Como colocar piso sobre piso: Passo a passo, cuidados e vantagens


Neste artigo você vai conferir um passo a passo de como colocar piso sobre piso. Além do passo a passo, você verá cuidados importantes e as principais vantagens de fazer a opção por esta técnica.

Para ter sucesso com esta técnica é importante contar com os materiais indicados para isso e as ferramentas adequadas. Ter experiência no assentamento de pisos também colabora com a qualidade final do serviço a ser executado.

Não existe mistério em como colocar piso sobre piso, basta seguir as instruções e se atentar para detalhes importantes.

Cuidados importantes para este tipo de serviço

O primeiro cuidado é quanto a utilização de argamassa adequada para este tipo de serviço. A argamassa indicada é a argamassa colante, para não errar neste ponto é essencial conferir com o vendedor se a argamassa que você vai comprar é indicada para este tipo de uso.

Outro ponto importante é como a argamassa será aplicada no revestimento cerâmico. A argamassa não pode ser utilizada no sistema de borrões, pois isso colabora para um futuro desplacamento. O sistema de borrões é colocar argamassa somente no centro e nas extremidades da peça.

A argamassa deve ser aplicada sobre toda a superfície onde a peça será instalada e no fundo da peça. Com os dentes da desempenadeira é necessário fazer as saliências na argamassa antes de assentar a cerâmica, os chamados cordões.

Além do cuidado com a argamassa é necessário verificar se existe algum piso antigo que mostre sinais de desplacamento. Para isso é indicado verificar cada uma das peças antigas com um martelo de borracha, verificando o seu bom estado de conservação. Os pisos que se apresentarem em estado de desplacamento deverão ser removidos.

Além disso, é importante garantir que a superfície do piso esteja limpa, livre de qualquer tipo de poeira, óleo, mancha de graxa e qualquer outro contaminante, inclusive cera.

Outro cuidado importante é com pisos que apresentem problemas com umidade. Neste caso, não é indicado o assentamento de piso sobre piso.

Além dos itens mencionados acima, para você que quer aprender como colocar piso sobre piso é necessário estar atento às dimensões de soleiras, portas, móveis planejados e tomadas. Pois você estará aumentando o nível do seu piso em alguns centímetros.

Principais vantagens de assentar piso sobre piso

dicas de como colocar piso sobre pisoO assentamento de piso sobre piso pode trazer inúmeras vantagens, quando bem feito não apresenta nenhum tipo de prejuízo à construção e se comporta como um piso assentado convencionalmente.

Os problemas surgem quando o piso é assentado de maneira inadequado ou os materiais utilizados são de má qualidade.

Para garantir que você tenha sucesso com este tipo de serviço é importante estar atento à pontos comuns a todo assentamento de piso, como:

  • Utilização da argamassa correta;
  • Aplicação correta da argamassa colante;
  • Superfície em estado adequado para assentamento do piso;
  • Espessura do rejunte correta;
  • Tempo de secagem correto antes da aplicação do rejunte.

Uma das vantagens é a redução de serviços. Quando você assenta o piso novo sobre o antigo você evita a demolição do piso antigo. Esta é a melhor vantagem que se obtém com este tipo de serviço.

Evitando a demolição você elimina custos com o serviço de demolição em si, com transporte de material demolido e custos com a destinação do material final para um bota fora.

Outra vantagem é a velocidade do serviço. Você reduz o tempo de execução dos serviços eliminando os serviços de demolição.

Resumindo, com o assentamento do piso sobre piso você garante:

  • Redução de custos;
  • Eliminação de serviços de transporte e bota-fora;
  • Redução do prazo de execução do serviço.

Passo a passo de como colocar piso sobre piso

1 – Verifique o nivelamento da superfície:

O primeiro passo de como colocar piso sobre piso é verificar se a superfície apresenta o nivelamento adequado. Inclusive se a mesma apresenta declividade correta para ralos e pontos de saída.

2 – Remova as peças antigas com problemas:

O segundo passo é remover as peças antigas que apresentem algum tipo de anomalia, como fissuras, trincas e sinais de desplacamento.

Para verificar o desplacamento é necessário verificar cada peça com um martelo de borracha. O som oco irá indicar as peças que devem ser removidas do piso.

Nos locais onde você retirou as peças será necessário a adequação da superfície com argamassa de cimento e areia.

3 – Limpe toda a superfície:

O próximo passo de como colocar piso sobre piso é limpar toda a superfície onde a argamassa será aplicada.

Você deverá estar atento aos tipos de sujeira existentes no piso e eliminá-las de forma adequada. Não deixe de limpara toda a cera que possa existir sobre os pisos.

4– Aplicação da argamassa:

Com a superfície limpa é hora de preparar e aplicar a argamassa colante sobre a superfície.

Lembre-se que argamassas colantes possuem um tempo de utilização curto. Por isso, espalhe argamassa em uma região limitada para que você tenha tempo hábil de aplicar a cerâmica em toda a superfície sem nenhum tipo de problemas.

Não se esqueça de fazer as saliências na superfície da argamassa com os dentes de uma desempenadeira de metal.

5 – Assentamento das peças cerâmicas:

O quinto passo de como colocar piso sobre piso é o assentamento das novas peças do piso.

Para isso você deve observar práticas comuns do assentamento do piso. Você deverá passar argamassa no fundo da peça e fazer também ali as saliências para assentamento da peça.

Pressione a peça com cuidado para que fique bem assentada.

Você não precisa se preocupar em seguir alinhamento do piso antigo, isso não irá interferir na qualidade final do seu piso.

Durante o assentamento é importante verificar o perfeito nivelamento das novas peças assentadas.

6 – Coloque os espaçadores:

Em seguida é importante colocar os espaçadores plásticos para garantir o espaço do rejunte.

7 – Acabamento final:

O último passo é a limpeza do excesso de argamassa das peças com esponja molhada.

A aplicação do rejunte deve ser feita da maneira convencional sem nenhum tipo de aplicação específica.

Finalizando

Agora que você aprendeu como colocar piso sobre piso é hora de colocar a mão na massa e dar prosseguimento em sua obra.

Lembre-se dos cuidados mencionados acima, eles poderão comprometer a qualidade final do seu serviço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s