiando pelo modelo conceitual de felicidade descrito por Aristóteles, então nós poderemos deixar de cometer sandices sem cabimento como as que estamos cometendo agora com a auto-destruição planeada do Ocidente. Não há a necessidade de todo este panaceia de situações onde direcionamos nossas energias para sustentar a desarmonia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s