Escolas de medicina passam a usar simulador 3D em aulas de anatomia


Escolas de medicina passam a usar simulador 3D em aulas de anatomia

Uma empresa brasileira desenvolveu um simulador 3D para substituir os cadáveres nas aulas de anatomia das faculdades de medicina do País. O modelo foi inspirado no exterior, mas desenvolvido e fabricado no Brasil. O pró-reitor, Marcos Biffe, afirmou que a dificuldade da doação de cadáveres foi um incentivo para o uso da tecnologia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s