Guia da meditação em 3 minutos:


A psicoterapeuta americana Terri Cole é quem dá as dicas. Conhecida por sua abordagem holística, que combina psicologia prática, inovação do pensamento, aproveitando o poder da intenção para criar uma mudança sustentável. Todas essas teorias, Tarri traduz em exercícios práticos que você pode conferir à seguir!

Meditação

 

Por que praticar a meditação?

 

A psicoterapeuta Terri Cole explica que a meditação transformou sua vida, e por isso incentiva seus pacientes e amigos a praticarem a atividade. Segundo ela, os efeitos positivos de uma prática dedicada tem o poder de impactar profundamente a sua qualidade de vida. O simples ato de consciência do momento presente que a meditação reforça, ajuda a liberar o passado e sua história limitante. Aprender a ser conscientemente presente em sua vida permite que você deixe ir o que não está servindo para você e encha a sua vida com o que te sirva. Terri conta que tornar-se menos estressada, mais alegre e mais bem sucedida pareceu muito mais fácil uma vez que ela começou o compromisso de uma prática de meditação diária.

 

Mas o que é meditação?

 

Terri começa esclarecendo que há uma grande variedade de meditações: meditação andando, meditação com um som primordial até a meditação guiada. Muitas pessoas têm a ideia de que a meditação é sempre sentado de pernas cruzadas no chão, repetindo “Om” um zilhão de vezes. Não é. Além disso, a meditação não é uma religião, mas sim uma prática de se tornar passivamente consciente de seus pensamentos e sentimentos.

Meditação

A meditação é o ato simples, mas complicado, de sentar em silêncio e silêncio por um período específico de tempo a cada dia. Como sua mente está livre de pensamentos, você está se conectando ao puro potencial de sua vida e pode recalibrar sua mente, corpo e espírito. Ela pode ser usada para acalmar a mente ou como o primeiro passo para plantar a semente de uma intenção de um propósito específico ou uma ideia. Meditar pode ajudar a aliviar o stress, passar por tempos difíceis ou ser um veículo para a manifestação, juntamente com a promoção dos benefícios de saúde listados acima. É importante lembrar que qualquer quantidade de tempo gasto na quietude e no silêncio a cada dia vai impactar positivamente a qualidade de sua vida e relacionamentos e fornecê-lo com uma postura mais reflexiva e menos reativo na vida.

A psicoterapeuta explica que ao começar a experimentar os benefícios da prática de meditação, ela não podia pensar em fazer outra atividade. Tarri diz que além dos benefícios psicológicos e emocionais que a meditação inspira, são também visíveis e inúmeros os benefícios físicos:

  • Diminui a freqüência cardíaca e pressão arterial
  • Reduz os níveis de cortisol, que está associado com o estresse e ganho de peso
  • Aumenta a função imunológica
  • Melhora o fluxo de ar para os pulmões, resultando em respiração mais fácil, o que é útil não só para os pacientes com asma, mas também para os atletas que necessitam de melhorar a resistência
  • Diminui o processo de envelhecimento
  • Melhora a criatividade, a capacidade de aprendizagem, a memória, a estabilidade emocional, sentimentos de vitalidade e rejuvenescimento, a clareza mental e a felicidade
  • Diminui a ansiedade, a depressão, a irritabilidade e o mau humor 
  • Pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora e sem nenhum custo

 

Dicas para entrar em “modo meditação”

 

MeditaçãoEscolha um horário regular, você pode comprometer-se todos os dia com a meditação. Encontre um lugar calmo onde se sinta confortável. Desligue as luzes e acenda uma vela. Comece meditando por três minutos e vá aumentando até 20. Ligue um alarme no seu telefone para que você não precise olhar para o relógio.

Passe os primeiros minutos se perguntando : “Quem sou eu?”, “O que eu realmente quero?”, “Qual é o meu Dharma: Como eu posso ajudar, como posso curar; como posso servir os outros e a mim mesmo com o meus únicos e especiais dons e talentos?”

Escolha um mantra e repita. Em sânscrito, a palavra “mantra” significa “veículo mente”. Um mantra é apenas uma frase curta que não tem significado e te ajuda a manter sua mente livre de pensamentos. Um mantra universal popular é SO HUM. Na inalação, diga a palavra “SO” silenciosamente para si mesmo, e na expiração, dizer a palavra “HUM”. Quando você encontrar a sua mente vagando, volte a repetir seu mantra.

Use meditação guiada se for o tipo que lhe convier melhor. Algumas pessoas acham mais fácil usar meditações guiadas quando eles começam a meditar.

 

Abaixo, confira o vídeo (em inglês) da psicoterapeuta Terri Cole em uma de suas práticas de meditação em apenas 3 minutos.

 

Saiba mais:

Os benefícios da meditação

Pratique yoga na gravidez e sinta-se renovada

Menos estresse emocional boa memória: aumente seu potencial cerebral

Fuja do estresse e ganhe mais qualidade de vida

Saiba como lidar com o estresse nos dias de hoje

Como reduzir o estresse, em 9 passos

Hipnose Condicionativa: novo tratamento para estresse

 

Leia Mais :

Guia da meditação

Segundo o Yoga Sutra de Patanjali, meditar é manter o fluxo continuo da concentração.  Para estar em estado meditativo é preciso estabilizar o prana (energia) mantendo a postura firme e estável; é preciso tornar a mente introspectiva recolhendo os sentidos e focando a atenção em um ponto, quer seja interno ou externo.

Meditar é treinar e mente para viver a realidade interna, observando o momento presente desde a perspectiva da mente silenciosa. O objetivo final é alcançar a fonte de vida e consciência. No inicio a mente se agita, se rebela e nossa pratica consiste em um pingue-pong mental de observar a mente saltando de pensamento em pensamento.  Com a pratica desenvolvemos o desapego destes pensamentos inoportunos que já não nos incomodam tanto e acabam perdendo a força. Eles não vão embora é a gente que não se incomoda mais com eles. Eles se transformaram num rio distante, você o vê fluir, mas ele já não te perturba. Uma enorme sensação de quietude começa a brotar em todo ser, seu corpo está firme e estável, sua mente entra no fluxo continuo de concentração. Você é um observador, que experimenta desde dentro sem se identificar. Você é capaz de perceber além do corpo, além das emoções, além dos pensamentos. Você começa a viver o aqui e agora em toda sua plenitude.

1) LOCAL 
Escolha um local tranquilo e reservado onde você possa praticar sem o receio de ser interrompido. Medite sempre no mesmo local, criando uma energia propicia a sua prática.

2) HORÁRIO 
Tente meditar sempre no mesmo horário isso ajuda a sua mente a se concentrar. Logo de manhã é um ótimo horário (nascer do sol) e no final da tarde (pôr do sol). Também é muito favorável meditar logo antes de dormir. Medite sempre que tiver vontade e tempo.

3) REGULARIDADE 
É muito importante que você pratique diariamente, no mesmo local e horário criando uma atmosfera de tranquilidade e paz. Utilize a mesma técnica a fim de se aprofundar cada dia mais.

4) POSTURA 
Antes de se sentar faça algumas asanas para ativar o corpo e estimular sua energia. Faça umas voltas de Surya namaskar e descanse uns segundos. Sente-se com as pernas cruzadas e a coluna reta. A postura deve ser firme e confortável. Utilize uma manta ou colcha exclusiva para sua meditação. Se não puder sentar no chão, sente-se numa cadeira com a coluna reta. Sente-se de frente para o norte ou para o leste onde há vibrações magnéticas mais favoráveis.  Durante a pratica as pernas costumam dormir, o ideal é não se mexer e observar qualquer sensação, sem se envolver. Aproveite para observar como sua mente lida com o desconforto.  Observe a transitoriedade da sensação.

5) DURAÇÃO 
Tente manter a mesma duração diariamente. Comece com poucos minutos por algumas semanas e vá aumentando conforme se sente mais confortável e em comunhão interior. Não tenha pressa, insista algumas semanas naquela duração e só quando sentir uma vontade interna de ficar mais tempo em silêncio é que você aumenta alguns minutos. O ideal é chegar a pelo menos 30 minutos diários.

6) RESPIRAÇÃO 
Assim que você se acomodar na postura estabeleça um vínculo consciente com sua respiração, procure se acalmar, focar a mente na respiração. Mantenha a mente focada nas narinas e procure observar o fluxo sem se envolver, despertando as sensações nesta região. Tente não interferir apenas observe o fluxo ao inspirar e ao expirar. Concentre-se na extremidade das narinas, mantenha a mente consciente do fluxo e torne-se ainda mais introspectivo.

7) CONCLUSÃO
Para concluir sua prática, faça algumas inspirações profundas, una as mãos a frente de peito e cante 3 vezes o mantra Om. Sinta a vibração de toda sua pratica de meditação se amplificar em compaixão e amor, envie essas vibrações positivas enquanto canta o mantra Om. Fique uns segundos em silêncio e comece a se mexer vagarosamente se preparando pra deitar e realizar um breve relaxamento. A transição do mundo interno para o externo deve ser lenta e gradual.

8) ALIMENTAÇÃO 
Os alimentos influenciam diretamente os pensamentos e a sua prática de meditação. Se você quer meditar regularmente todos os dias evite os alimentos que ativam o sistema nervoso e embotam a mente como café, chá mate, chá verde, chocolate, bebidas alcoólicas, refrigerantes, açúcar, enlatados e carnes.

9) PENSAMENTO POSITIVO 
Para se desenvolver na meditação é importante observar um estilo de vida mais saudável, com atividade física moderada, alimentação saudável, diminuição do estresse e da correiria, encontrando formas de manter seu pensamento positivo em todas situações do dia a dia.

Segundo o Yoga Sutra de Patanjali, meditar é manter o fluxo continuo da concentração.  Para estar em estado meditativo é preciso estabilizar o prana (energia) mantendo a postura firme e estável; é preciso tornar a mente introspectiva recolhendo os sentidos e focando a atenção em um ponto, quer seja interno ou externo.

Meditar é treinar e mente para viver a realidade interna, observando o momento presente desde a perspectiva da mente silenciosa. O objetivo final é alcançar a fonte de vida e consciência. No inicio a mente se agita, se rebela e nossa pratica consiste em um pingue-pong mental de observar a mente saltando de pensamento em pensamento.  Com a pratica desenvolvemos o desapego destes pensamentos inoportunos que já não nos incomodam tanto e acabam perdendo a força. Eles não vão embora é a gente que não se incomoda mais com eles. Eles se transformaram num rio distante, você o vê fluir, mas ele já não te perturba. Uma enorme sensação de quietude começa a brotar em todo ser, seu corpo está firme e estável, sua mente entra no fluxo continuo de concentração. Você é um observador, que experimenta desde dentro sem se identificar. Você é capaz de perceber além do corpo, além das emoções, além dos pensamentos. Você começa a viver o aqui e agora em toda sua plenitude.

1) LOCAL 
Escolha um local tranquilo e reservado onde você possa praticar sem o receio de ser interrompido. Medite sempre no mesmo local, criando uma energia propicia a sua prática.

2) HORÁRIO 
Tente meditar sempre no mesmo horário isso ajuda a sua mente a se concentrar. Logo de manhã é um ótimo horário (nascer do sol) e no final da tarde (pôr do sol). Também é muito favorável meditar logo antes de dormir. Medite sempre que tiver vontade e tempo.

3) REGULARIDADE 
É muito importante que você pratique diariamente, no mesmo local e horário criando uma atmosfera de tranquilidade e paz. Utilize a mesma técnica a fim de se aprofundar cada dia mais.

4) POSTURA 
Antes de se sentar faça algumas asanas para ativar o corpo e estimular sua energia. Faça umas voltas de Surya namaskar e descanse uns segundos. Sente-se com as pernas cruzadas e a coluna reta. A postura deve ser firme e confortável. Utilize uma manta ou colcha exclusiva para sua meditação. Se não puder sentar no chão, sente-se numa cadeira com a coluna reta. Sente-se de frente para o norte ou para o leste onde há vibrações magnéticas mais favoráveis.  Durante a pratica as pernas costumam dormir, o ideal é não se mexer e observar qualquer sensação, sem se envolver. Aproveite para observar como sua mente lida com o desconforto.  Observe a transitoriedade da sensação.

5) DURAÇÃO 
Tente manter a mesma duração diariamente. Comece com poucos minutos por algumas semanas e vá aumentando conforme se sente mais confortável e em comunhão interior. Não tenha pressa, insista algumas semanas naquela duração e só quando sentir uma vontade interna de ficar mais tempo em silêncio é que você aumenta alguns minutos. O ideal é chegar a pelo menos 30 minutos diários.

6) RESPIRAÇÃO 
Assim que você se acomodar na postura estabeleça um vínculo consciente com sua respiração, procure se acalmar, focar a mente na respiração. Mantenha a mente focada nas narinas e procure observar o fluxo sem se envolver, despertando as sensações nesta região. Tente não interferir apenas observe o fluxo ao inspirar e ao expirar. Concentre-se na extremidade das narinas, mantenha a mente consciente do fluxo e torne-se ainda mais introspectivo.

7) CONCLUSÃO
Para concluir sua prática, faça algumas inspirações profundas, una as mãos a frente de peito e cante 3 vezes o mantra Om. Sinta a vibração de toda sua pratica de meditação se amplificar em compaixão e amor, envie essas vibrações positivas enquanto canta o mantra Om. Fique uns segundos em silêncio e comece a se mexer vagarosamente se preparando pra deitar e realizar um breve relaxamento. A transição do mundo interno para o externo deve ser lenta e gradual.

8) ALIMENTAÇÃO 
Os alimentos influenciam diretamente os pensamentos e a sua prática de meditação. Se você quer meditar regularmente todos os dias evite os alimentos que ativam o sistema nervoso e embotam a mente como café, chá mate, chá verde, chocolate, bebidas alcoólicas, refrigerantes, açúcar, enlatados e carnes.

9) PENSAMENTO POSITIVO 
Para se desenvolver na meditação é importante observar um estilo de vida mais saudável, com atividade física moderada, alimentação saudável, diminuição do estresse e da correiria, encontrando formas de manter seu pensamento positivo em todas situações do dia a dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s