Concentração – Série Especial Os 10 Comportamentos Empreendedores


O artigo de hoje é a 6ª parte da Série Especial Os 10 Comportamentos Empreendedores aqui do Realização Empreendedora, onde falo sobre o comportamento que, em se tratando de alcançar suas paixões e objetivos, transforma qualquer empreendedor hiperativo em um monge tibetano!

O TDAH DO EMPREENDEDORISMO
Realização Empreendedora Labirinto

Conseguir se manter concentrado em uma determinada tarefa, ou ao longo de toda sua jornada, requer mais que atenção: é uma habilidade fundamental a ser desenvolvida.

No dia a dia, o empreendedor tem de lidar com uma infinidade de demandasde clientes, fornecedores, funcionários, sócios e que só aumentam à medida que a empresa cresce.

Conforme você vai ficando afiado nos comportamentos de persuasãocuriosidade e iniciativa, seu networking, acesso à informações e proatividade começam a ficar tão bem treinados que novas oportunidades começam a pipocar na sua frente de forma muito tentadoras.

Sem concentração, é muito fácil se desviar do foco e se perder da estratégia proposta para fazer a empresa progredir. O empreendedor concentrado se mantém firme no cominho traçado, mesmo diante de tantas solicitações e não cede facilmente à tentação de agarrar qualquer oportunidade apenas porque ela aparenta ser mais lucrativa ou fácil de executar no curto prazo.

Todos nós buscamos constantemente por resultados mais rápidos, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal, e sofremos pela ansiedade em alcançar o sucesso em um curto espaço de tempo. Para os empreendedores, esta é uma situação extremamente comum.

A sensação de frustração se inicia ao perceber que, mesmo com todo esforço e dedicação para executar uma determinada atividade ou projeto, não fomos capazes de alcançar os resultados esperados, ou sequer chegar perto deles.

Seja criando um blog ou fazendo bolos para vender na escola, a atitude que as pessoas comuns costumam tomar em situações como essa é apenas uma: desistir!

O sucesso não está ligado a um único fator e existem inúmeras maneiras de potencializar comportamentos que nos aproximem de nossos objetivos. Comportamento é o principal elemento que faz pessoas comuns transformarem suas ideias em negócios de sucesso. Tão importante que o tema central desta série especial é exatamente esse!

O que ocorre na maioria das vezes é que a busca constante por atalhos e resultados de curto prazo se tornam uma grande armadilha aos empreendedores.

A experiência necessária para se construir e dirigir um negócio, ou criar e dominar uma nova habilidade não é adquirida do dia para a noite. Onde há aprendizado, há uma palavra-chave: repetição. E dentro dela se incluem os acertos e erros.

Mas alcançar objetivos é essencial para a evolução e sucesso de qualquer empreendedor e seu negócio. E “concentração”, para o melhor deles, se traduz em uma habilidade implacável: estabelecimento de metas!

METAS INTELIGENTES
Realização Empreendedora Alvo

Em conjunto com a organização, a concentração empreendedora através do estabelecimento e cumprimento de metas de forma inteligente é uma combinação poderosa rumo ao sucesso.

Os mais escolados já devem ter ouvido falar nas famosas Metas SMART. Sim, a metodologia ainda representam uma excelente forma de quebrar objetivos maiores em algumas metas concretas e realizáveis.

SMART é um acrônimo para Specific, Mensurable, Attainable, Relevant e Time-bound. No ‘aportuguesado’ podemos dizer “ESMART”, e detalho cada letra com um exemplo abaixo:

Suponhamos que a empresa possui o objetivo de expandir suas operações para outras regiões do país e até realizou um ‘belo’ plano de negócios para isso. Logo no início do documento, o Diretor responsável quis deixar claro que uma das metas inclusas neste objetivo é “encontrar um novo escritório em Manaus”. Ótimo, não?

Se o responsável em executar tal meta anunciar que construiu um barraco em cima de um barco, gastando 1 milhão de reais, cinco anos depois da meta ter sido traçada, ele poderia ser demitido? Bom, tecnicamente, ele cumpriu a meta! O que houve de errado?

Para tanto, uma meta inteligentemente traçada, seguem estes critérios:

1- ESpecífica – A descrição deve ser clara, concisa, fácil de entender e não haver ambiguidade, compreendendo algo que possa ser claramente atingido.
Ex.: Estabelecer um novo escritório administrativo-comercial em Manaus, como parte do plano de expansão da empresa.

2- Mensurável – Deve haver a definição de parâmetros concretos para que a meta possa ser avaliada e indicar se a mesma foi atingida ou não.
Ex.: O imóvel deve ser localizado em um edifício comercial, no centro da cidade, possuir entre 50 e 65 m² e seguir os padrões arquitetônicos da sede da empresa.

3- Atingível – A definição da meta deve ser coerente com o momento atual e os recursos disponíveis. Portanto, explicite os limites financeiros, tecnológicos ou qualquer fator que a meta deve ser baseada.
Ex.: O valor máximo de locação deve ser R$ 5 mil mensais, com um custo de reforma não maior que R$ 15 mil e possuir banda larga mínima de 50 Mbps.

4- Relevante – Uma boa meta deve trazer resultados explícitos para a empresa, não apenas ser mais uma na lista de tarefas ‘boas se forem feitas, mas nem tão cruciais’. Defina algo importante!
Ex.: O escritório será responsável por atender e expandir, de forma autônoma, toda a demanda da região Norte do país.

5- Temporal – Qual o prazo? Para amanhã é impossível e para daqui 5 anos é idiotice! Seja coerente com o cronograma estipulado para o cumprimento do objetivo.
Ex.: O imóvel deve ser definido até o final de Novembro deste ano (em 7 meses) e  estar pronto para inaugurar em Abril de 2016 (em 5 meses após sua definição).

Vejamos:
ANTES: “Encontrar um novo escritório em Manaus”

DEPOIS: “Estabelecer um novo escritório administrativo-comercial em Manaus, como parte do plano de expansão da empresa. O imóvel deve ser localizado em um edifício comercial, no centro da cidade, possuir entre 50 e 65 m² e seguir os padrões arquitetônicos da sede da empresa. O valor máximo de locação deve ser R$ 5 mil mensais, com um custo de reforma não maior que R$ 15 mil e possuir banda larga mínima de 50 Mbps. O escritório será responsável por atender e expandir, de forma autônoma, toda a demanda da região Norte do país. O imóvel deve ser definido até o final de Novembro deste ano (em 7 meses) e estar pronto para inaugurar em Abril de 2016 (em 5 meses após sua definição).”

Como parar em uma jangada furada depois de colocar um pouco de inteligência no estabelecimento das suas metas?

Feito isso, basta ter uma boa dose de comprometimento para tirá-la do papel! Mas isso é tema para outro capítulo!

EXERCITANDO SEU COMPORTAMENTO DE CONCENTRAÇÃO
Realização Empreendedora Mente TDAH

“Você poderia me dizer, por favor, que caminho devo tomar para sair daqui?’
‘Isso depende muito de onde você quer chegar’, disse o Gato.
‘Eu não me importo muito onde’ – disse Alice.
‘Então não importa que caminho você vá’, disse o Gato.
‘Contanto que eu chegue em algum lugar’, Alice acrescentou como explicação.
‘Oh, você está certa de fazer isso’, disse o Gato, ‘se você caminhar bastante.”
― Lewis Carroll, Alice no País das Maravilhas

Se um empreendedor não possui paixão o suficiente por aquilo que empreende, será muito difícil manter sua concentraçãocomprometimento e persistência por muito tempo.

Sem metas, não há como começar uma empresa. Um negócio onde empreendedor não consegue estabelecer objetivos claros e concentrar-se neles, é como um navio sem o leme.

O próprio empreendedor, e toda a equipe, ficam sem saber quais são as prioridades e muito menos o propósito da empresa, gastando tempo e canalizando suas energias em esforços que não trazem resultados importantes para o negócio.

Estando no escuro, os funcionários trabalham apenas pelo salário e com uma fidelidade extremamente baixa à empresa. Pessoas têm de ter amor pelo que fazem e é muito difícil ter amor por algo que você nem entende por que existe.

O empreendedor exageradamente concentrado se agarra às suas metas de tal forma que acaba mergulhado nas tarefas a cumprir. Ele dificilmente olha para os lados tentando enxergar o panorama completo. Com isso, ele também acaba não traçando planos de emergência para o caso de determinado projeto dar errado.

Na tentativa de dar um novo rumo, o empreendedor exagerado adiciona uma meta nova, e a mesma divide a atenção da equipe com as demais metas. Mais metas, menos atenção e mais confusão.

No cenário ideal, uma vez que as principais metas estão claras, o empreendedor sabe estabelecer as prioridades e consegue cumpri-las sem muito esforço. No entanto, ele não deixa que sua concentração o impeça de notar o surgimento de problemas que não faziam parte dos planos, ao mesmo tempo que identifica boas oportunidades que complementam seu negócio.

É verdade que pragmatismo e foco ajudam com que você alinhe todos em volta de metas de simples compreensão e torne mais fácil fazer que todos remem na mesma direção. Entretanto, tudo não pode se restringir a um conjunto de metas, mas pode sim remeter a um foco comum, com indicadores que claramente suportem sua manutenção.

Quando precisamos gerir qualquer coisa, existem algumas premissas básicas que todos nós conhecemos: ter metas claras, comunicar incansavelmente nossos valores e razões pelas quais estamos fazendo o que fazemos, se preocupar em ouvir constantemente nossos colaboradores, empoderá-los para fazer pequenos ajustes, antecipar e corrigir potenciais grandes conflitos internos e assim por diante.

A habilidade em dominar o comportamento de concentração deve partir de seu real autoconhecimento e das coisas que te movem. Foque nos seus pontos fortes ao invés de querer melhorar os pontos ruins.

Usando o que temos de melhor nos motiva a continuar empreendendo e nos conhecer cada vez mais, o que só colabora para ter mais claridade sobre nossa visão de futuro e afinar a criação de metas realmente relevantes e atingíveis.

Mantenha seu corpo e mente em forma, tente sempre ter uma visão panorâmica do ambiente que você está inserido e pense objetivamente onde você quer chegar e como pode chegar.

Com o tempo, você passará a ser o ponto de referência que as pessoas se baseiam para se localizarem, ao invés de sentir mais um perdido sem um propósito empreendedor e de vida.

EXTRA

Concentre-se na pergunta:

“Qual comportamento extra, que não está na lista dos 10 comportamentos empreendedores, você acredita ser fundamental para qualquer empreendedor de sucesso?”

Agora, cumpra a meta de me enviar sua resposta por email em 1 minuto!

Para fazer isso, basta escrever sua sugestão nos comentários abaixo!

Até o próximo comportamento: O Comprometimento!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s