O Lado Negativo da Síndrome de Asperger para os Homens


Artigo original escrito por Mark Hutten

Tradução de trechos do artigo por Audrey Bueno

Muitos homens com a síndrome de Asperger (SA) – também referido como “autismo de alto funcionamento” – nunca foram diagnosticados e são percebidos como excêntricos, um pouco estranhos ou solitários. Se você estiver num relacionamento com um homem no espectro do autismo, você provavelmente já deve ter notado muitos dos traços listados abaixo. […]

Homens com Asperger geralmente têm alguns dos seguintes traços, que irão variar tanto em número quanto em nível de severidade de pessoa para pessoa […]:

  1. Geralmente vivem “num mundo próprio deles”
  2. A atenção é estreitamente focada em seus interesses pessoais
  3. Podem ser obsessivos
  4. Podem ser preocupados sobretudo com os próprios planos
  5. Podem ser muito críticos de si mesmos e dos outros
  6. Podem ser bastante defensivos quando alguém pede maiores explicações ou solicitam alguma solidariedade ou compaixão
  7. Podem se engajar em atividades (às vezes mundanas) por horas a fio
  8. Podem tornar-se obcecados em terem amigos para provar que são “normais”
  9. Podem geralmente ser distantes física e/ou emocionalmente
  10. Podem passar horas pesquisando seus assuntos de interesse
  11. Colecionam coisas
  12. desejo por amizades e contato social, mas apresentam dificuldade em fazer amizades ou mantê-las
  13. Dificuldade em compreender os sentimentos dos outros
  14. Nem sempre reconhecem rostos prontamente (às vezes até mesmo de familiares)
  15. Acham as emoções confusas e desconfortáveis
  16. Grande dificuldade com conversa superficial social trivial ou bate-papo. Não compreendem o “jogar conversa fora”
  17. Têm uma necessidade forte em oferecer informação, de tal forma que possam soar rudes ou como se o que tivessem dito fosse um insulto
  18. Foco intenso em um ou dois assuntos em especial
  19. Falta de empatia com certa frequência
  20. Falta de interesse em outras pessoas
  21. Podem ser bem rígidos quanto ao que gostam ou não
  22. Interesses restritos
  23. Podem ser desastrados ou terem movimentos corporais descoordenados
  24. Podem achar a necessidade da(o) parceira(o) em “conectar-se” sufocante
  25. Podem ter uma expressão facial neutra ou “em branco” na maior parte do tempo
  26. Podem ter dificuldade em dizer “eu te amo” ou em expressar afeto fisicamente
  27. Têm forte necessidade de isolamento e solidão
  28. Podem ter personalidade excêntrica
  29. Podem ter apego incomum a objetos
  30. Podem ter dificuldade em permanecer na universidade apesar da alta inteligência
  31. Podem fazer poucas tentativas em manter uma amizade ativa
  32. Podem fechar-se em situações sociais
  33. Problemas com a comunicação não-verbal (como dificuldade em ler linguagem corporal, expressões faciais e tom, por exemplo)
  34. Geralmente sentem como se a(o) parceira(o) estivesse sendo ingrata(o) ou mau caráter quando reclama (por exemplo, ao dizer “você não liga pra mim” ou “você nunca me ouve”)
  35. Geralmente levam quase tudo num nível pessoal
  36. Alta literalidade, veem as falas ao pé da letra
  37. Rotinas repetitivas ou rituais
  38. Comportamento social rígido devido à dificuldade em adaptar-se espontaneamente às variações nas situações sociais (dizem sempre a mesma frase de expressão de afeto, servem sempre a mesma coisa ao receber visitas, etc.)
  39. Sensibilidade quanto às texturas dos alimentos
  40. Determinados, rígidos nas decisões
  41. Peculiaridades na linguagem ou discurso, ou quando crianças podem ter tido algum atraso de linguagem
  42. Forte sensibilidade sonora, visual, olfativa, do paladar ou toque
  43. Discurso repetitivo (por exemplo, podem frequentemente repetir o que você acabou de falar)

 

De modo algum, a informação acima tem o objetivo de desencorajar relacionamentos com homens com Asperger. Novamente, esses traços são parte de uma desordem. Estes homens frequentemente dão o melhor de si num relacionamento. Mas infelizmente, é muito comum que a(o) parceira(o) neurotípica(o) (ou seja, sem Asperger) veja esses traços como “defeitos que poderiam ser corrigidos se o homem apenas se empenhasse mais”, resultando na(o) parceira(o) sentir-se depreciada(o), não amada(o) e ressentida(o) […].

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s