Prêmio Jovem Cientista


Capítulo I – Sobre o Prêmio

Art. 1º. O Prêmio Jovem Cientista foi instituído em 1981. É uma iniciativa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Conta com a parceria da Fundação Roberto Marinho e com o patrocínio do Banco do Brasil e da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Art. 2º. O Prêmio Jovem Cientista tem como objetivos revelar talentos, impulsionar a pesquisa no país e investir em estudantes e jovens pesquisadores que procuram inovar na solução dos desafios da sociedade brasileira.

Art. 3º. A cada edição do Prêmio Jovem Cientista é indicado um tema importante para o desenvolvimento científico e tecnológico, com prioridade nacional, que atenda às políticas públicas do governo federal e seja de relevância para a sociedade brasileira. O tema escolhido para a edição de 2018 é “Inovações para Conservação da Natureza e Transformação Social”.

§ 1º. Para as categorias “Mestre e Doutor” e “Estudante do Ensino Superior”, deverá ser abordada uma das seguintes linhas de pesquisa:

  • 1) Benefícios socioeconômicos gerados por unidades de conservação e demais áreas protegidas;
  • 2) Biodiversidade, serviços ecossistêmicos e bem-estar humano;
  • 3) Empreendedorismo e modelos de negócios para a inclusão digital e uso sustentável de recursos naturais;
  • 4) Incentivos econômicos para a conservação e o uso sustentável da natureza;
  • 5) Inovações para a conservação e o uso sustentável da natureza;
  • 6) Inovações para a inclusão digital da sociedade brasileira;
  • 7) O papel da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos na adaptação às Mudanças do Clima;
  • 8) Práticas inovadoras em educação, comunicação e divulgação sobre biodiversidade;
  • 9) Produção e consumo ambientalmente sustentáveis;
  • 10) Tecnologias digitais para transformação social; e
  • 11) Tecnologias para incentivar a prática de economia colaborativa e sustentável.

§ 2º. Para a categoria “Estudante do Ensino Médio”, deverá ser abordado um dos seguintes subtemas:

  • 1) Comunicação e mobilização para a valorização de áreas protegidas;
  • 2) Empreendedorismo e soluções locais para a conservação e o uso sustentável da natureza;
  • 3) Inovações para a conservação da natureza e o uso sustentável no ambiente escolar;
  • 4) Práticas inovadoras em educação ambiental e conservação da natureza;
  • 5) Tecnologias digitais para a conservação da natureza, e
  • 6) Tecnologias digitais para transformação social.

Art. 4º. O Prêmio é atribuído a cinco categorias:

  • 1- Mestre e Doutor;
  • 2 – Estudante do Ensino Superior;
  • 3 – Estudante do Ensino Médio;
  • 4 – Mérito Institucional; e
  • 5 – Mérito Científico.

§ 1º. Na categoria “Mestre e Doutor”, podem concorrer estudantes de mestrado, mestres, estudantes de doutorado e doutores que tenham menos de 40 (quarenta) anos de idade, em 31 de dezembro de 2018.

§ 2º. Na categoria “Estudante do Ensino Superior”, podem concorrer estudantes que estejam frequentando cursos de graduação ou que tenham concluído a graduação a partir de 1º de janeiro de 2017 e que tenham menos de 30 (trinta) anos de idade, em 31 de dezembro de 2018.

§ 3º. Na categoria “Estudante do Ensino Médio”, podem concorrer alunos regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas de Ensino Médio e Profissional e Tecnológico, que tenham menos de 25 (vinte e cinco) anos de idade, em 31 de dezembro de 2018.

§ 4º. Na categoria “Mérito Institucional”, serão premiadas uma instituição de ensino superior e outra de ensino médio, às quais estiverem vinculados o maior número de trabalhos qualificados, apresentados respectivamente nas categorias “Mestre e Doutor” e “Estudante do Ensino Superior”, e “Estudante do Ensino Médio”.

Nota: As instituições que tiverem recebido o “Mérito Institucional” nas 3 (três) últimas edições do Prêmio Jovem Cientista não poderão ser agraciadas, ainda que tenham apresentado o maior número de trabalhos qualificados nesta edição. Sendo o caso, essas instituições receberão um certificado de reconhecimento ao incentivo à pesquisa e inovação.

§ 5º. Na categoria “Mérito Científico” será premiado um pesquisador com título de doutor, considerando sua qualificação, experiência, capacidade de formação de pesquisadores e produção científica em área do conhecimento relacionada com o tema “Inovações para Conservação da Natureza e Transformação Social”, conforme Art. 3°.

Nota: Os candidatos ao “Mérito Científico” serão indicados ao CNPq pelos Comitês de Assessoramento, fundações, associações e sociedades científicas e educacionais. A indicação deverá vir acompanhada de justificativa sobre a escolha e do currículo do candidato, devendo ser encaminhada ao CNPq até 31 de julho de 2018.

Art. 5º. Será concedido certificado de reconhecimento à Secretaria Estadual de Educação da UF que apresentar o maior número de inscrições proporcionalmente ao total de alunos regularmente matriculados em 2018, bem como às Fundações de Amparo à Pesquisa que participarem da divulgação (site), de acordo com informações prestadas ao CNPq.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s