Sensor enxerga corrente elétrica



Giovana Girardi

Com chips e circuitos cada vez menores, crescem as dificuldades de localizar defeitos em suas partes microscópicas. Mas um sensor desenvolvido na Universidade Brown, nos EUA, promete ajudar a resolver o problema. Do tamanho de uma ervilha, o dispositivo detecta falhas com base em variações do campo magnético que é gerado pela corrente elétrica em componentes do tamanho de 50 nanômetros (50 bilionésimos de metro).

A partir do sensor, foi construído um microscópio que gera imagens de resolução mil vezes maior que a das produzidas pelas tecnologias tradicionais, que é de um micra (milionésimo de metro).

Construído por Gang Xiao e Ben Schrag, o invento foi apresentado em maio deste ano na revista especializada ‘Applied Physics Letters’.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s