O Lobo da Estepe


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Der Steppenwolf
O Lobo das Estepes (PT)
O Lobo da Estepe (BR)

Capa da edição original do livro em alemão.

Autor(es) Herman Hesse
Idioma língua alemã
País  Alemanha
Género Ficção
Lançamento 1927
Edição portuguesa
Tradução Fernando Rocha
Editora Edições Afrontamento
Lançamento 1982
Edição brasileira
Tradução Augusto de Souza
Editora Cultura Brasileira
Lançamento 1935

O Lobo da Estepe (título no Brasil) ou O Lobo das Estepes (título em Portugal) (no original, Der Steppenwolf) é um livro de Hermann Hesse, publicado em 1927. É considerado um dos melhores dos livros de Hesse e um dos romances mais representativos da literatura alemã.[1]

Foi o primeiro livro de Hesse a ser traduzido para português e publicado no Brasil logo em 1935, em vida do Autor, em versão de Augusto de Souza para a editora Cultura Brasileira, de São Paulo (Coleção literatura moderna). Outra tradução, por Ivo Barroso, foi publicada pela editora Civilização Brasileira em 1968 e sucessivamente reeditada por outras editoras.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O livro conta a história de Harry Haller, um outsider, um misantropo de cinquenta anos, alcoólatra e intelectualizado, angustiado e que não vê saída para sua tormentosa condição, autodenominando-se “lobo da estepe”. Mas alguns incidentes inesperados e fantásticos o conduzem lenta, porém decisivamente, ao despertar de seu longo sono: conhece Hermínia, Maria e o músico Pablo. E então a história se desenvolve de forma surpreendente.

O personagem de Harry Haller foi inspirado no escultor suíço Hermann Haller, amigo de Hermann Hesse.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons possui uma categoriacontendo imagens e outros ficheiros sobre O Lobo da Estepe

O lobo da estepe – Der Steppenwolf (em inglês)

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Ir para cima CARVALHO, Bernardo (13 de maio de 2000). «Biblioteca Folha – Só para loucos». Consultado em 10 de janeiro de 2009
  2. Ir para cima MARQUES, Manuela de Sousa (13 de julho de 2008). «Hermann Hesse em Portugal – Apontamentos sobre a sua tradução e receção». Consultado em 10 de julho de 2015
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s