Jornalismo Investigativo – Plano de Ensino


Jornalismo Investigativo – Plano de Ensino

CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL – Jornalismo

SÉRIE: 4º/5º° Semestre

TURNO: Diurno e Noturno

DISCIPLINA: Jornalismo Investigativo

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 horas/aula

CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 horas/ aula

I – EMENTA

A investigação jornalística e o denuncismo. Prática da apuração, da documentação e da investigação jornalística. A formação da opinião pública. Questões brasileiras através da análise de escândalos de corrupção e espetáculos midiáticos.

II – OBJETIVOS GERAIS

O aluno será capaz identificar as questões éticas, técnicas e o planejamento que envolve as reportagens investigativas nas suas diferentes formas e para diversas editorias e meios.

III – OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Desenvolver as técnicas de captação e elaboração de reportagens investigativas.

IV – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Conceituação de jornalismo investigativo

2. Origem do jornalismo investigativo no cenário mundial

3. O caso Watergate

4. Origem do jornalismo investigativo no cenário brasileiro

5. O jornalismo diário versus o jornalismo investigativo

6. Jornalismo investigativo versus jornalismo declaratório

7. Jornalismo investigativo versus jornalismo de dossiê

8. Os perigos do denuncismo

9. Objetivos do jornalismo investigativo
10. Técnicas para a produção da reportagem investigativa
11. Ética e responsabilidade social do jornalista

12. O jornalismo e a formação da opinião pública
13. Estudo de caso sobre coberturas investigativas

14. Entidades que apóiam o jornalismo investigativo em todo o mundo.

15. A reportagem com o auxílio do computador

16. Perfis de jornalistas investigativos e literários: Carl Bernstein, Bob Woodward, John Reed, John Hersey, Truman Capote, Gay Talese, Tom Wolfe, Gunter Wallraf, Norman Mailer, Euclides da Cunha, Joel Silveira, José Hamilton Ribeiro, Domingos Meirelles, Caco Barcellos, Ricardo Kotscho.

V – ESTRATÉGIA DE TRABALHO

1. Apresentação de teoria e discussão de casos

2. Reportagens externas desenvolvidas pelos alunos com pautas que necessitem de investigação mais profunda.

3. Apresentação de seminários

VI – AVALIAÇÃO

O aluno será avaliado por meio da aplicação de diversos instrumentos, destacando-se as provas bimestrais e reportagens extra-classe.

VII – BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica

BURGH, Hugo de. Jornalismo Investigativo. São Paulo, Roca, 2008

DANTAS, Audalio. Repórteres. São Paulo, Senac, 1997
FORTES, Leandro. Jornalismo Investigativo. São Paulo, Contexto, 2005

LOBATO, Elvira. Instinto de Repórter. São Paulo, Publifolha, 2006

VASCONCELOS, Frederico, Anatomia da Reportagem. São Paulo, 2008

Bibliografia Complementar

BARCELLOS, Caco. Abusado. São Paulo, Editora Record, 2005.
CAPOTE, Truman. A Sangue Frio. São Paulo, Companhia das Letras, 2003

HERSEY, John. Hiroshima. São Paulo, Companhia das Letras, 2002

LOPES, Dirceu Fernandes e PROENÇA, J. L. Jornalismo Investigativo. São Paulo, Publisher, 2003.

REED, John. Os dez dias que abalaram o mundo.Porto Alegre, L&PM, 2004
RIBEIRO, José Hamilton. O Repórter do Século. São Paulo Geração Editorial, 2006
SILVEIRA, Joel. O Inverno da Guerra. São Paulo, Objetiva, 2005

WALLRAFF, Günter. Cabeça de turco. São Paulo, Globo, 1994.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s