Prefeitura do Rio derruba boxes irregulares no camelódromo da Uruguaiana


Boxes não tinham autorização para funcionar e que estavam interditados desde o mês passado. Unidades eram construídas e vendidos ilegalmente, por até R$ 3 milhões. Há suspeita de envolvimento de milícia na comercialização.


Por Bom Dia Rio

 

A prefeitura do Rio derrubou 44 barracas irregulares no Camelódromo da Uruguaiana, ontem.

A Prefeitura do Rio derrubou, nesse domingo (20), 44 boxes irregulares, no camelódromo da Uruguaiana, no Centro. As unidades não tinham autorização para funcionar e que estavam interditadas desde o mês passado. A Guarda Municipal, a Polícia Militar, Comlurb e Light deram apoio ao trabalho.

Os agentes usaram maçaricos para desmontar os boxes. A polícia apura uma informação de que os boxes piratas eram construídos e vendidos ilegalmente, por até R$ 3 milhões.

Há suspeita de envolvimento de milícia na comercialização. Essa semana, uma ação da Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Secretaria de Segurança, prendeu quatro pessoas em uma operação no camelódromo.

As investigações apontaram que o grupo estaria cometendo série de irregularidades na administração do Centro Comercial da Uruguaiana.

“A construção e venda de boxes era tolerada pela administração, de forma irregular, já que os permissionários não podem trabalhar com venda de box. Esperamos conseguir outros elementos para corroborar o que conseguimos até agora”, afirmou Alexandre Herdy, titular da Draco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s