EXERCÍCIO 2: Treinamento: a troca entre felicidade e sofrimento


 

Comece por gerar um forte sentimento de cordialidade, calor humano, bondade e compaixão por todos os seres. Imagine então aqueles que estão passando por um sofrimento similar ao seu, ou pior. Ao expirar, visualize que, por meio da sua respiração, você envia a eles toda a felicidade, vitalidade, boa sorte, saúde e assim por diante, sob a forma de um néctar branco, fresco e luminoso.

Veja-os absorvendo totalmente esse néctar, que lhes alivia a dor e lhes ajuda a realizar as suas aspirações. Se a vida deles corre risco de terminar logo, imagine que ela se prolonga; se estão doentes, imagine-os curados; se estão pobres ou abandonados, imagine que obtêm tudo o que precisam; se estão infelizes, que estão cheios de alegria.

Quando você inspirar, visualize o seu próprio coração como uma esfera brilhante e luminosa. Imagine que você está tomando para si, sob a forma de uma nuvem cinza, a doença, a confusão e os venenos mentais dessas pessoas, e que tudo isso desaparece na luz branca do seu coração, sem restar nada. Isso transformará tanto o seu sofrimento quanto o deles. Não há motivo para pensar que esse processo venha trazer-lhe qualquer peso ou carga. Ao tomar para si e dissolver o sofrimento deles, sinta grande felicidade, sem apego algum.

Você também pode imaginar que o seu corpo se multiplica em incontáveis formas que viajam pelo universo, transformando-se em roupas para os que sentem frio, comida  para os famintos, ou abrigo para os que não têm teto.

Essa visualização é um meio poderoso para desenvolver a benevolência e a compaixão. Pode ser feita a qualquer momento, durante as suas atividades diárias. Ela não requer que você negligencie o seu próprio bem-estar; ao contrário, permite que você adapte a sua reação ao sofrimento inevitável, conferindo-lhe um novo valor. Na verdade, identificar claramente a sua aspiração ao bem-estar é o primeiro passo na direção de sentir uma empatia genuína pelo sofrimento alheio. Além disso, essa atitude aumenta significativamente o seu entusiasmo e a sua prontidão para trabalhar pelo bem dos outros.

”Felicidade – A pratica do Bem Estar”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s