5 maneiras de inserir mindfulness em sua rotina


26/07/2017

|

Mundo Mindfulness

Conseguir perceber e observar a natureza movimentada de nossa mente ao invés de reagir rapidamente e de forma perturbada, pode nos ajudar a aprender mais sobre nós mesmos e evoluir, acrescenta a Dra. Shoshana Bennett, uma psicóloga da Califórnia.

Temos ouvido muito sobre Mindfulness ultimamente, mas o que realmente significa estar “mindful”, e como você pode praticar para melhorar a sua vida pessoal e profissional?Estar consciente pode trazer muitos benefícios.

Um estudo recente mostrou que participar de um Programa de Mindfulness, pode ser tão útil quanto fazer uma terapia cognitiva comportamental individual para condições relacionadas ao estresse, como a ansiedade por exemplo.

Mindfulness pode mudar a nossa relação sobre a percepção de dor e sofrimento, nos manter mais focados em tarefas no trabalho e nos tornar mais resilientes. Tem se mostrado também como uma boa ferramenta para regulação emocional, o que consequentemente pode melhorar nossa memória, atenção e motivação.

“Você praticamente precisa ser um especialista em gerenciar a suas emoções em um ambiente organizacional volátil, incerto e em constante mudança como é nos dias de hoje.”, diz Kate Kerr, especialista em Mindfulness do Canadá. “Mindfulness nos dá um espaço entre nossas emoções e nossas reações de luta e fuga, e aumenta a nossa capacidade de responder com mais habilidade. Isso pode nos proporcionar menos conflitos, maior capacidade de empatia e cultivar relações mais fortes.”

Conseguir perceber e observar a natureza movimentada de nossa mente ao invés de reagir rapidamente e de forma perturbada, pode nos ajudar a aprender mais sobre nós mesmos e evoluir, acrescenta a Dra. Shoshana Bennett, uma psicóloga da Califórnia.

Mindfulness parece mesmo ajudar, mas como incluir isso no seu dia a dia?

1) Saber o que é Mindfulness e o que não é Mindfulness

Tiffany Cruikshank, fundadora da Yoga Medicine e autora de Meditate Your Weight, diz que há muitas maneiras de abordar o estar consciente, e os dois aspectos principais são: ser um observador e não julgar aquilo que está observando. Você pode ouvir sua respiração ou notar sensações corporais sem tentar mudá-las? Este ato de ser um observador imparcial é o que nos dá a capacidade de ver as coisas com mais clareza.

“Simplesmente observar e reconhecer nossos sentimentos, pensamentos ou sensações sem se colar neles é importante”, diz Bennett. “Muitas vezes, nos convencemos de que precisamos fazer algo sobre o que estamos pensando ou sentindo, e acabamos ficando presos nesse processo. Normalmente, é aqui que entramos em problemas. Nós inventamos histórias e “ficamos girando em torno delas.”

Uma das mais belas (e frustrantes) coisas sobre mindfulness são os muitos paradoxos, diz Kerr.

Por exemplo, você pode sentir que não tem tempo para meditar, mas a meditação torna você mais produtivo. “Quanto mais tempo passamos a praticar atenção e estar no momento presente, mais espaço podemos criar nos nossos dias para fazer as coisas”, diz ela. Ou saber que Mindfulness não é sobre atingir um objetivo, mas ainda assim você acaba fazendo isso como um subproduto do cultivo de mindfulness? “É um convite para abandonar todos os objetivos e se aprofundar em nossas experiências momento a momento”, diz Kerr. “Com o tempo, nossas mentes ocupadas começam a se estabelecer, permitindo-nos estar mais presentes e ver mais claramente. Então, em última instância, nós somos mais propensos a alcançar mais de nossos objetivos.”

2) Comece agora

Kerr diz que é importante “começar” quando quiser iniciar a praticar mindfulness. “Você poderia começar trabalhando com uma simples prática de respiração de um a dois minutos todos os dias e começar por ai”, diz ela, acrescentando que a prática de mindfulness pode ser feita em qualquer lugar, a qualquer momento. “A beleza de mindfulness é que podemos praticar de várias maneiras, como sentar, ficar de pé, deitar, andar ou comer, apenas para citar algumas maneiras. Também é altamente adaptável aos ambientes de trabalho e pode ser implementado em curtos lembretes ao longo do seu dia”.

3) Observe diariamente

A maneira mais fácil de incorporar mindfulness em sua vida é encontrar uma maneira de se conectar a prática diariamente, diz Cruikshank. “Coisas simples como perceber as sensações em seu corpo ou sua respiração enquanto você escova seus dentes, as sensações presentes ao beber água, lavar louça ou dirigir para casa do trabalho … qualquer coisa que você faça diariamente com regularidade funcionará”, diz ela. Escolha apenas uma ou duas e torne uma rotina.

4) Relaxe as expectativas

Muitas pessoas tentam obter algo de sua prática imediatamente ou esperar sentir uma certa maneira ao praticar. Não é assim que funciona, diz Cruikshank. “Minduflness exige que você esteja aberto e realmente aprecie o momento como está, independentemente … sem ter que corrigi-lo ou esperar que ele seja diferente”.

Para ver alguma diferença sobre como praticar mindfulness irá impactar a sua vida, pratique regularmente e dê tempo. “Não precisa ser longo, pode ser alguns minutos por dia, mas os efeitos se acumulam ao longo do tempo e tornam-se mais visíveis, mesmo depois de alguns meses”, diz ela.

5) Seja simples

Tente não se cobrar demais para se tornar mais consciente, alerta Bennet. “É chamado de prática mindfulness justamente porque pode demorar algum tempo até você se acostumar a simplesmente observar o que está acontecendo internamente com você (pensamentos, sentimentos e sensações) ao invés de se perder neles como é habitual.”

A ansiedade geralmente não desaparece em um instante quando se começa a praticar mindfulness, diz Bennett. “Desvendar velhos hábitos pode demorar um pouco, mas esse tempo certamente vale a pena. Praticar mindfulness não deve ser uma luta – é bastante simples – mas isso não significa que seja fácil, já que estamos aprendendo novos caminhos “.

Mindfulness pode ser uma ferramenta ideal para melhorar sua vida pessoal e profissional – algo que pode causar um “efeito de ondulação positivo em ambas as áreas”, diz Kerr. “No seu núcleo, é uma habilidade que nos ensina a capacitar nossa atenção e aumentar o poder de concentração. O benefício óbvio é o aumento da produtividade, mas isso é apenas o que está na superfície.”

Traduzido e adaptado do original que você encontra em: http://www.success.com/article/5-ways-to-put-mindfulness-to-work-in-your-life

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s