Reunião ao Vivo da FNP com a Petrobrás – Propostas


Federação Nacional dos Petroleiros Fundada no dia 30 de maio de 2010 em Santos, SP

CNPJ no 13.562.370/0001-64

FNP - Federação Nacional dos Petroleiros

Sede: Avenida Presidente Vargas no 502 – 7o andar – Centro – CEP 20071-001 – Rio de Janeiro Página 1

Rio de Janeiro, 14 de maio de 2018 FNP no 033/2018

À Petróleo Brasileiro S/A – PETROBRÁS Att. Gerente Executivo de Recursos Humanos Dr. José Luiz Marcusso

C/C: Maurício Lopes Ferreira

Prezados senhores,

A Federação Nacional dos Petroleiros – FNP e seus sindicatos

  • Sindipetro-RJ, Sindipetro-SJC,
  • Sindipetro- PA/AM/MA/AP,
  • Sindipetro-LP e
  • Sindipetro-AL/SE, nas atribuições que lhe concerne, com intuito de dar celeridade e construir uma formatação de reunião mais producente e conforme acordado nas reuniões das comissões segue para as devidas respostas:

ACOMPANHAMENTO DE ACT E REGIME DE TRABALHO

1- Contratos de alimentos das áreas operacionais de SP; – Quando termina o contrato e ou se foi rescindido por descumprimento?;

2- Implantação do Técnico de Segurança da UTGCA; – Por que foram implantados no sobreaviso aí invés de turno como anteriormente faziam;

3- Transporte inadequado nas áreas operacionais; – Por que o raio de abrangência para disponibilizar o transporte não segue o endereço da REVAP e sim outro ponto?;

4- Aeroporto de Itanhaém; – Qual motivo real da saída do voo deste aeroporto?;

5- Retorno de férias; – Será feito Dip com as orientações acordada em mesa?;

6- Listagem do quantitativo de trabalhadores próprios com contrato precário, ou seja, que estão trabalhando por ordem judicial?;

7- Conceito de remuneração para quitação da PLR; – Por que não foi considerado o conceito legal de remuneração ou global do act?;

8- Banco de horas REVAP; – Qual motivo da obrigatoriedade de compensação?

10- Terceirização da subestação da UTGCA; – Vão terceirizar os trabalhos que hoje são feitos por mão de obra própria?

11- Punição de uma técnica de operação da UTGCA por ter excedido o limite de velocidade, fora da instalação da empresa, sendo na via de acesso, está sendo perseguida pelo gestor, favor dar o retorno e remir a punição; – Retorno de como será tratado?;

12- Efetivos na plataforma; – Está havendo por parte da empresa orientação em reduzir o efetivo das plataformas na BS?;

 

13- O ACT da Transpetro diferença entre a cláusula 49 do ACT Transpetro em detrimento da cláusula 60 da PB, qual motivo desta diferenciação?;

14- Desembarque de trabalhadores por motivos de falecimento de familiares; – Qual prática ou Norma da empresa?;

15- Contratos irregulares de transporte para funcionários com cooperativas (Transpetro Belém); – Verificar qual contrato está vigente para atender este ativo?;

 

COMISSÃO DE AMS

1-Será implementado melhoria no botão compartilhado, tais como retorno da solicitação em e-mail pessoal e não somente corporativo?;

2- Será passado informe sobre a data que retornará os postos de atendimento da reunião sudeste?; – Senão, por que?;

3- Estão cortando os incentivos ao serviço voluntário de Brigadistas, como academia de musculação, treinamentos, pontuação no GD/ANPR solicitamos a manutenção dos mesmos e sua ampliação e saber por que da retirada destes incentivos?

4- Solicitamos que nos mesmos moldes dos brigadistas, que o serviço de socorrista seja voluntário e com incentivos, treinamento adequado, realização de simulados;

5- Retomar as gerências de qualidade para serviços de terceiros e próprios, retomada da certificação da qualidade em nossos processos da extinta Engenharia e ampliação para RH, Serviços Compartilhados e seus processos de atendimento ao público interno e externo (AMS, Benefício Farmácia, Benefício Educacional, etc.).

TERCEIRIZAÇÃO:

1- Reunião para discutir sobre os terceirizados dentro da Petrobrás para melhorar as condições destes trabalhadores; – Previsão de data?;

2- Verificar se nos contratos há exigência explicitamente de PPEOB e GTB das empresas contratadas; – Enviar modelo de contratação;

3- Passar orientação para os RH locais de fomentar reuniões entre prepostos, fiscais e Sindicatos; – Será feito esta orientação?;

4- Solicitamos que apresentem os contratos de entregáveis ou de serviços de manutenção, ônibus, saúde, alimentação onde se comprove que estamos exigindo dos prestadores de serviço o pagamento aos seus empregados do adicional de periculosidade e a respectiva folha de pagamento, amostra;

5- Fim de discriminação da utilização de celular a bordo de embarcações entre trabalhadores próprios e terceirizados, adoção de celulares a prova de explosão.

SMS:

1- Obrigatoriedade da CIPA ter autorização prévia para vistoria ou fiscalização nas áreas; – Foi feita orientação conforme acordado em mesa?;

2- Proibição do Tecnico Segurança acompanhar as inspeções do GTB para fazer medições; – Foi feita a Dip conforme acordado, qual o número?;

3- Proibição de realização de IBE nos serviços que envolvam Benzeno, RPBC; – Feita orientação para seguir o acordo nacional do benzeno?;

5 Técnicos segurança de Urucu; – Quantos foram contratados, qual total e será contratado próprio?;

6- Curso a EAD em geral, exceto NR 20 que possui DIP; – Será feito uma conversa com os setores envolvidos para elaboração de uma proposta a ser apresentada para os sindicatos, quando será feita?;

 

7- Redução de efetivo da CIPA RPBC; – Foi feito a conversa com o Gerente Geral?;

8- Segurança em Pilões; – Verificar sobre contrato se tem mão de obra a menos do que consta no mesmo?;

9- ViT Serve Alemoa; – Foi verificado e solucionado os problemas com embarcação furada, motor ligado se acompanhamento, alojamento inadequado e escala exaustiva?;

10- Prazo exíguo de convocação para participar o sindicato na análise de acidentes do EP; – Foi feita orientação de comunicar logo a formação da comissão?;

11- Trabalhadores com restrição de atividades tendo que ficar na CCI, mesmo com orientações contra do setor médico; – Foi verificado e provido uma solução?;

12- Solicitamos apresentação do plano de manutenção e registro de manutenção das embarcações que atendem aos terminais, TABG, TBIG, das empresas de transporte de pessoas, Auto Viação 1001, Real Brasil e Três Amigos, VIX;

13- Solicitamos que as áreas de Poços, Sub, E&P dentre outras, passem a adotar os sistemas como SALV 2 (Lista de Verificação Diária), SISPEN (Pendência), SIGEN (Projetos) dentre outros sistemas que podem agregar valor na produção e evitando acidentes;

14- Solicitamos que os contratos retomem no anexo de SMS o investimento em treinamentos na ordem de 2% do HHER nas novas licitações, como forma de reduzir os acidentes;

15- Solicitamos que a UP RJ retome o atendimento as IN – Identificação de Necessidades de treinamento dos petroleiros, tal como do PDHRE, pois o fechamento da UP BA e a redução da UP RJ é alarmante, menos conhecimento e reciclagem certo serão os acidentes.

E por fim, solicitamos que as respostas devam ser elucidativas com fundamentos e não evasivas.

Atenciosamente,

Adaedson Bezerra Costa/Eduardo Henrique Soares da Costa Secretaria Geral – Federação Nacional dos Petroleiros

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s