Com ‘chamado à rebelião’, PSTU oficializa candidata à Presidência


Ativista sindical Vera Lúcia, de Aracaju (SE), defende revolução socialista no país

Joelmir Tavares
São Paulo

Sob uma placa com o slogan “um chamado à rebelião”, o PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) oficializou em convenção nesta sexta-feira (20) a candidatura da ativista sindical Vera Lúcia, 50, à Presidência da República.

Os trabalhadores devem se organizar e fazer uma revolução. Só isso é capaz de mudar este país”, disse a presidenciável durante o evento, no Sindicato dos Metroviários de São Paulo, no Tatuapé (zona leste).

O professor maranhense Hertz Dias, 47, também do PSTU, será o vice na chapa, que não terá coligação com outros partidos. Há “uma completa falta de opções”, dizem dirigentes da legenda.

Para Vera, os trabalhadores não devem ter expectativa de que as eleições serão capazes de transformar o Brasil, já que são “um jogo de cartas marcadas”. Daí a necessidade de uma revolução, diz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s