LIMÃO SICILIANO – O ÓLEO ESSENCIAL DA CLAREZA


20/04/2015 | ARTIGOS | AROMATERAPIA

Limão siciliano
Citrus limonum
Família: Rutaceae.
Etimologia: deriva do árabe laimun e do persa limun, palavras que se referem aos cítricos.
Origem: Índia e Pérsia (atual Irã).
Parte da planta utilizada: casca.
Forma de extração: prensagem a frio.
Propriedades terapêuticas e principais indicações:
É considerado o Óleo Essencial da imunidade, da desintoxicação do sangue e da prevenção de epidemias. Anti-infeccioso, antimicrobiano (antibacteriano e antiviral), desinfetante aéreo, útil na prevenção de doenças contagiosas em casa, escolas, hospitais, quartos de enfermos e escritórios.
Este Óleo Essencial também é recomendado como protetor do organismo contra o resfriado comum e para melhorar as defesas contra as infecções virais (gripe, herpes zoster, etc.).
Estudos recentes indicam ação imunomodulante para o Óleo Essencial de Limão Siciliano, isto é, em contato com o organismo irá inibir ou estimular o sistema imunológico, dependendo da necessidade. Em casos de alergias poderá causar imunossupressão, diminuindo a liberação de histamina. Em caso de gripes ou resfriados este Óleo Essencial apresentará ação imunoestimulante, reforçando as defesas naturais do organismo, ativando a re-estruturação dos glóbulos brancos, regulando o metabolismo.
O Óleo Essencial de Limão Siciliano é considerado um P-like Vitamin (a vitamina P, também chamada de Rutina, pertencente a classe dos bioflavonóides¹, é solúvel em água e estimula a produção de leucócitos T, responsáveis pela defesa do organismo). Devido a essa similaridade com a vitamina P, o Óleo Essencial de Limão Siciliano poderá ser utilizado para as mesmas indicações da vitamina P, como:
– otimização da absorção da vitamina C, aumentando assim sua eficácia;
– ação sobre a microcirculação, diminuindo a permeabilidade capilar e aumentando a resistência desses vasos aos efeitos desestruturantes dos radicais livres;
– tratamento para a insuficiência venosa, flebite e trombose;
– tônico venoso e proteção vascular, atuando na prevenção de acidentes vasculares de origem hipertensiva ou diabética. Sendo também indicado para reduzir edemas, cãibras, sensação de peso e dor nas pernas.
Segundo Franchomme e pénoël (2001), o Óleo Essencial de Limão Siciliano reduz o sangramento associado com a fragilidade capilar. Podendo ser usado para tratar febre reumática², artrite e hipertensão.
Na medicina popular este Óleo Essencial também é indicado para tratar problemas relacionados à fragilidade capilar, atuando em sintomas de insuficiência venosa e linfática tais como varizes, flebite, hemorróidas, inchaços, trombose, deficiência circulatória, etc.
Segundo Texier (1989), a vitamina P, associada à vitamina C e a papaverina, pode tratar problemas de fragilidade e permeabilidade capilar que levam ao envelhecimento cerebral. Sugere-se o uso do Óleo Essencial de Limão Siciliano junto com a vitamina C como preventivo da aterosclerose e envelhecimento precoce.
O Óleo Essencial de Limão Siciliano ainda é fluidificante e depurativo sanguíneo, diurético leve e lipolítico. Dissolve depósitos de gorduras localizadas. É usado como coadjuvante na redução do colesterol e em dietas de emagrecimento.
Desintoxica o fígado sendo útil em casos de insuficiência hepática, digestiva e no auxílio a tratamentos de tonturas provenientes de labirintite.
Alcalinizante, atenua os sintomas de gastrite. É carminativo.
Apresenta efeito litolítico, podendo ser usado como agente preventivo para evitar a formação de cálculos renais.
Elimina excesso de oleosidade do couro cabeludo, indicado no combate a caspa.
Antioxidante, mantém a jovialidade dos tecidos e previne o surgimento de rugas prematuras.
Componentes moleculares:
Hidrocarboneto monoterpênico: 55-65% de limoneno; 10% terpineno; 15% beta-pineno; 3% alfa-pineno;
Hidrocarboneto sesquiterpênico: 2,5-4% beta-bisaboleno;
Aldeído: 0,65% geranial;
Cumarina e furanocumarina: bergamotine, bergaptole, ombeliferone, citroptene;
Fração não volátil: 2-4% flavonóides.
Toxicidade: fotossensível.
Contraindicações: não expor-se ao sol até 6h após seu uso.
Aromacologia: “Óleo Essencial da clareza”
O aroma do Óleo Esssencial de Limão Siciliano limpa, purifica e energiza o ambiente.
Clareia a mente, organiza os pensamentos, trazendo foco e centramento.
Ajuda no combate a confusão e apatia, auxiliando no esclarecimento de conflitos emocionais através da razão.
Em ambientes de trabalho aumenta a eficiência e a produtividade.
A limpeza energética realizada pelo aroma deste Óleo Essencial aporta positividade mental.
Formas de uso:
Difusão ambiental para estimular a produtividade e cooperação: pingue 7 gotas de Óleo Essencial de Limão Siciliano, 4 gotas de Óleo Essencial de May Chang e 3 gotas de Óleo Essencial de Ho Wood;
Difusão ambiental para prevenir infecções: pingue 25 gotas de Óleo Essencial de Limão Siciliano no difusor de aromas ambiental em períodos de doenças contagiosas;
Fricção febrífuga, dores no corpo ocasionadas pelo estado gripal: pingue 15 gotas de Óleo essencial de Limão Siciliano, 20 gotas de Óleo Essencial de Tea Tree e 10 gotas de Óleo Essencial de Lavanda Francesa em um recipiente pequeno, como uma cumbuca. Espalhe essa sinergia por todo o corpo e friccione vigorosamente;
Para organizar os pensamentos e aumentar a eficiência: pingue 3 gotas de Óleo Essencial de Limão Siciliano no colar aromático individual;
Uso interno para desintoxicação e prevenção de coágulos sanguíneos: pingue 3 gotas de Óleo Essencial de Limão Siciliano e 3 gotas de Óleo Essencial de Gengibre em um copo d’água e beba 3 vezes ao dia antes das refeições.
¹ Bioflavonóides: são pigmentos vegetais hidrossolúveis que dão cor às cascas, caules, flores, folhas, frutos, raízes e sementes das plantas, cujas variantes catalogadas já somam mais de 1.200, dividas em inúmeros subgrupos – flavonas, flavonóides, flavononas, isoflavonas, etc. São encontrados na polpa branca dos cítricos, damasco, pimentão verde, cereja, uva e tomate.
² Febre reumática: é uma doença reumática, inflamatória, de origem auto-imune, em resposta do organismo a infecções pelo estreptococo (Streptococcus pyogenes)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s