Amor na terceira idade: É possível se apaixonar nessa fase da vida?


De pronto preciso começar respondendo à pergunta do título, é possível se apaixonar nessa fase da vida? Sim, claro que sim! E além de ser possível, é completamente recomendado a saúde. As pessoas estão condicionadas a pensarem que as paixões e o romance são restritos aos jovens. Mas isso não é uma verdade, nada impede que o amor na terceira idade aconteça e seja lindo e construtivo.

Amor na terceira idade                                                                                     Imagem retirada da internet.

Amor na terceira idade   Imagem retirada da internet.

Todas as formas de amor são validas, e o amor na terceira idade não é diferente. É nessa fase que estamos realmente maduros, para viver uma vida mais tranquila e prazerosa, e porque não, um relacionamento feliz e saudável como deve ser? Sem complicações bobas e problemas como falta de tempo.

 

Porque o amor na terceira idade é diferente?

amor na terceira idade é absolutamente possível, mas de fato ele não acontece como na juventude. De acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos da América, os idosos têm a mesma capacidade de sentir afeto e emoções e entrar em um romance quanto os jovens.

O que difere esses casais em fases distintas da vida, são as expectativas. No caso dos jovens, eles esperam que o futuro seja longo e repleto de amor, investindo suas expectativas nessa ideia. Já os idosos, se baseiam em experiências passadas para determinar se a relação será positiva ou negativa.

Como já existiram muitas situações, sejam romances ou experiências de vida, o amor na terceira idade pode ser cheio de altos e baixos assim como para os jovens, com o diferencial de que a maturidade traz pontos de vista mais racionais. Facilitando os relacionamentos saudáveis.

Porém, o envelhecimento compromete uma parcela do sistema nervoso, responsável por controlar a excitação, mas não altera muito o comportamento e a forma com a qual os idosos experimentam a emoção.

Viver um caso de amor é benéfico em qualquer fase da vida, já que eles garantem bem-estar e prazer aos envolvidos. Mas esses efeitos são ainda maiores em pessoas da terceira idade, pois proporcionam mais ânimo, disposição e vontade de viver. É muito comum que com o avanço da idade, as pessoas se sintam mais desestimuladas com a vida, logo, a sensação causada pelo amor, pode ser responsável por alimentar a saúde dessas pessoas.

 

Benefícios de um amor na terceira idade

Como dissemos, o amor na terceira idade é extremamente benéfico a saúde dos envolvidos, e promove a expectativa de vida do casal, mas como isso acontece? Veja quais são os benefícios de um namoro nessa fase:

  • Reduz os níveis de ansiedade;
  • Diminui os riscos de depressão;
  • Reduz o sentimento de fragilidade e solidão;
  • Aumenta a produção de endorfina, promovendo diversos benefícios biológicos a saúde;
  • Estimula o convívio social;
  • Aumento da vontade de viver mais… e muitos outros.

São inúmeras as vantagens de se ter um relacionamento amoroso na terceira idade.

 

Como recomeçar?

Para recomeçar com o amor na terceira idade, é imprescindível que ambos estejam dispostos a viver um novo romance e a lidar com diferenças de hábitos e experiencias de uma vida inteira.

Também é importante que a família do casal aceite. A dificuldade de enfrentar os preconceitos e convenções sociais já é bem grande, especialmente as que partem da própria família. Que, na grande maioria dos casos, não está sequer relacionada com o aspecto amoroso ou sexual, mas sim com questões financeiras.

É comum que os familiares mais próximos se questionem sobre questões como heranças, investimentos de aposentadoria etc.… ou mesmo sobre questões como substituição do pai ou mãe, em casos de viuvez. Por isso é imprescindível que o respeito e amor se sobressaiam nesses casos.

Existem vários tipos de reações possíveis em casos de relacionamento e amor na terceira idade, porém, existe uma regra geral. Um jovem que foi sensato, tende a se tornar um idoso ponderado, e assim, buscar pessoas capazes de promover um relacionamento construtivos e saudáveis. Companheiros que agreguem e com quem seja possível estabelecer um relacionamento harmonioso com a família.

Mas a regra se aplica ao inverso: uma pessoa que foi impulsiva, agressiva e instável na juventude, e permaneceu assim na velhice, tende a criar conflitos, trazendo para junto de sua família um parceiro com grandes probabilidades de gerar mais um polo de contraste. Causando desconfortos e problemas com os parentes próximos.

Amor na terceira idade Imagem retirada da internet.

Amor na terceira idade Imagem retirada da internet.

Considerações finais

Não existem motivos que afirmem a ideia de que o amor na maturidade não é possível. Ele é sim, o amor na terceira idade é possível, recomendável e viável. A idade não nos tira a capacidade de amor e se emocionar, o que elas nos tira é o ímpeto de tomar atitudes impensadas e se arrepender depois.

Um relacionamento na terceira idade pode ser crucial no aumento da expectativa e qualidade de vida de ambos os envolvidos. Trazendo mais momentos de alegria e prazer para eles e até mesmo os familiares que partilham de momentos juntos ao casal. Portanto, se você conhece alguém que está na terceira idade e se apaixonou, não o julgue, apoie e respeite.

Se você se interessou por esse artigo e quer saber mais, leia nosso próximo artigo sobre Sexo na terceira idade faz bem?

 

Fonte: Vivo mais saudável

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: