Projeção do Ponto de Equilíbrio e Projeção de EBITDA: tudo que você precisa saber em um único artigo!


Por |03/04/2016

projeção do ponto de equilíbrio e projeção de ebitdaRecentemente publicamos aqui no blog um artigo bem completo sobre a Projeção de Margem de Contribuição,  onde além de explicarmos em detalhes sua composição, abordamos também os motivos deste ser um dos indicadores mais importantes em qualquer empresa. Inclusive comentamos no post que consideramos a Projeção da Margem de Contribuição o primeiro Quick Win (vitória rápida) que a Gestão Orçamentária pode proporcionar para a organização.

Com base na Margem de Contribuição projetada na etapa anterior, podemos agora dar o próximo passo para identificar o mínimo para manter a empresa economicamente lucrativa (Projeção do Ponto de Equilíbrio) e qual a Projeção de Resultado Operacional (Projeção de EBITDA).

Estes são outros dois indicadores econômicos de extrema importância e são o segundo Quick Win que a Metodologia Treasy de Gestão Orçamentária oferece.

Isso porque, de forma resumida:

  • Ponto de Equilíbrio é o indicador que demonstra o mínimo que sua empresa precisará vender para pagar seus Custos e Despesas.
  • Já o EBITDA ajuda analisar o desempenho da organização de forma “livre” de influências externas, pois ele é capaz de medir a produtividade e a eficiência da empresa de maneira direta e objetiva.

No artigo de hoje vamos entrar a fundo na Projeção do Ponto de Equilíbrio e também na Projeção EBITDA, mas antes de falarmos destes dois índices, precisamos entender bem as bases para compô-los. Estamos falando aqui da:

Projeção de Gastos com Pessoal

A projeção de Gastos com Pessoal nada mais é que o orçamento dos desembolsos que a empresa terá relacionado a seus funcionários. Podemos classificá-los basicamente em:

  • Salários: remuneração direta paga aos funcionários pelo trabalho realizado. Estes gastos podem ser classificados ainda em salários fixos ou salários variáveis.
  • Encargos: são taxas legais obrigatórias que podem ser pagas diretamente ao funcionário (como férias, adicional de férias, 13º salário, hora extra, adicional noturno, insalubridade, periculosidade, ausência remunerada, repouso remunerado (DSR) e licenças), ou ainda os valores que não vão para o bolso dos funcionários, mas compõem benefícios e garantias ao trabalhador (como o INSS e o FGTS).
  • Benefícios: já os benefícios são valores adicionais que a empresa oferece para seus colaboradores, como auxilio transporte, auxílio refeição, plano de saúde, plano odontológico, auxilio medicamentos, bolsas de estudos, previdência privada, entre outros.

Na hora de realizar a Projeção de Gastos com Pessoal em sua empresa, uma boa prática é detalhar os valores por:

  • Unidades de Negócio
  • Centros de Resultados (Departamentos ou Setores da empresa)
  • Cargos ou Funcionários
  • Contas (Salários, Encargos e Benefícios)

Assim é possível analisar em cada um destes níveis de detalhamento, onde é que estão as maiores despesas da empresa com funcionários e agir de forma proativa para utilizá-las da forma mais eficiente possível.

Alguns Cuidados na Projeção de Gastos com Pessoal

Um erro comum e que pode causar sérios problemas ao Fluxo de Caixa é deixar de prever no Orçamento os reajustes e renegociações, como por exemplo, o dissídio coletivo (reajuste anual para reposição das perdas do poder aquisitivo ocasionadas pela inflação).

Além disto, não se esqueça dos reajustes previstos em contratos para planos de saúde, planos odontológicos, aumentos no valor de vale transporte e vale alimentação e até mesmo os aumentos de salários reivindicados pelos próprios funcionários periodicamente.

  • Outro ponto importante na hora de projetar despesas com pessoal está nos salários fixos x salários variáveis. Dependendo do tipo de negócio, isto pode dar uma boa diferença no resultado final da empresa. Para complementar o conteúdo, recomendamos bastante a leitura do post Salário Fixo x Salário Variável – Vantagens, Perigos e Cuidados.

Projeção de Despesas Operacionais

A Projeção de Despesas Operacionais é constituída por todos os gastos necessários para manter a empresa em funcionamento, exceto as Deduções e os Custos Variáveis, que já vimos no artigo sobre a Projeção da Margem de Contribuição.

Ou seja, estamos falando aqui de todos os gastos necessários para administrar e vender os produtos ou serviços aos clientes da empresa e geralmente compreende (mas não se limita):

  • Os gastos de administração pertinentes ao pró-labore da diretoria, despesas administrativas e materiais de expediente;
  • As despesas comerciais tudo que é necessário antes, durante e depois do evento de venda, incluindo marketing e propagandas;
  • As despesas financeiras oriundas de operações de crédito de curto e longo prazo, como juros e taxas pagas aos bancos e instituições financeiras.
  • As despesas de ocupação, como alugueis, água, energia elétrica, IPTU, etc.

A Projeção de Despesas Operacionais geralmente estará relacionada a itens classificados como Gastos Fixos, ou seja, que acontecerão independente da empresa vender ou não, como alugueis, salários, etc., e por isto geralmente a análise dos dados históricos da própria empresa constitui-se em boa fonte para sua estimativa.

Temos certeza que a esta altura do campeonato você já está bem escolado da diferença entre Custos e Despesas. Mas se tiver qualquer indício de dúvida sobre isto, faça uma pausa aqui e não continue sua Projeção do Ponto de Equilíbrio e Projeção de EBITDA sem antes consultar o post Custos x Despesas: saiba a diferença. Isto é bem importante e pode distorcer completamente os resultados e projeções.

Pois bem, dando sequência, assim como na Projeção de Gastos com Pessoal, uma boa prática para a Projeção de Despesas Operacionais é detalhar os valores por:

  • Unidades de Negócio
  • Centros de Resultados (Departamentos ou Setores da empresa)
  • Contas (Aluguéis, Água, Energia Elétrica, Manutenção, Limpeza, etc.)

Aqui vale a mesma dica que demos para a Projeção de Faturamento: se for possível, vale muito a pena realizar a Projeção de Despesas Operacionais de maneira colaborativa. Assim o gestor de cada área realiza o orçamento dos Centros de Resultado de sua responsabilidade, estimando os recursos que precisará para o ano. Isso reduz o tempo de elaboração do orçamento, aumenta muito a fidelidade dos dados e gera maior engajamento entre a equipe. Para saber mais sobre a prática, consulte o artigo O que é Orçamento Colaborativo ou Orçamento Descentralizado. Vai valer a pena!

Projeção do Ponto de Equilíbrioprojeção do ponto de equilíbrio

Pronto! Agora que você já tem a Projeção de Margem de Contribuição calculada e já projetou os Gastos com Pessoal e as Despesas Operacionais, está fácil realizar a Projeção do Ponto de Equilíbrio e também a Projeção de EBITDA.

Começando pela Projeção do Ponto de Equilíbrio, que tem sua fórmula muito simples:

Ponto de Equilíbrio = (Gastos com Pessoal + Despesas Administrativas) / (Margem de Contribuição / Faturamento Bruto)

Caso você precise de mais detalhes sobre o Ponto de Equilíbrio, você pode consultar estes artigos:

Projeção de EBITDA

Já a Projeção de EBITDA é ainda mais simples, desde que você não se deixe assustar pela sigla que a primeira vista pode parecer complicada.

Para entendermos a fórmula, basta entender o termo, que em inglês é a sigla para Earning Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization. Se traduzirmos para português teremos LAJIDA, que e seu significado é a própria formula de cálculo: Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização.

projeção de ebitda

Deixando ainda mais mastigado, a fórmula para Projeção de EBITDA é esta:

EBITDA = Margem de Contribuição – Gastos com Pessoal – Despesas Operacionais

O termo assusta a primeira vista, mas depois que entendemos seu significado fica fácil né?

Para saber mais sobre o termo, você pode consultar estes posts:

Recapitulando

Com o artigo anterior sobre a Projeção de Margem de Contribuição e mais este sobre a Projeção do Ponto de Equilíbrio e Projeção de EBITDA foram apenas 2 passos da Metodologia Treasy de Gestão Orçamentária, mas já conseguimos projetar 6 índices importantíssimos para sua empresa:

  • Faturamento Bruto
  • Faturamento Líquido
  • Ticket Médio
  • Margem de Contribuição
  • Ponto de Equilíbrio
  • EBITDA

Estes são índices fundamentais para a gestão de qualquer empresa, independente do tamanho ou porte. Com eles você já consegue ter um panorama geral dos Resultados Operacionais Projetados e já pode tomar algumas decisões para melhorá-los caso não estejam adequados.

Algo que seria muito bacana é saber de você como estamos indo! Os conteúdos estão fazendo sentido para você? Qual ponto chamou mais atenção até o momento? Ficou alguma dúvida ou posso te passar mais informações sobre algum tema específico?

Por favor, deixe-nos um comentário contando como está sendo para que possamos te ajudar a maximizar o aprendizado e obter o máximo de resultado para sua empresa! Além disto, saber sua opinião também será muito bacana para aprimorarmos ainda mais os conteúdos e materiais.

Próximos Passos

Este é apenas o segundo Quick Win da Metodologia Treasy de Gestão Orçamentária, que faz parte de um curso completo que elaboramos, onde além deste passo você pode aprender também sobre:

  • O que é Gestão Orçamentária
  • Projeção de Margem de Contribuição
  • Projeção do Ponto de Equilíbrio
  • Projeção de EBITDA
  • Projeção de Investimentos Operacionais
  • Projeção de Lucratividade
  • Projeção de DRE
  • Projeção de Fluxo de Caixa
  • Indicadores de Desempenho
  • Simulações de Cenários
  • Acompanhamento Orçamentário
  • Revisões Orçamentárias

O curso é 100% gratuito e acontece todo por e-mail. Para se inscrever, basta clicar na imagem abaixo:

Curso Metodologia Treasy de Gestão Orçamentária

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: