PETROLEIROS PROTESTAM CONTRA FECHAMENTO E VENDA DE FÁBRICAS DE FERTILIZANTES


Terça, 20 Março 2018 15:54

Cerca de 700 trabalhadores e trabalhadoras, próprios (as) e terceirizados (as) da FAFEN–BA (Fábrica de Fertilizantes e Nitrogenados da Bahia) participam, desde as 7h, desta terça-feira, 20/03, de uma mobilização em frente à empresa no Polo Petroquímico de Camaçari. Eles protestam contra o fechamento das plantas de fertilizantes da Bahia e Sergipe, anunciados pela direção da Petrobrás. E também contra a venda das FAFEN`s  Paraná e Mato Grosso do Sul.

A categoria permanece no local até o inicio da tarde, quando segue para a Câmara Municipal de Camaçari, onde participa de uma audiência pública, que irá debater o fechamento da FAFEN Bahia e as consequências para os trabalhadores, para a cadeia produtiva das empresas do polo, que dependem dos insumos da FAFEN e também para a economia dos munícipios vizinhos e Estado.

A audiência pública, que acontece às 14h , foi proposta pelo Sindipetro Bahia e organizada pelo vereador Marcelino (PT – Camaçari). Na quinta-feira, 22/03, acontece outra audiência pública, na Câmara Municipal de Dias D’ávila, organizada pelo vereador Thiago Saraiva (PDT – Dias D’ávila). Além dos dirigentes do Sindipetro Bahia e FUP, estão presentes ao ato representantes do Sindiquímica BA, Sindiquímica PR, Sindiborracha BA e Sinditicc BA.

Somente nesta terça-feira, a direção da Petrobrás anunciou oficialmente o fechamento das fábricas de fertilizantes da Bahia e de Sergipe, que vem chamando de “hibernação”. Mas a direção do Sindipetro Bahia já havia se antecipado ao anúncio com denúncias e ações na tentativa de reverter a decisão, que na opinião do sindicato “coloca em risco a Soberania Alimentar e o Agronegócio do Brasil, uma vez que a produção agrícola passará a depender totalmente da importação de fertilizantes”.

Além das audiências públicas e mobilizações, o Sindipetro Bahia conseguiu agendar para esta terça-feira, uma reunião com a Bancada do PT na ALBA às, 13h, e com o Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, as 18h.

O governador de Sergipe Jackson Barreto (PMDB) emitiu nota   sobre o fechamento da FAFEN no seu estado, afirmando que a decisão da Petrobrás “gera uma grande inquietação” e se mostrou preocupado com os prejuízos em relação aos empregos, a arrecadação de impostos   e a quebra na  cadeia produtiva do setor.

Saiba mais aqui sobre o impacto da desatuvação da Fafen-BA

[Via Sindipetro-BA]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s