O que pode ser feito de decoração com material reciclável?


 

Para dar certo, as peças artesanais devem ter bom acabamento, ser funcionais e, principalmente, combinar com o restante dos ambientes. Inspire-se:

1. sofá de paletes

sofá de paletes é ideal para salas de estar pequenas e modernas. Ainda que não tenha encosto nem braços de apoio, algumas almofadas ou futons dão conta de garantir o conforto.

2. fruteira com caixotes

Com alguns materiais básicos, é possível criar uma fruteira com caixotes de feira para enfeitar sua cozinha. A peça pode ficar ao natural ou ser pintada no tom de sua preferência.

3. caminha para cachorro de pneu

Após pintar com tinta spray, espere secar e coloque um travesseiro ou almofada com capa removível, para facilitar a limpeza. Depois, é só colocá-la no local em que ele já está acostumado.

Dica: na hora de escolher o tamanho do pneu usado, pense no porte do animal. Assim, as chances de fazer uma caminha bem confortável aumentam.

4. abajur com garrafa

É isso mesmo: um abajur feito com garrafa de vidro! Multiuso, a peça pode ser usada na sala ou no quarto. O importante é tomar cuidado na hora de montar o sistema elétrico.

5. mini-hortas em latas

Para montar as mini-hortas, basta plantar seus temperos e ervas favoritos em latinhas limpas e secas e colocá-las em um suporte de parede firme, instalado na cozinha, entre a pia e o fogão.

6. pufe com pneus

Descolado, o pufe com pneus fica ótimo na sala ou no quarto. Na hora de escolher a cor, se desejar integrar a peça no ambiente sem chamar muita atenção, pinte-a em um tom similar ao dos outros móveis. Já se quiser deixá-la em destaque, use uma tonalidade intensa.

7. vasos em garrafas de vidro

Monte um conjunto com dois ou três vasos (com ou sem flores, naturais ou artificiais) e posicione-os no hall de entrada. Se desejar colorir as garrafas, despeje tinta em seu interior e gire vagarosamente.

8. arranjos florais em bules ou chaleiras

Quanto mais antigos forem os utensílios, melhor. Os arranjos podem conter as flores de sua preferência e enfeitar a mesa de jantar, quando não estiver sendo usada.

9. miniterrários em lâmpadas

Ao substituir as lâmpadas incandescentes pelos modelos de LED, é possível transformá-las em terrários fechados (o oxigênio provém da fotossíntese) e trazer um pouquinho de natureza para o quarto do casal.

Além de se adaptarem muito bem à iluminação artificial, eles precisam de pouquíssimos cuidados. A rega costuma ser feita, em média, a cada seis meses.

10. porta-toalhas de escada

Sabe aquela escada grande e velha, há muito tempo sem uso? Para otimizar o espaço, remova os primeiros degraus e posicione-a sobre o vaso sanitário, colocando toalhas limpas e dobradas nos degraus superiores.

11. sapateira com caixotes

Para montar uma sapateira com caixotes de feira, posicione-os como se fossem módulos e pinte da cor de sua preferência. Para não ocupar espaço no quarto, coloque o móvel na lavanderia.

Os compartimentos são ideais para guardar tênis, sapatilhas, sapatos de salto, rasteirinhas e chinelos. Já a parte superior pode ser usada para colocar botas de cano longo.

12. kit de banheiro

Transforme seus potes de vidro em um kit de banheiro perfeito para posicionar sobre a pia, bancada ou prateleiras. Para sair do convencional, pinte a tampa e finalize com laços e fitas.

Vale a pena fazer um enxoval estilo diy?

Para quem ainda está em busca do primeiro apartamento, aproveitar o tempo para montar o enxoval com calma é muito importante.

Mas além de pesquisar bastante antes de ir às compras, saiba que nem tudo precisa ser comprado pronto. Boa parte das peças pode ser feita por você.

Conhecida nas redes sociais como DIY (do inglês do it yourself ou faça você mesmo), a tendência de colocar as mãos na massa e personalizar os objetos de uso cotidiano está em alta.

Para não ter erro, faça itens pequenos, já que para criar móveis maiores é preciso saber as medidas de cada espaço. Do contrário, corre-se o risco de eles não passarem pelas portas.

Também é importante checar se todos os materiais necessários estão disponíveis, colocar as ideias no papel e fazer um esboço de como as peças devem ficar após serem finalizadas para não se perder durante a execução — que pode levar dias.

Esses cuidados evitam erros de montagem e desperdícios de materiais. Depois, basta guardar os objetos feitos com tanto carinho em um local arejado e seco até a tão aguardada hora da mudança para a casa nova.

Quais são as vantagens de decorar com peças de sua autoria?

Além da economia financeira, quem faz trabalhos manuais encontra uma válvula de escape poderosa para aliviar o estresse do dia a dia. Fora isso, é possível deixar cada cantinho com o seu toque!

E, não menos importante, existe a questão da sustentabilidade. Afinal, quanto mais os objetos são reutilizados, menor o descarte de resíduos sólidos no meio ambiente. Assim, sua família contribui para um planeta melhor! O mais bacana é que, como mostrado neste post, não é preciso ser designer ou artesão para apostar na decoração com material reciclável.

Se você gostou dessas dicas, acompanhe nossas redes sociais e encontre outros conteúdos para se inspirar: estamos no FacebookInstagramLinkedIn e YouTube!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s