Kami (gamer)


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Kami
Nome Gabriel Bohm Santos
Nick(s) Kami, KamiKat
Nascimento 4 de fevereiro de 1996 (21 anos)
Nacionalidade Brasileiro
Jogo(s) League of Legends
Função(ões) Mid
Time(s) paiN Gaming
(2011 – Atualidade)
Portal Portal Games  • Página do projeto Projeto Games

Gabriel Bohm Santos (Pelotas, 2 de abril 1996), mais conhecido pelo apelido Kami ou KamiKat, é um jogador profissional de League of Legends brasileiro. Joga pela equipe da paiN Gaming desde 2011 na posição do meio. Como o jogador há mais tempo na equipe, conquistou duas edições do Campeonato Brasileiro de League of Legends – 2013 e a segunda etapa de 2015,[1] disputou o Campeonato Mundial de League of Legends de 2015[2] e foi o mid laner eleito para representar o Brasil nas duas últimas edições internacionais do International Wildcard All-Stars.[3][4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A carreira profissional de Kami teve início em dezembro de 2011, ainda aos 15 anos, foi contratado pela paiN Gaming, primeira equipe profissional do país.[5]Na época, nem sequer havia Campeonato Brasileiro de League of Legends ou servidor nacional, que só viriam em 2012.[6]

Na primeira temporada do jogo no Brasil, Kami e a paiN não conquistaram nenhum grande título, mas ficaram em terceiro lugar no Intel Extreme Masters de São Paulo[7] e no primeiro CBLoL[8], e em segundo no GeForce GTX Invitational, torneio organizado pela NVIDIA.[9]

Em 2013, vieram os primeiros títulos em campeonatos presenciais: a BGL (Brasil Gaming League) Arena[10] e, mais importante, o título nacional do CBLoL, com vitória de 3 jogos a 1 sobre a CNB e-Sports Club.[11] Com o título no CBLoL de 2013, a paiN teve a oportunidade, então inédita para uma equipe brasileira, de disputar o Desafio International (International Wildcard Qualifiers), classificatória internacional para o Campeonato Mundial de League of Legends de 2013. No entanto, a paiN foi derrotada na final pela equipe lituana GamingGear.eu e não foi ao Mundial.[12][13]

Para a temporada de 2014, a equipe de Kami passou por grandes mudanças no elenco. Felipe “brTT” Gonçalves, um dos destaques da organização, foi contratado pela Keyd Stars,[14] que trouxera dois jogadores da Coreia do Sul, região de maior sucesso no League of Legends mundial.[15] A paiN, por sua vez, também se reforçou com dois coreanos: Han “Lactea” Gi-hyeon e Kim “olleh” Joo-sung.[16] A paiN foi a segunda equipe com mais títulos presenciais no ano,[17] mas não venceu as duas edições do CBLoL realizadas no ano: perdeu na final para a Keyd Stars na Liga Brasileira – Série dos Campeões, e caiu nas semifinais para a CNB na Final Regional Brasileira, que valia a vaga na classificatória para o Mundial.[18] Apesar da ausência de título nacional e do domínio dos coreanos, Kami foi eleito o melhor meio e o melhor jogador da temporada de 2014 pelo MyCNB Awards, com mais da metade dos votos.[19]

2015 iniciou-se com reformulações: o CBLoL passou a ter duas etapas distintas e independentes, cada uma garantindo vaga para classificatórias dos eventos internacionais da Riot Games: o primeiro, para o recém-criado Mid-Season Invitational, o segundo, para o Mundial. A paiN, por sua vez, perdeu Lactea e olleh, que não conseguiram renovar seus vistos.[20] brTT foi contratado de volta e Hugo “Dioud” Padioleau, suporte francês, veio ao Brasil para reforçar a paiN.[21]Na primeira etapa, o time de Kami foi eliminado nas semifinais pela eventual campeã INTZ e-Sports pelo placar de 3 a 0, e ficou apenas com o terceiro lugar, após vencer a KaBuM.Black.[22] Com o reforço do bicampeão Matheus “Mylon” Borges na rota do topo, a paiN enfim chegou ao bicampeonato. Com um desempenho mediano na primeira fase, a paiN cresceu na fase eliminatória e revidou os 3 a 0 da favorita INTZ, em final realizada no Allianz Parque.[23]

Com a vitória na segunda etapa, veio a classificação para o Desafio Internacional (International Wildcard Qualifier). Dessa vez, a paiN venceu todas as suas partidas e classificou-se para o Campeonato Mundial de 2015, realizado na Europa.[24] A imprensa internacional colocou os brasileiros como “azarões“, mas exaltou a equipe e, principalmente, Kami. Nas palavras do analista dinamarquês Martin “Deficio” Lynge, “esse cara [Kami] é um monstro. O paiN Gaming e o Brasil, como região, estão melhorando. Este não deve ser o ano para eles [se classificarem]. Eu não acredito que o paiN e o KOO Tigers estão em um nível próximo“.[25]

Após derrotas para a coreana KOO Tigers e para a americana Counter Logic Gaming, a campeã brasileira conseguiu vencer a taiwanesa Flash Wolves.[26] No returno, a segunda vitória, novamente sobre a Flash Wolves, não ficou distante, mas os taiwaneses triunfaram no jogo mais longo do campeonato até então.[27] Contra os coreanos, a paiN não teve chance, mas, em duelo contra a já eliminada CLG, conseguiu a segunda vitória e encerrou sua participação como a melhor campanha brasileira no Mundial, não igualada pela INTZ em 2016.[28][29]

No torneio International Wildcard All-Stars, jogo das estrelas entre os representantes das regiões menores do LoL, que classifica para o principal evento de All-Stars, Kami foi o brasileiro mais votado, com 150.333 votos. Para fins de comparação, o segundo mais votado na rota do meio, Felipe “YoDa” Noronha, teve apenas 21.931.[30] O Brasil, entretanto, ficou apenas em quinto lugar e não se classificou para o torneio principal.[31] Em votação ao final do ano, Kami foi novamente eleito o melhor jogador brasileiro pelo público do MyCNB Awards, bem como votado o melhor jogador da rota do meio pelos analistas e jogadores votantes.[32]

Na temporada seguinte à da participação no Mundial, a paiN caiu de rendimento e, pela primeira vez na história do CBLoL, não esteve presente nas semifinais, pois caiu nas quartas-de-final para a KaBuM! e-Sports, por 2 a 0.[33] O regulamento ainda determinava que as equipes desclassificadas nas quartas se enfrentassem pela quinta colocação, com a derrotada tendo de disputar a Série de Promoção contra uma equipe do Circuito Desafiante para permanecer no CBLoL.[34] A paiN perdeu por 2 a 1 a série para a RED Canids, mas obteve vitória tranquila contra a Overload e permaneceu no CBLoL.[35]Na segunda etapa, com brTT na reserva, substituído por Rodrigo “TaeYeon” Panisa, a paiN conseguiu voltar às semifinais, mas caiu para a eventual campeã INTZ por 3 a 2.[36] Além disso, em 2016 foi revelado pelo jornalista Filipe Vilicic, da Veja, que a multa rescisória para o contrato de Kami atingia R$ 1 milhão.[37] Foi considerado pelo Globo.com o melhor jogador da modalidade do país.[38] Entretanto, em 2016, foi eleito apenas o terceiro melhor jogador da rota do meio do cenário competitivo brasileiro pelo MyCNB Awards.[39]

Já em 2017, a paiN foi reforçada por uma nova rota inferior: o atirador Pedro “Matsukaze” Gama foi trazido da KaBuM![40] e Caio “Loop” Almeida, contratado em 2015 e suspenso pela temporada de 2016,[41] finalmente pôde estrear. As semifinais foram novamente alcançadas no primeiro split, mas novamente a paiN cruzou o caminho da campeã (dessa vez, a RED Canids) e acabou eliminada.[42]

Em janeiro de 2018 a torcida da paiN foi pega de surpresa após Kami não ser inscrito para o 1º split do CBLOL, tendo então Thiago “Tinowns” Sartori inscrito em seu lugar. Segundo o próprio Kami, foi uma escolha que partiu do próprio atleta, que decidiu se dedicar em outros planos, entre eles seus estudos de aviação. Sobre seu retorno no 2º spli, ele deixou incerto sobre seu futuro no cenário competitivo.[43]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O interesse de Kami por jogos eletrônicos iniciou-se aos 3 anos, quando ganhou um jogo portátil de sua mãe, Sandra Böhm. Filho de pais separados, foi incentivado por ela a jogar em casa para evitar a violência urbana em Florianópolis, onde morou até ser chamado à gaming house da paiN Gaming. Quando mais jovem, competia em xadrez, apesar de mais interessado nos jogos eletrônicos. Sua mãe também participa de eventos gamers vestindo cosplays de personagens de League of Legends.[44][45] Com sua ajuda, o jogador possui também a própria marca de roupas, a Kamikat Official Store.[46]

Kami é abertamente homossexual, e revelou sua orientação sexual em publicação no Facebook em 2014.[44]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Brasil Gaming League Arena 2013[10]
  • Campeonato Brasileiro de 2013[11]
  • Campeonato Brasileiro de 2015 – 2ª etapa[23]
  • International Wildcard Qualifier (Desafio Internacional) de 2015[24]

Referências

  1. Ir para cima «Na raça e contra todos, paiN vence o CBLoL 2015»Red Bull
  2. Ir para cima Redação. «paiN supera campanha brasileira de 2014 e se despede do mundial com vitória»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  3. Ir para cima Redação. «Seleção brasileira de League of Legends para o All-Star é definida»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  4. Ir para cima Redação. «Riot anuncia seleção brasileira para o Wildcard All-Star de LoL»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  5. Ir para cima Redação. «Multa rescisória de Kami no paiN é de R$ 1 milhão, diz blog da Veja»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  6. Ir para cima «Servidor brasileiro é lançado – League of Legends – TeamPlay e-Sports»
  7. Ir para cima «ESL São Paulo: NooB vence no LoL – League of Legends – TeamPlay e-Sports»
  8. Ir para cima «CBR LoL – vTi.Ignis campeão – Tabela, Resultados e Agenda dos Jogos – TeamPlay e-Sports»
  9. Ir para cima TecMundo (26 de novembro de 2012). «Veja como foi o campeonato GeForce GTX League of Legends Invitation Brasil»TecMundo – Descubra e aprenda tudo sobre tecnologia
  10. ↑ Ir para:a b «BGL Arena LoL – paiN vence – Tabela, Resultados e Agenda dos Jogos – TeamPlay e-Sports»
  11. ↑ Ir para:a b «paiN Gaming é campeã do CBLoL 2013 – LegendsBR»http://www.legendsbr.com. Consultado em 17 de julho de 2017
  12. Ir para cima «Times no Desafio Internacional | League of Legends»br.leagueoflegends.com. Consultado em 17 de julho de 2017
  13. Ir para cima «International WC – paiN perde e dá adeus – Tabela, Resultados e Agenda dos Jogos – TeamPlay e-Sports»
  14. Ir para cima «Após dois anos, brTT dá adeus a paiN – League of Legends – TeamPlay e-Sports»
  15. Ir para cima Gênova, Guilherme. «Keyd com dois coreanos e brTT na line-up»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  16. Ir para cima «Lactea e Olleh (Sharkbari) são os novos reforços da paiN – League of Legends – TeamPlay e-Sports»
  17. Ir para cima Oliveira, Gabriel. «Com 7 títulos, Keyd Stars foi time brasileiro mais vitorioso do ano»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  18. Ir para cima Melo, Gabriel. «Relembre as finais dos campeonatos nacionais de LoL»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  19. Ir para cima Oliveira, Gabriel. «Vencedores do MyCNB Awards 2014 são anunciados»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  20. Ir para cima Set, Ricardo. «paiN Gaming anuncia oficialmente saídas de Lactea e olleh»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  21. Ir para cima «Marra, Lágrimas e Glória: A Saga de Felipe ‘brTT’, o Artilheiro do LoLzinho»Motherboard. Consultado em 17 de julho de 2017
  22. Ir para cima Set, Ricardo. «Cobertura Campeonato Brasileiro de League of Legends 2015»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  23. ↑ Ir para:a b «Na raça e contra todos, paiN vence o CBLoL 2015»http://www.redbull.com. Consultado em 17 de julho de 2017
  24. ↑ Ir para:a b «’League of Legends’: Pain vence e vai ao Chile decidir vaga para mundial»Games. 31 de agosto de 2015
  25. Ir para cima Costa, Victor. «Mídia internacional exalta paiN, mas não acredita em avanço no Mundial»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  26. Ir para cima «’League of Legends’: Pain vence Flash Wolves e respira no Mundial»Games. 6 de outubro de 2015
  27. Ir para cima «PaiN perde sua terceira partida no Mundial de League of Legends»IGN Brasil. 8 de outubro de 2015
  28. Ir para cima «LoLeSports BR»http://www.lolesports.com.br. Consultado em 17 de julho de 2017
  29. Ir para cima «INTZ perde os três jogos e dá adeus ao Mundial de LoL sem igualar a Pain»sportv.com
  30. Ir para cima «LoLeSports BR»http://www.lolesports.com.br. Consultado em 17 de julho de 2017
  31. Ir para cima Redação. «Cobertura International Wildcard All-Star»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  32. Ir para cima Redação. «Com paiN como destaque, vencedores do MyCNB Awards 2015 são anunciados»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  33. Ir para cima «’League of Legends’: paiN perde para a KaBuM e pela primeira vez não passa para a semifinal de um CBLoL»ESPN
  34. Ir para cima «paiN e CNB jogarão o Relegation após suas piores campanhas na história»XLG UOL
  35. Ir para cima Redação. «paiN Gaming e CNB e-Sports Club se garantem no 2º Split do CBLoL»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  36. Ir para cima Redação. «Cobertura 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2016»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  37. Ir para cima «Sabe qual é a multa de rescisão do contrato desse jogador de videogame? R$ 1 milhão | VEJA.com»VEJA.com. 10 de março de 2016
  38. Ir para cima «Melhor jogador de ‘League of Legends’ do país comenta rotina intensa de treinos»Gshow
  39. Ir para cima Redação. «Com domínio do INTZ, vencedores do MyCNB Awards 2016 são anunciados»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  40. Ir para cima Set, Ricardo. «paiN Gaming contrata Matsukaze para equipe de League of Legends»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  41. Ir para cima Teixeira, Eric (17 de dezembro de 2015). «paiN Gaming é punida por Poaching e Loop não poderá jogar pela paiN em 2016 – Mais e-Sports»Mais e-Sports
  42. Ir para cima Redação. «Cobertura 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2017»CNB e-Sports Club | Gaming is our sport
  43. Ir para cima Redação. «Jogador mais caro do LoL brasileiro anuncia afastamento para período sabático»GloboEsporte.com
  44. ↑ Ir para:a b «Gabriel “Kami”: o jovem fenômeno do LoL no Brasil que vale R$ 1 milhão»sportv.com
  45. Ir para cima «Cosplayers têm área exclusiva na Brasil Game Show | VEJA SÃO PAULO»VEJA SÃO PAULO. 9 de outubro de 2015
  46. Ir para cima «Kamikat Official Store!»kamikat.com.br. Consultado em 17 de julho de 2017
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s