5 lições de Abílio Diniz para os empreendedores


O que a história do empresário e presidente do conselho de administração do grupo Pão de Açúcar pode ensinar aos novos negócios

São Paulo – Abílio Diniz é, provavelmente, um dos ícones do empreendedorismo brasileiro. Presidente do conselho de administração do grupo Pão de Açúcar, Diniz acredita que empreendedorismo não é feito de sonhos. “Tem que ter metas, saber o que está fazendo. E ser melhor hoje do que ontem não é obsessão. É ter uma meta e querer melhorar”, disse durante uma palestra do CEO Summit 2011, evento organizado pela Endeavor e pela Ernst & Young Terco.

Diniz disse que três episódios foram cruciais na sua vida: a briga com a família, a quase quebra do Pão de Açúcar nos anos 90 e o sequestro que sofreu. “Não vou fazer uma lista enorme dos erros que cometi. O importante é meditar sobre os seus erros e, se tiver que cometer, que cometa novos erros. Eu acredito muito que as pessoas crescem na adversidade”, define.

Confira a seguir 5 conselhos que o empresário deu aos novos empreendedores.

1. Fuja do varejo

Muita gente se surpreendeu quando o empresário disse que não sabe qual negócio abriria hoje, mas tem certeza de qual fugiria. “Eu amo o que faço, mas não faria de novo. Estou nessa há 52 anos. Tem muita inspiração, mas muito mais transpiração. É um negócio complexo demais”, disse. Segundo Diniz, sobrevive na área quem for muito bom em TI e logística. “Se fosse futebol, isso seria a bola”, brincou.

2. Escolha bem seus sócios

Recentemente, a briga entre Abílio Diniz e o francês Jean-Charles Naouri tomou conta do noticiário. O presidente da rede Casino não abre mão do controle do Pão de Açúcar, que em teoria será seu no próximo ano. Abílio tentou comprar o Carrefour e causou um mal estar entre os dois. “Eu sempre convivi com sócios e não vejo nenhum problema nisso. A chave para ter sucesso e viver bem em parceria é fazer um bom contrato”, diz.


O conselho é colocar tudo no papel. “Escreva tudo, vá à exaustão e discute tudo que tem que ser discutido ali. As chances de brigar são mínimas”, afirma.

3. Prepare-se para crescer

“Sempre fui um expansionista. Não dá para ficar no lugar que está”, define-se Diniz. Segundo ele, apesar de crises, as empresas devem ter uma trajetória ascendente e a internacionalização faz parte disso. “É importante atacar novos desafios, enfrentar as coisas. Antes de internacionalizar precisa ser referência no seu país e saber por que você vai sair”, sugere.

Ele contou que a primeira experiencial internacional da empresa foi na década de 70, em Lisboa. “Fomos para Lisboa porque recebemos um convite do governo português e não porque o meu pai era português. E Portugal, em matéria de distribuição, estava na idade da pedra”, justifica.

4. Equilibre trabalho e lazer

Conhecido como esportista e entusiasta de um estilo de vida saudável, Diniz sugere que todo empreendedor aprenda a equilibrar o trabalho com lazer. “Precisa ter equilíbrio entre trabalho e outras atividades. Não adianta focar em um só. Ou você olha para esse equilíbrio ou vai se atrapalhar. Precisa fazer seu esporte e ver seus filhos e sua mulher”, ensina.

5. Atente para pessoas e processos

A dica de Abílio Diniz para quando algo dá errado na empresa é prestar atenção nos funcionários e nos processos. Para ele, o erro costuma estar em um dos dois. “Empresa é gente e processos. Se tem algo errado, procura direito que vai cair em um dos dois”, diz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s