10 coisas que você precisa saber  sobre a gripe e a vacinação


25 Abril 2016 00:00:00

O infectologista e doutor em epidemiologia Fábio Lopes Pedro destacou 10 informações que a população precisa saber a respeito da vacinação e da gripe

Cassiano Cavalheiro

1) Precisa se vacinar todo o ano?
Mesmo que tenha se vacinado contra a gripe em outros anos, a vacina deve ser realizada anualmente, pois os vírus se modificam. Desta maneira, no final de cada ano, é validada a vacina para o ano seguinte. Para 2016, foram duas vacinas (trivalente e tetravalente) que induzem proteção para três ou quatro tipos mais comuns do vírus da gripe circulante (gripe A e B).

2) Vacina não causa gripe
A vacina induz boa resposta em cerca de 80% dos indivíduos, e essa proteção não é conferida imediatamente. Após um período de 3 a 4 semanas da vacinação, o corpo produz os anticorpos (defesa) específicos contra a gripe. Então, a pessoa vacinada pode adoecer de gripe, especialmente nessas primeiras semanas. Contudo, a vacina NÃO causa doença. Isso é um mito que deve ser desfeito na cultura popular.

3) Sintomas pós-vacinação
A vacina pode causar dor no local e febre nas primeiras 48 horas após a aplicação. Efeitos tardios dificilmente podem ser atribuídos à dose.

4) Por que há grupos prioritários?

Todas pessoas devem se vacinar, mas, existem grupos mais propensos a contrair o vírus. Portadores de doenças crônicas, crianças, idosos, obesos, gestantes, entre outros, são considerados grupos de risco. Isso apenas serve para orientar o governo brasileiro a priorizar a vacinação para esses grupos, pois não temos um sistema de saúde que consiga arcar com os custos de vacinação de toda a população. Importante que as pessoas saibam que todas são candidatas à vacinação, que deve ser universal.

5) Quem não é do grupo prioritário, deve pagar pela vacina?
A vacina na rede pública não é disponibilizada para pessoas fora no grupo de risco. É aconselhável que todos se vacinem.

6) Alérgicos à proteína do ovo não devem se vacinar?
Apenas pessoas com histórico de alergia à vacina da gripe em aplicação anterior ou alérgicos a proteína do ovo de galinha não devem ser vacinados.

7) Dose única ou dupla para crianças

Crianças entre 6 meses e 9 anos, jamais vacinadas, deverão fazer duas doses de vacina com intervalo de 30 dias. As demais crianças, que tomaram a vacina em anos anteriores, deverão receber dose única adequada para sua idade.

8)É possível se vacinar mesmo com sintomas da gripe?
Estar com sintomas de resfriado (tosse, coriza nasal clara, entre outros) não é contraindicação para realização da vacina da gripe. Isso não justifica o atraso da vacinação.

9) Quem já se gripou, não está imune
Estando com sintomas de gripe (febre acima de 38°C, tosse, dor de cabeça, entre outros) a pessoa deve procurar atendimento médico com brevidade, pois o medicamento antiviral funciona muito bem quando administrado precocemente (até 48 horas do início dos sintomas). Adoecer de gripe não significa ficar imune de gripe. Dessa maneira, a pessoa também deverá programar sua vacinação.

10) Casos recentes
As pessoas devem se vacinar todos anos. Os vírus se modificam. Em virtude de um decréscimo da cobertura vacinal desde 2009, além de mutação do vírus da gripe, houve aumento do número de casos graves, com 18 mortes registradas no Estado (RS) até a última sexta-feira.

Foto: Arte DSM / reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s