Um dia para agradecer a Deus


Tradição | Agenda | Reflexões

Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo. Salmos 19.1-4.

Dentre as datas marcantes do mês de novembro está o DIA NACIONAL DE AÇÃO DE GRAÇAS.
Esta data, de origem norte-americana, é hoje celebrada em muitos países. No Brasil foi instituído por decreto do Presidente Gaspar Dutra, em 1949. Em  1966 legislação presidencial definiu a quarta quinta-feira do mês de novembro como o Dia Nacional de Ação de Graças.

Mas, por que um dia de Ação de Graças?

Os versículos do Salmo, em epígrafe, poeticamente nos chamam a atenção para a presença de Deus no universo e como, olhando para a majestosidade da criação, podemos perceber e contemplar essa presença.

Há uma canção entoada pelos cristãos, cujo nome é Um Hino ao Senhor, que também nos aponta para esta mesma realidade. Sua letra, muito inspirada, nos diz:
As grutas, as rochas imensas / dos mundos o grande esplendor / proclamam, bem alto, constantes, / um hino ao teu nome, Senhor!
Nos céus as estrelas brilhantes, / dos mares o grande fragor, / e as brisas entoam, ridentes, / um hino ao teu nome Senhor!
As aves alegres, na mata, / por entre as ramagens em flor, / Exultam em coro, cantando / um hino ao teu nome Senhor!

O refrão da canção diz:
Nos céus, e no mar, e na terra, / nos bosques, nos prados em flor, / no fragoso alcantil, / na amplitude celeste, / Um hino ressoa ao Senhor.

Porém sabemos que a vida da humanidade em geral é acometida de problemas os mais diversos. Diferentemente da natureza exuberante que revela a presença de Deus, na vida de muitas pessoas essa presença é imperceptível. Muita gente tem a experiência da ausência ou do silêncio de Deus.

Porém a vida tem me revelado que isto depende, em grande parte, da maneira como as pessoas encaram sua realidade e do foco que põem nas coisas. Tenho visto pessoas em extrema miséria e necessidade, não apenas no sentido físico, mas também de condições de saúde, que tem Deus como companheiro, amparo, e que louvam ao Senhor; como tenho visto pessoas ‘muito bem de vida’, que não têm nenhuma experiência da presença de Deus e muitas são infelizes.

Portanto, vale o convite feito também por outro hino cristão: Conta as bênçãos, dize quantas são, / recebidas da divina mão. / Vem dizê-las, todas de uma vez, / pois verás surpreso / quanto Deus já fez.

Se você parar para pensar que no próprio fato de estar com vida, em pequenas coisas que ocorrem no dia-a-dia sobre os quais não temos controle mas que nos sustentam, em que sempre temos alguma pessoa ou coisa de que nós gostamos e nos sentimos bem com isso, nas vezes em que teve ‘ataques de alegria’ ou nas vezes em que chorou desesperadamente, nas vezes em que recebeu de graça algum favor ou nas vezes em que deixou de ajudar alguém, você irá perceber que em todas essas situações você nunca esteve sozinho completamente. Sempre teve algo, ou alguém, que amparou sua vida, uma força superior que o/a sustentou ou que despertou sua consciência. Essa força é a presença de Deus com você. Por isso, no DIA DE AÇÃO DE GRAÇAS, todas as pessoas tem o que agradecer.

Na tradição cristã, juntamente com o apóstolo Paulo, agradecemos por Jesus Cristo: “Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor” (Romanos 7:25). É ele que, com sua vida, seus ensinamentos, sua morte e sua ressurreição, nos ensina os caminhos da vida e nos dá a garantia da aceitação de Deus e a comunhão com Ele, com o próximo e com toda a criação.
Você também é convidado ou convidada a viver esta experiência. Repita com o salmista o verso final do Salmo 19: As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, SENHOR, rocha minha e redentor meu!
Ou aceite o desafio da canção “Um hino ao Senhor”:  E tu pecador que vagueias, / que fazes ao teu Criador? Não achas momento em que cantes / um hino de glória ao Senhor?

Rev. Luiz Eduardo Prates da Silva
Coordenador da Pastoral Universitária e Escolar do IMS

 

Participe conosco nos Cultos de Gratidão a Deus, referentes ao Dia Nacional de Ação de Graças:

  • Campus Vergueiro
    21 de novembro, quarta-feira – Auditório
  • Campus Planalto
    22 de novembro, quinta-feira – Auditório
  • Campus Rudge Ramos
    23 de novembro, sexta-feira – Capela
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s