Sindipetro-RJ – Servidores da prefeitura do Rio protestam contra aumento de contribuição previdenciária


Servidores municipais estão sendo impedidos de entrar na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro para acompanhar a votação do projeto de lei que prevê a taxação dos inativos do Município do Rio em 11% que vai ser votado ainda hoje (26).

O Batalhão de Choque  da Policia Militar do Rio de Janeiro foi acionado e impede a entrada dos servidores, os manifestantes acusam a PM de jogar gás de pimenta e bombas de efeito moral.

Na última quarta-feira (20), foi aprovado o texto em primeira discussão. Na segunda-feira (25), o prefeito Marcelo Crivella se reuniu com a sua base parlamentar para pedir empenho na votação. Vereadores da oposição passaram a tarde aguardando o chefe da Casa Civil, Paulo Messina, para discutir as emendas, como combinado. Mas Messina não compareceu para o debate.

Comente com o facebook
Anúncios