Contabilidade comercial e financeira / Aula 5: Apuração do resultado usando o inventário periódico e permanente


Contabilidade comercial e financeira / Aula 5: Apuração do resultado usando o inventário periódico e permanente

Evolução econômica e financeira da empresa

Antes de começarmos nossa aula, vamos assistir a um vídeo?

Nele, você observará que a empresa deve acompanhar a evolução econômica e financeira da empresa. Podemos perceber que não basta apenas comprar e vender mercadorias para ter lucro. É necessário ter Planejamento, Controle e Gestão dos Resultados.

Assim, o proprietário conseguirá responder à pergunta “— Como saber se a empresa tem lucro?”

A seguir, vamos reconhecer ou apurar o resultado bruto de uma empresa comercial.

Apuração do resultado bruto com mercadorias utilizando o inventário periódico

O Resultado Operacional Bruto ou lucro bruto, “representa exclusivamente o resultado obtido com a atividade principal da empresa, sem levar em consideração as demais despesas necessárias à sua obtenção” (FERRARI, 2013, p. 606).

Observe a seguir como determinar o lucro bruto conforme a atividade das empresas:

  • Empresa industrial

    LUCRO BRUTO = VENDAS LÍQUIDAS – CUSTO DOS PRODUTOS VENDIDOS

    O Custo dos Produtos Vendido ou CPV refere-se a todos os valores gastos no processo de produção fabril, como por exemplo, de aço.

  • Empresa Prestadora de Serviços

    LUCRO BRUTO = VENDAS LÍQUIDAS – CUSTO DOS SERVIÇOS PRESTADOS

    O Custo dos Serviços Prestados ou CSP refere-se a todos os valores gastos para prestar um determinado serviço, como por exemplo, de vigilância.

  • Empresa Comercial

    LUCRO BRUTO = VENDAS LÍQUIDAS – CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS

    O Custo das Mercadorias Vendidas ou CMV refere-se a todos os valores gastos desde a aquisição da mercadoria até a venda das mesmas, por exemplo, de alimentos.

  1. 01
  2. 02
  3. 03

Lembramos que vendas líquidas e receitas líquidas são expressões sinônimas.

Conforme a Lei nº 6.404/76, Art.187, o resultado operacional bruto ou Lucro Bruto corresponde à:

RECEITA BRUTA DE VENDAS DE MERCADORIAS

(-)        DEDUÇÕES SOBRE VENDAS
(=)        RECEITA LÍQUIDA
(-)        CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS

Ressalta-se que o regulamento do Imposto de Renda define que a receita líquida de vendas e serviços será a receita bruta diminuída das vendas canceladas, dos descontos concedidos incondicionalmente e dos impostos incidentes sobre as vendas (Decreto-lei nº 1.598, de 1977, art. 12).

Quando a empresa utiliza o inventário periódico, conforme visto nas aulas anteriores, a empresa conhece o volume e os valores das mercadorias de tempos em tempos, sendo indispensável o levantamento físico. Assim, o valor do CMV também só é conhecido ao final de um determinado período. Por isso, não há registro contábil do CMV à medida que as vendas ocorrem.

Por não registrar as movimentações com mercadorias (entradas e saídas), no momento em que ocorre, o método do inventário periódico deixa de detectar, por exemplo, as saídas não motivadas por vendas que distorcem o valor do CMV:

Por não registrar as movimentações com mercadorias (entradas e saídas), no momento em que ocorre, o método do inventário periódico deixa de detectar, por exemplo, as saídas não motivadas por vendas que distorcem o valor do CMV:

 Devoluções de compras;

 Roubos;

 Perdas por casos fortuitos, dentre outros.

Ressalta-se que uma vez distorcido o valor do CMV, estará distorcido o valor do RCM ou do resultado bruto.

Apuração do resultado bruto com mercadorias utilizando o inventário permanente

A característica básica do inventário permanente é que a empresa controla cada item de estoque negociado. Isso permite que se conheça, após cada operação (compra ou venda), o nível de seus estoques.

Vamos considerar que uma empresa usa o método de inventário permanente.

No início de um período, o estoque de mercadorias era de 45 unidades a R$80,00 cada. Ao longo do tempo, ocorreram as seguintes movimentações:

05.08 — Compra de 80 unidades a R$90,00 cada;
06.08 — Devolução de 25 unidades das compras do dia 05.08;
07.08 — Abatimento sobre as compras para evitar nova devolução, no valor de R$165,00;
11.08 — Venda de 80 unidades, cujo preço foi de R$180,00 cada;
12.08 — Devolução de 40 unidades da venda do dia 11.08

FICHA DE CONTROLE DE ESTOQUE – PEPS
Data Entradas Saídas Saldo
Qte Vr. Unit Vr. Total Qte Vr. Total Vr.Unit Qte Vr. Unit Vr. Total
01/08 45 80,00 3.600
06/05 80 90,00 7.200 45
80
80,00
90,00
3.600
7.200
07/06 (25) 90,00 (2.250) 45
55
80,00
90,00
3.600
4.950
07/08 (165,00) 45
55
80,00
87,00
3.600
4.785
11/08 45
35
80,00
87,00
3.600
3.045
20

87,00

1.740
11/08 (35)
(5)
87,00
80,00
(3.045)
(400)
5
55
400
4.785

Logo:

Estoque Final = 400,00 + 4.785 = 5.185
CMV = 3.200 (igual ao somatório da coluna de saída)
RCM = ((80 X 180,00) – (40 X 180) – 3.200
RCM = 4.000

Legenda:

• CVM: Custo da Mercadoria Vendida;
• RCM: Resultado com Mercadoria, também chamado de lucro bruto.

Finalmente podemos ver o resultado bruto na DRE

Receita Bruta de Vendas R$ 14.400,00
( – ) Dedução sobre as vendas R$ 7.200,00
( = ) Receita Líquida R$ 7.200,00
( – ) CMV R$ 3.200,00
( = ) Lucro Bruto R$ 4.000,00

Para fins de aprofundamento, considere uma empresa que apresentou os seguintes saldos em seu balancete de verificação mensal:

BALANCETE DE VERIFICAÇÃO
Banco conta movimento 500,00 D
Duplicatas a pagar 430,00 C
Veículos 2.000,00 D
CMV 80,00 D
Fretes e carretos 20,00 D
Refeições 50,00 D
Impostos e taxas 100,00 D
Receita Líquida 320,00 C
Estoques 1000,00 D
Capital Social 3.000,00 C

Procedimentos para apuração do resultado do exercício considerando o balancete:

Transferir os saldos das contas de receitas para a conta transitória denominada ARE:

D – Receita Líquida
C – ARE……………R$ 320,00

Transferir os saldos das contas de despesas e custos para a conta transitória denominada ARE:

D – ARE………………….R$250,00
C – CMV………………….R$ 80,00
C – Fretes e carretos……R$ 20,00
C – Refeições……………R$ 50,00
C – Impostos e taxas….. R$100,00

Observa-se que o saldo da conta ARE será R$70,00 (Saldo Credor), logo, podemos afirmar que o resultado será positivo. Observe o registro do Lucro:

D – ARE………………..R$ 70,00
C – Reserva de Lucro….R$ 70,00 (Conta do Patrimônio Líquido)

Neste exemplo, teremos o balanço patrimonial a seguir:

ATIVO R$ PASSIVO R$
AC PC
Banco conta movimento 500,00 Duplicatas a pagar 430,00
Estoques 1.000,00
ANC PNC
Veículos 2.000,00
PL
Capital Social 3.000,00
Reserva de Lucro 70,00
ATIVO TOTAL 3.500,00 PASSIVO TOTAL 3.500,00

A DRE, por sua vez, seria:

DRE R$
Receita Líquida 320,00
( – ) CMV (80,00)
( = ) Lucro Bruto 240,00
( – ) Despesas
Fretes e carretos (20,00)
Refeições (50,00)
Impostos e taxas (100,00)
( = ) Lucro do Exercício 70,00

Observe a importância da correta apuração do resultado do exercício, visto que, após conhecer o resultado devem ser calculados os impostos e as contribuições que incidem sobre o lucro.

Questão 1: Considere as informações obtidas da contabilidade a Cia. Delta Ltda.:

Vendas de mercadorias…………….R$ 357.400,00

Estoque Inicial de mercadorias…….R$ 134.500,00

Compras de mercadorias……………R$ 236.800,00

Estoque final de mercadorias………R$ 111.300,00

Considerando as informações, qual o Resultado com Mercadorias (RCM), em reais?

97.400,00

107.400,00

112.500,00

246.200,00

260.000,00

Corrigir

Questão 2: Ao longo de um período foram obtidas as seguintes informações na empresa TCL Ltda.:

Receita de Vendas = R$ 32.000,00

Receita de Alugueis = R$ 4.000,00

ICMS sobre vendas = R$ 2.240,00

Custo da Mercadoria Vendida = R$ 8.300,00

Despesas Administrativas = R$ 9.000,00

O valor da Receita Líquida será:

36.000,00

23.700,00

29.760,00

21.460,00

9.000,00

Corrigir

Questão 3: Considere os dados a seguir:

Vendas = R$ 32.000,00

Abatimentos sobre vendas = R$ 4.000,00

Comissões sobre vendas = R$ 3.000,00

CMV = R$ 11.000,00

Impostos sobre vendas = R$ 5.000,00

Qual o Lucro Bruto em reais?

12.000,00

9.000,00

8.000,00

2.000,00

3.000,00

Corrigir

Questão 4: Em fevereiro de 2016, uma sociedade empresária apresentava os seguintes dados a respeito de suas operações com mercadorias.

Data – Operações

2.2.16 – Estoque inicial de mercadorias: 80 unidades ao custo unitário de R$20,00.

10.2.16 – Compra de mercadorias: 170 unidades ao preço total de R$6.000,00, nesse valor incluído o ICMS recuperável de 15%.

20.2.16 – Venda de mercadorias: 200 unidades pelo preço total de R$8.000,00, com incidência de ICMS de 15%.

28.2.16 – Compra de mercadorias: 50 unidades ao preço total de R$3.000,00, nesse valor incluído o ICMS recuperável de 15%.

A empresa utiliza Registro de Inventário Permanente. O estoque de mercadorias é avaliado pela Média Ponderada Móvel.

Com base nos dados informados, o valor do Custo das Mercadorias Vendidas no período é de:

R$ 1.340,00

R$ 2.290,00

R$ 3.890,00

R$ 5.360,00

Corrigir

Atividade

Como o lucro bruto é obtido?

Corrigir

Referências desta aula

  • FERRARI, Ed Luiz. Contabilidade Geral — teoria e mais de 1000 questões. Rio de Janeiro: Impetus, 2013.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s