Plenária de CAMINHONEIROS, PETROLEIROS e de movimentos sociais no RJ


Plenária de CAMINHONEIROS, PETROLEIROS e de movimentos sociais no RJ pela redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha
Foi emocionante e empolgante!

Ontem, dia 19 de junho de 2018, na sede do Sindipetro-RJ, ocorreu uma plenária com o objetivo de agregar apoios e solidariedade aos caminhoneiros.

OS CAMINHONEIROS IRÃO RETOMAR A PARALISAÇÃO DA CATEGORIA de norte a sul do país, a partir da meia noite de domingo, dia 24/06/2018.

A mesa da plenária foi composta pelo dirigente do Sindipetro-RJ, EDUARDO HENRIQUE, além de JOSÉ ROBERTO, representando a ANTB e de EDUARDO ROSA (RATÃO), caminhoneiro da Bahia.

RONALDO MORENO, organizador do evento, sugeriu que esses caminhoneiros e os petroleiros TAQUIL e LENINHA apresentassem um balanço do movimento e que apontassem a direção para o mesmo.

JOSÉ ROBERTO, da ANTB, falou da impossibilidade de sua categoria, especialmente os caminhoneiros autônomos que ele representa, seguirem transportando e abastecendo o país, com essa política econômica que está inviabilizado suas vidas. Falou também de como se deu o movimento de 11 dias que parou o país e da necessidade de que outras categorias se agregassem a essa luta, que não se resume apenas às suas próprias necessidades. Mas, contribui para as necessidades do conjunto da classe trabalhadora. Apresentou, ainda, as principais reivindicações da categoria (algumas específicas):

Carro Chefe
O carro chefe do movimento é abaixar os preços dos combustíveis e do gás de cozinha. Mostraram estarem cientes que isso poderá promover uma rearrumação com o empoderamento e a dignidade para todos os cidadãos, que padecem com esse modelo que oprime toda a sociedade.
Informou que está tudo organizado para a nova paralisação… e fez um apelo para todos se somarem ao movimento ajudando na divulgação e no esclarecimento da sociedade.

Ratão

Em seguida, o caminhoneiro RATÃO contou sua experiência de luta, de sua participação no movimento de 11 dias e de sua postura de total independência perante o governo e seus aliados. Reforçou o desejo de contribuir para que a luta seguisse e que traga conquistas efetivas para o povo brasileiro.
Definiu, ainda, seu engajamento na luta como um movimento que pretende uma REVOLUÇÃO da sociedade e pediu o apoio de todos os setores oprimidos nessa construção.

Os dois CAMINHONEIROS agradeceram aos petroleiros pela grande ajuda com dados técnicos, que lhes mostrou o quanto se pode e deve avançar.

LENINHA e TAQUIL

Na sequência, LENINHA e TAQUIL expuseram sua relação com os caminhoneiros desde o início da greve e ao longo dos 11 dias de mobilização.

Deixaram claro como ingressaram nesta luta:
Além de mostrarem a intenção clara de ambos em ajudar a categoria caminhoneira com o fornecimento de material técnico acerca da geopolítica do petróleo, enfatizaram bem a compreensão que tiveram desde o início do movimento e absoluta legitimidade da luta.
Entenderam desde o início que, apesar desta luta ter dentro de si alguma influência patronal do setor (além de um grupo de intervencionistas) que tentavam se apropriar da luta, a força deste movimento tinha grande potencial e mostrava a necessidade de se conquistar uma realidade menos penosa para a sobrevivência de suas famílias. Além, e principalmente, de ter INCONSCIENTE, mas OBJETIVAMENTE um elemento fundamental no enfrentamento com os interesses estrangeiros privatistas e imperialistas:
– a questão da luta contra a internacionalização dos preços dos combustíveis.
Narraram resumidamente o quanto foi assertiva essa unidade e dedicação.
Descreveram como tiveram que usar de suas habilidades e formação política para desfazer as contrainformações sobre o petróleo, além de enfatizar a autosuficiência, a qualidade, a quantidade, a capacidade do parque de refino e outros questionamentos maliciosos sobre a importância da Petrobrás nacional e estatal…

Todas estas e outras questões, que apareciam no seio da luta, foram respondidas ao longo dos dias, noites e madrugadas, que exigiram elaboração e estratégias para a abordagem.

LENINHA, de seu leito (em decorrência de suas limitações físicas) e TAQUIL, a conciliar tudo isso com sua atividade profissional na PETROBRAS responderam, paulatinamente, a cada ataque dos oportunistas e elaboravam política para a categoria caminhoneira.

TAQUIL

TAQUIL informou o quanto está comprometendo seu capital próprio para o financiamento da logística para essa unidade acontecer:
– Emissão de passagens aéreas para LENINHA e RATÃO participarem das plenárias e reuniões, de Salvador e de Brasília, para Rio e para São Paulo.
Isto, além do apoio financeiro para a sustentação de LENINHA.
Explicou que o fez por compreender que esta luta não pode ser “desprezada” por falta de recursos. E, ainda, quando esta se apresenta com tanta força e tanto potencial transformador.

EDUARDO HENRIQUE

Na sequência, EDUARDO HENRIQUE parabenizou a todos, saudou as entidades presentes e se colocou à disposição para ajudar na organização e nos encaminhamentos.

Houve inúmeras intervenções de aproximadamente 4 minutos, nas quais absolutamente todos parabenizaram, agradeceram e se colocaram à disposição dos caminhoneiros para fazer acontecer um movimento ainda mais forte a partir do primeiro minuto do dia 25.
Se colocaram à disposição dos caminhoneiros para organizar sua luta e participando ativamente da construção de uma GREVE GERAL.

Houve um debate bastante rico.
E, ao final, foram propostos os seguintes encaminhamentos:

– Campanha de esclarecimento à sociedade através de panfletagem e carro de som circulando por pontos estratégicos;

– Que essa unidade de categorias trace uma luta a curto, médio e longo prazo, com a compreensão de que o inimigo é permanente, forte e inescrupuloso:
Nossos governantes sempre defenderam e defendem os interesses da burguesia nacional e internacional.
Para derrotar a entrega de nossa soberania, há uma necessidade de organização permanente;

LENINHA e TAQUIL

– Que LENINHA e TAQUIL seguirão fornecendo os elementos técnicos que subsidiaram a luta até aqui:

As informações fornecidas estão baseadas em dados concretos e também buscando as informações técnicas básicas em publicações de profissionais que são verdadeiramente comprometidos com a causa;

– Que as diferenças devem ser respeitadas e nenhuma bandeira eleitoreira ou ideológica deve ser imposta à luta dos caminhoneiros.

– Que todas as fortes críticas feitas aos que se ausentaram da luta, sejam convites potenciais para que militantes e entidades de luta, verdadeiros representantes da classe trabalhadora, se somem à essa importante luta.

OBSERVAÇÃO:
Por questão de preservação da segurança e da estratégia da luta, algumas resoluções não serão divulgadas neste momento.

Ao final houve um caloroso abraço de todos os presentes para o registro histórico dessa unidade de categorias que certamente irá se multiplicar.

O movimento não pára:

Além de tudo o que foi encaminhado, uma nova etapa organizativa se dará no sábado, dia 23, em uma outra plenária, em São Paulo.

Por fim, o consenso:

Quem não se movimenta, além de não sentir o peso dos grilhões que lhes acorrenta, não consegue enxergar o caminho da liberdade!

Somos todos caminhoneiros!

Pela redução do preço dos combustíveis e do gás de cozinha!

Por uma Petrobrás 100% estatal e voltada para o desenvolvimento da nação!

Leninha, petroleira demitida política (doente ocupacional)
Marco Taquil, petroleiro
Vinícius, Sindipetro RJ
Ronaldo Moreno eletricitário demitido político.

WhatasApp 71 991603920

ENTIDADES PRESENTES: Mais tarde colocaremos os links

  1. – SINDIPETRO RJ
  2. – FIST
  3. – FAETEC
  4. – SIMERJ METRÔ
  5. – MOS
  6. – SOS EMPREGO
  7. – SINDICATO MOTORISTA UBER
  8. – COMITÊ DE SANTA TEREZA
  9. – COMPROADPPERJ
  10. – MOTORISTA DE APLICATIVO
  11. – PSTU
  12. – INTEREINDICAL PORTUÁRIA
  13. – OPOSIÇÃO BANCÁRIA RJ
  14. – MOVIMENTO NEGRO
  15. – ANTB
  16. – CSP CONLUTAS
  17. – RODOVIÁRIOS RJ
  18. – CAMINHONEIRO
  19. – PETROLEIROS
  20. – METALÚRGICOS
  21. – MCP

Fotos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s