O que são e como usar Frameworks no PHP?


PHP é a linguagem de programação mais famosa do mundo por várias razões:

  • É gratuito;
  • Não há licenciamentos restritivos;
  • Os custos de um servidor são muito reduzidos;
  • Possui atualizações consistentes;
  • Se integra a quase todos os bancos de dados usados na atualidade;
  • É muito fácil de aprender
  • Existe um grande banco de classes e funções prontas para uso;
  • Vários outros fatores.

Mas, algumas vezes, a programação com PHP pode se tornar monótona e/ou repetitiva. E é aí que um framework pode te ajudar!

O que é um Framework?

Frameworks cuidam de funções comuns, como gestão de membros, suporte à administração, buscas, gestão de conteúdo, etc. Ele permite que os programadores fiquem livres para focar no desenvolvimento do site, em vez de reinventar a roda com funções e objetos já existentes.

Atualmente, Laravel, Symfony, Nette, Yii, CodeIgniter, CakePHP e o Zend Framework estão entre os frameworks mais populares.

A maioria dos frameworks trabalha com um padrão principal: o MVC (Model View Controller), que tem como base atuar com Modelo Lógico – Visualização – Controle, ou seja, separa claramente o design do conteúdo e da lógica.

Sendo assim, você terá um ambiente para fazer a visualização, outro para a lógica e outro para o controle do projeto, no qual o controle reúne a lógica e a visualização.

Como Funciona um Framework PHP

Por que usar um Framework de PHP?

Os desenvolvedores utilizam frameworks por vários motivos, e o maior deles é a agilidade no processo de desenvolvimento. A reutilização de códigos em vários pontos do projeto vai economizar muito tempo e trabalho.

E isto é garantido, pois o framework já traz uma série de funções prontas para fazer as mais variadas e comuns tarefas, como o envio de e-mails, a conexão com o banco de dados, a sanitização (limpeza) de dados e a proteção contra ataques.

Quando usar ou não usar um Framework de PHP?

Eu recomendo!

Qualidade e Padrão

Os frameworks nos trazem as melhores práticas de desenvolvimento, sendo que seus padrões, normalmente, usam as melhores práticas da linguagem.

Segurança

É um dos itens que mais preocupa, já que pode causar grande prejuízos dentro de um sistema, desde uma impressão de logs de erros até um formulário mal validado, que aceita SQL Injection. A maioria destes erros podem ser evitados facilmente usando um framework, pois ele já traz configurações de segurança predefinidas.

E mais: quando alguém encontra uma falha, uma nova atualização é liberada para corrigir o erro, sem precisar alterar sua aplicação, bastando apenas atualizar o core.

Produtividade

Se você tem um prazo apertado para entregar um projeto, utilizar um framework que você conheça irá ajudar muito. Muita coisa que você teria que fazer já vem implementada no framework e não demora muito para implantar.

Por exemplo, em frameworks como Zend e Laravel o sistema de login já vem pronto, basta configurar alguns poucos itens, mas se você fosse fazer do zero teria várias preocupações como montar o formulário, validar, aplicar segurança para evitar invasões, etc.

Eu não recomendo!

Desenvolvedor Iniciante

Eu não recomendo, de maneira alguma, alguém que está iniciando na programação começar logo de cara com um framework. Mas por quê? Porque seu conhecimento acaba se tornando limitado e restrito ao framework, e você acaba por não conseguir “pensar fora da caixinha”.

Seu nível de conhecimento nunca deve ser restrito a uma linguagem e nem a uma ferramenta. Além disto, o ideal é ter um bom domínio prévio em Programação Orientada a Objetos.

Projetos Pequenos

Um projeto pequeno deve requerer o mínimo de esforço. Imagine um site institucional de uma dedetizadora. Neste site haverá sete páginas estáticas, sendo que uma delas é um formulário de contato através do site. Você até pode usar um framework pra fazer este site, mas, é aquela famosa frase: “matar uma formiga com um elefante”.

Um detalhe importante com relação a isto é que o framework possui tantos recursos que, fatalmente, o site iria demorar mais tempo para carregar do que se fosse feito usando uma linguagem pura.

Continuando no exemplo da dedetizadora, o uso de um framework seria bacana na produção de um painel administrativo mais complexo, onde seriam geridos os banners, o texto do “Quem Somos”, as logos do cliente, a galeria de imagens, etc.

Qual Framework de PHP devo usar? Qual o melhor?

Hoje, temos tantas opções de framework, que, muitas vezes, ficamos perdidos na hora de tentar escolher o “melhor”. Porém, aprendi que a pergunta correta não é “qual o melhor Framework?”, mas sim “qual o melhor Framework para ESTE projeto?”.

A escolha de um framework, obviamente, está diretamente relacionada ao projeto que você está desenvolvendo. Mas não é só isto! Seu tempo e seu nível de conhecimento também colaboram para a definição da sua escolha.

Como Escolher o Framework Ideal

Existem alguns aspectos que considero importantes na avaliação de frameworks (não só de PHP), e irei mostrar alguns destes e algumas experiências que tive.

  1. O primeiro aspecto a se avaliar é a comunidade do framework. Geralmente, frames com uma comunidade muito grande tendem a ser mais completos e possuem um ciclo de vida mais longo, pois recebem maior atenção (para correções, segurança, melhorias, etc.).
  2. O segundo aspecto é a documentação desta ferramenta. Quanto mais documentação existir, melhor. Porém, não bastam somente palavras escritas ao léu. Tem que ser uma documentação fácil de entender, completa (inclusive com exemplos) e constantemente atualizada.
  3. O terceiro ponto a se observar é a quantidade de atualizações que o frame recebe ao longo do tempo. Isto é muito fácil de se avaliar: basta acessar o repositório do frame e verificar datas de atualizações. E, por que isto é importante? Simples… com esta informação, sabemos o quão ativo é o framework em relação ao dinâmico mercado de desenvolvimento.
  4. O quarto aspecto é a curva de aprendizado que você terá com este frame. Sempre leve em consideração o tempo que você vai gastar para aprender a utilizar as funcionalidades, pois isto influencia diretamente no tempo de desenvolvimento.

Alguns Frameworks Interessantes a Serem Avaliados

Zend Framework

Um framework PHP bem completo. É uma super ferramenta. Posso dizer que ele tem “quase tudo”, sem contar que é utilizado por muitíssimas empresas, devido à sua estabilidade. O Zend é o framework mais famoso, hoje em dia, pois é robusto e permite a criação de aplicações enterprise (de grande porte). Mas, seu uso exige um conhecimento vasto do PHP.

Veja a documentação do Zend Framework aqui

CodeIgniter

Já o CodeIgniter é bastante conhecido pela sua facilidade de uso, performance e rapidez. É ideal para aplicações de pequeno porte. Ele oferece soluções simples e fáceis, com um grande número de tutoriais em vídeo, fóruns e wikis.

Veja a documentação do CodeIgniter aqui

CodeIgniter foi criado por EllisLab, e agora é um projeto do British Columbia Institute of Technology. A BCIT é um instituto de tecnologia aplicada, altamente conceituado, que conta com mais de 48.000 estudantes de tempo integral e parcial.

Em resumo, agora o CodeIgniter já tem um novo lar, é administrado por novas pessoas e, como esperado, promete evoluir e se desenvolver, trazendo novidades e facilidades. Assim, ele irá continuar sendo um dos melhores frameworks PHP. Eu, pessoalmente, recomendo o CodeIgniter.

Minha vida de programador mudou depois que eu comecei a usá-lo. 🙂
Descubra aqui como ser um desenvolvedor web de sucesso

CakePHP

Este é um frame bem completo (não como o Zend), e uma ótima opção para iniciantes e desenvolvedores avançados. Ele foi criado usando as bases e modelos do Ruby on Rails, e é bastante focado no desenvolvimento ágil e rápido. Atualmente, ele tem se tornado muito famoso por sua simplicidade e facilidade de uso.

Veja a documentação do CakePHP aqui

Laravel

Gosta de código bonito? Quem utiliza Laravel também gosta! Como o próprio slogan diz: “O framework PHP para artesões da web”. Ele oferece uma excelente comunidade e ganha no quesito “framework mais popular”.

O Laravel tira a monotonia do desenvolvimento web. Ele fornece todas as ferramentas necessárias para que você possa começar programando o que for necessário, pois foi construído para ser simples e fácil de aprender.

Possui uma equipe de desenvolvedores ativa e extremamente competente, além de ter uma gigantesca comunidade e bastante aceitação no mercado.

Veja a documentação do Laravel aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s