Sindipetro Caxias: O Golpe atinge a logística da Transpetro e seus trabalhadores


fonte: Sindipetro Caxias

 

Não bastasse o desmonte da Petrobrás promovido pela gestão Parente, a TRANSPETRO, que é um dos braços estratégicos do sistema, está ociosa. Enquanto isso, a concorrência cresce e se multiplica.
Os dois píeres do TABG estavam vazios em plena segunda-feira, na última semana . E do outro lado não param de chegar navios de derivados para o terminal da Cosan, braço logístico da Shell. Por que será?
Além disso, os trabalhadores terceirizados da Transpetro também sofrem as consequências do golpe, pois a maioria que sobreviveu até agora, estão de aviso prévio até o dia 27/02, sem saber se participarão do novo contrato e em que condições.
Existem rumores de que este contrato tampão, além do salário rebaixado, não pagará os 30% da periculosidade ao pessoal administrativo e até mesmo o pessoal de campo ganhará somente quando forem às áreas industriais externas.
Como se não bastasse estar dentro de um polo industrial petroquímico, que no passado já houve acidentes de largas proporções e que, por esse motivo, o entorno das plantas no polo são consideradas pela OIT como áreas de alto risco de acidentes e exigido na convenção 174 que fosse criada uma zona de fuga para o complexo.
Segundo o diretor do Sindipetro Caxias, Paulo Cardoso “haverá uma Ilegalidade trabalhista caso a Transpetro não exija que se pague este adicional, pois não há no entorno das plantas industriais uma única rua segura caso haja um acidente industrial ampliado”.
A direção do sindicato está de olho e vai denunciar à DRT e ao MPT caso aconteça essa arbitrariedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s