Carta de Apresentação do Sindipetro Caxias


Carta de Apresentação do Sindipetro Caxias

O Sindipetro Caxias foi fundado em 26 de março de 1962, sofrendo intervenção da ditadura militar em 9 de abril de 1964 e retornado a ter eleições livres em 1985, com abertura política e o retorno da democracia.

Em 1995 o Sindipetro Caxias sofre intervenção branca do governo FHC e fica com suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça do Trabalho a fim de pagar a multa de R$ 2.100.000,00 (Dois milhões e cem mil reais) imposto pelo TST devido a mais 21 dias de greve, sendo R$ 100.000,00 ( cem mil reais) por dia, sendo aprovado uma anistia pelo congresso somente em 1998.

Em 1998 começa o trabalho de reorganização do Sindipetro Caxias que segue com sua ampliação no arco de alianças com os Movimentos Sociais na luta em Defesa da Petrobras e de um governo que contemple os anseios da Classe Trabalhadora.

Em 29 de abril de 1999 o Sindipetro Caxias é reinaugurado com a presença do futuro presidente da República Luís Inácio LULA da Silva, sendo este ato considerado um marco na luta contra o projeto Neoliberal e da Reestruturação Produtiva em curso no país.

O Sindipetro Caxias é filiado a CUT – Central Única dos Trabalhadores e a FUP – Federação Única dos Petroleiros, ao DIEESE- Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos e DIESAT- Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho.

O Sindipetro Caxias se localiza na Rua José de Alvarenga, 553, Centro, Duque de Caxias, no Estado do Rio de Janeiro, sendo seu CEP 25.020-140.

O Sindipetro Caxias mantém o Projeto MOVA-BRASIL de Alfabetização com 45 turmas na Baixada Fluminense e entorno; tem uma Secretaria de Anistiados que já retornou com 170 trabalhadores demitidos pelo Plano de Reestruturação do Estado, feito pelo governo Collor em 1990; tem uma RPPN- Reserva do Particular do Patrimônio Natural em Tinguá, Nova Iguaçu que mantém uma parceria de Educação Ambiental com 190 escolas do município de Nova Iguaçu; matem uma parceria com a REBIO- Tinguá que é mantida pelo ICMBIO – Instituto Chico Mendes de Biodiversidade.

O Sindipetro Caxias é um sindicato cidadão e como tal apóia a luta do MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra e do MPA – Movimento dos Pequenos Agricultores que lutam pela Reforma Agrária. Apóia a luta do MLB – Movimento de Luta nos Bairros e Favelas que luta pela casa própria. Apóia a luta da UNE – União Nacional dos Estudantes, da UBES – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas e da AERJ – Associação dos Estudantes do Rio de Janeiro que luta pela escola pública e gratuita, com qualidade.

O Sindipetro Caxias é reconhecido como Entidade de Utilidade Pública Municipal, lei nº 2537/2013 e Utilidade Pública Estadual lei nº 6971/2015.

Simão Zanardi Filho

Presidente do Sindipetro Caxias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: