A filha de Galileu


Esta biografia de Galileu Galilei (1564-1642), reconstitui a sua vida e aItália do século XVII. A narrativa é conduzida através das cartas da filha mais velha de Galileu, Virginiaque viveu num convento desde os treze anos, tendo adoptado o nome de sóror Maria Celeste, em homenagem à paixão do pai pelos mistérios do céu.

Apesar da clausura, ela escreveu mais de cem cartas para Galileu (que este guardou e não se perderam, ao contrário das cartas de Galileu para a filha)ao longo de duas décadas, copiou muitos dos seus textos, preparava doces e remédios para as suas doenças, entre outras tarefas, mantendo sempre uma profunda relação de amor fraternal e de apoio ao pai.

Em Pádua, no ano de 1609, Galileu aponta para o céu um telescópio que construiu e descobre um mundo jamais visto. É o início das descobertas astronómicas que confirmarão a teoria de Copérnico (a Terra move-se à volta do Sol), contradizendo as ideias defendidas pela Igreja Católica.

A personalidade e os feitos de Galileu, que Albert Einstein designou “o pai da ciência moderna”, são descritos em pormenor, revelando inteligência, bondade e rectidão. À medida que o seu olhar penetrava nos mistérios do Universo, conquistou prestígio nacional e internacional. Em 1633, com quase 70 anos, a Inquisição condenou Galileu ao isolamento em sua casa. Apesar da morte da sua filha, que muito o abalou, continuou a escrever sobre o movimento dos corpos, com o apoio de estudantes e colegas, publicando “Duas Novas Ciências”, o seu livro mais importante.

Galileu na Wikipédia
Ler +

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s