Quem foram os eunucos?


Por incrível que pareça, o hábito da castração só foi desaparecer no século 19.

PUBLICIDADE

https://buy.tinypass.com/checkout/template/show?displayMode=inline&containerSelector=.paywall-notice&templateId=OT55SCIBCTB1&offerId=fakeOfferId&trackingId=%7Bjcx%7DH4sIAAAAAAAAAFWQS0_CQBRG_8usuck8yww7C61iRBZFheU87mC1lMaWl8b_bm2MCcndnXO-xf0itgxkQsTxXCxVgZ8lGZHGbvG5xNP8l3DKNFAGjAFnIBJgtD8Ks_zhUiyiE23LjM_WYHgSUQTq5Djh0nAegjNSR1RRBIfjfhjPDX6UWHscprO1Wj_d5Y8mv72_otkZ_aEr9_WgGURlMQpwMYkghdPglHEgmWZcGOup0lf5jf9v29f9aYW7prId6hel5CZfpE-MJ7Qvuj8wmMuVUsV0nk5XKeuZt7vGltu6JZP6UFUjcizbshvMI1z_hBmQCrTgkC_fqnTD5eW9yGZmW0Fk0Y6d0Qypj4nB4IVQGKPQEkOgjHz_AIdGa4GBAQAA&experienceId=EX5XUHFN9FGJ&activeMeters=%5B%7B%22meterName%22%3A%22Medidor+Super%22%2C%22views%22%3A3%2C%22viewsLeft%22%3A7%2C%22maxViews%22%3A10%2C%22totalViews%22%3A3%7D%5D&tbc=%7Bjzx%7DAwmeEQf7RfO8fS72untwvj94-wAvpo_-s3-SwsGx-j2Q58PejJxsClzFGgViNqRJgotCr05cjVx8-mDvOT2bjBLIajuNIgzqj9iTAx9iCmDvJh1okRfeJDzU55zdtHlEA1mt0DrP_ichQYgKXDAcqA&iframeId=offer-0-SQHa2&url=https%3A%2F%2Fsuper.abril.com.br%2Fhistoria%2Fcastracao-vigorou-ate-o-seculo-passado%2F&parentDualScreenLeft=90&parentDualScreenTop=71&parentWidth=1228&parentHeight=501&parentOuterHeight=668&aid=3vxSO5Sezi&tags=Curiosidades%2Ctype%3Acontent&contentSection=Hist%C3%B3ria&contentAuthor=Da+Reda%C3%A7%C3%A3o&customVariables=%7B%22permission%22%3A%22accounted%22%2C%22urlfaq%22%3A%22https%3A%2F%2Fsuper.abril.com.br%2F%2Ffaq%22%2C%22currentUrl%22%3A%22https%3A%2F%2Fsuper.abril.com.br%2Fhistoria%2Fcastracao-vigorou-ate-o-seculo-passado%2F%22%2C%22whitelist_url%22%3A%22https%3A%2F%2Fsuper.abril.com.br%2F%2Fcomo-desativar-adblock%2F%22%2C%22views%22%3A3%2C%22maxViews%22%3A10%7D&zone=site%3Asuperinteressante&contentCreated=1999-09-30T22%3A00%3A00&pageViewId=2018-01-11-21-36-10-100-DFLySMfb3ss19cEX-926fe3d0b47624922ddb948fe5f3dbe7&visitId=v-2018-01-11-21-19-45-832-FOjlBY24ykSED9gl-f1fa7b981e0cf69edc335eff384edd01&userProvider=publisher_user_ref&userToken=&customCookies=%7B%7D&hasLoginRequiredCallback=true&singleContainer=%5Bobject+HTMLDivElement%5D&width=780&_qh=2810293242

Eram homens que, por algum motivo, tinham seus órgãos sexuais mutilados, com a retirada do pênis e dos testículos ou apenas dos testículos. Eles existiram desde a Antiguidade.

Na Grécia, a castração era pena freqüente de crimes como adultério e estupro para impedir a reincidência. Mas também castravam-se auxiliares domésticos. Acreditava-se que isso os deixava mais inofensivos. Entre os romanos, a partir do reinado do imperador Domiciano, no ano 81, começaram a valer leis que proibiam a prática. Ainda assim, ela vigorou até o século passado.

Os muçulmanos escalavam eunucos como guardiões da tumba de Maomé, na cidade de Medina, na Península Arábica, até o século XII. Alguns povos orientais os designavam como zeladores dos haréns, nos palácios. Mas o ocidente também teve seus castrados. A partir do século XVI, meninos que vinham de famílias pobres, principalmente na Itália, eram mutilados para se tornar cantores, pois a retirada dos testículos costumava impedir que a voz adquirisse um timbre grave. Em 1878, o papa Leão XIII proibiu a castração no Vaticano e, enfim, ela foi desaparecendo aos poucos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s