Glossário CFTV


ONVIF

O ONVIF é um fórum aberto da indústria para o desenvolvimento de um padrão global para a interface de produtos de segurança física baseados em IP..

HD

HD (High Definition) é uma nomenclatura relacionada à definição de vídeo. No caso de resoluções HD, significa afirmar que o vídeo gerado possui resolução de 720p.

IP66

O código ou classificação IP (IP pode significar Ingress Protection, Proteção contra Ingresso, ou International Protection, Proteção Internacional) foi criado pela Comissão Internacional de Eletrotécnica – IEC – para determinar critérios de ingresso de materiais sólidos e líquidos em equipamentos elétricos protegidos mecanicamente por algum tipo de carcaça, conforme norma 60529. Cada número representa a resistência a uma condição padrão: o primeiro dígito representa a ingresso de elementos sólidos – inclusive partes do corpo, como dedos – e o segundo dígito representa a entrada de elementos líquidos. Quanto maior o número, maior sua a resistência ao ingresso de corpos estranhos. No caso da classificação IP66, os equipamentos estão protegidos contra poeira e jatos potentes de água.

IK10

O índice IK também é um indicativo de grau de proteção, desta vez contra impacto. IK10 significa que os equipamentos possuem resistência antivandalismo.

Full HD

Full HD (Full High Definition) é uma nomenclatura relacionada à definição de vídeo. No caso de resoluções HD, significa afirmar que o vídeo gerado possui resolução de 1080p.

DDNS

Serviço DNS (Domain Name System) ou DDNS é usado para a conversão de endereços IP a partir de nomes de domínio para o formato numérico.

CCD ou CMOS

O sensor de imagem CCD ou CMOS é um dispositivo semicondutor que grava a luz eletronicamente, sendo um dos principais diferenciais de uma câmera de segurança. Ele que é responsável por transformar as imagens em bits e bytes que são processados por um microprocessador e geram a imagem. A qualidade da imagem depende diretamente do sensor da câmera.

Taxa de bits

Também conhecida como Largura de Banda de rede é a taxa de bits (em kbit/s ou Mbit/s) geralmente é referida como velocidade, mas, na verdade, define o número de unidade de bits/tempo e não unidade de distância/tempo.

Protocolo

Um conjunto especial de regras que controlam como duas entidades se comunicam. Os protocolos são encontrados em muitos níveis de comunicação. Existem protocolos de hardware e protocolos de software.

WDR

É uma técnica utilizada para fornecer imagens nítidas em ambientes onde a iluminação varia demasiadamente, por exemplo, uma área muito clara e outra muito escura.

BLC

Compensa a imagem por completo, saturando toda a área visível a fim de proporcionar melhor visualização em situações onde o brilho em excesso escurece uma área ou objeto.

HLC

É uma tecnologia de compensação de imagem que reduz o impacto de fontes intensas de luz em cenários escuros, por exemplo, um farol automotivo durante a noite.

DHCP

A câmera recebe o endereço IP, a máscara de sub-rede e o gateway automaticamente de um servidor conectado na rede. Se a câmera for trocada para uma outra rede, que também possua um servidor DHCP, ela receberá essas configurações deste novo servidor, sem a necessidade de acessá-la para reconfiguração.

SNMP

O SNMP (Simple Network Management Protocol) é um protocolo de gerenciamento de redes que permite que os administradores gerenciem o desempenho da rede, encontrem e resolvam problemas e obtenham informações sobre o dispositivo.

Multicast

Uma facilidade criada para diminuir o consumo de banda e processamento da câmera quando há transmissão de pacotes de dados. Utilizado em condições onde múltiplos usuários simultaneamente requisitam os mesmos pacotes. Nas câmeras IP é um recurso importante devido a sua capacidade de criar um vídeo stream e enviá-lo para um endereço de grupo multicast. Os clientes então receberão uma cópia do stream no endereço de grupo multicast, não tendo que acessar o stream original e causar consumo excessivo de banda ou até mesmo o estado inoperante da câmera.

PoE

PoE – Power over Ethernet: é uma tecnologia que permite a transmissão de energia elétrica juntamente com os dados para um dispositivo remoto, através do cabo de par trançado padrão em uma rede Ethernet.

PoE IEEE 802.3af

Entrega até 15,4 W de potência por porta. Ideal para alimentar câmeras de CFTV IP do tipo bullet ou dome compatíveis com a tecnologia.

PoE IEEE 802.3at

Entrega o dobro de potência do padrão IEEE 802.3af (30 W). Indicado para câmeras de maior desempenho, como as do tipo speed dome com controles PTZ (Pan, Tilt e Zoom).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s