Coleta Seletiva é tema de debate no Secovi Rio


Comlurb e síndicos discutiram soluções para condomínios

Foram mais de duas horas de exposição de ideias, questionamentos e troca de experiências. Convidada pelo Secovi Rio para esclarecer dúvidas sobre a coleta seletiva de lixo em condomínios residenciais, a Assessora Chefe da Diretoria de Serviços Especiais e Ambientais da Comlurb, Tatiana Faustino Ferreira, fez mais que isso. Ao lado dos síndicos José Simplício e Renato Munhoz, Tatiana não só apresentou dados interessantes sobre o projeto de ampliação da coleta seletiva na cidade do Rio de Janeiro, como mostrou que a Comlurb está disposta a ouvir seus clientes.

Ampliação da coleta seletiva no Rio de Janeiro

Em nome da Comlurb, Tatiana enfatizou que é dever da companhia coletar o lixo separado e encaminhá-lo para cooperativas cadastradas e centrais de triagem. A Assessora destacou que a empresa segue a Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que dá autonomia ao órgão municipal para orientar a melhor forma de realização da coleta seletiva – no caso do Rio de Janeiro a orientação é de a segregação mínima dos resíduos – separação do lixo seco (reciclável) do molhado (orgânico).

“A mensagem que queremos passar é a de separar o que pode ser reaproveitado e o que não pode. O resto é por nossa conta” – disse Tatiana, que mostrou os novos caminhões da coleta seletiva, na cor azul. O laranja tradicional do uniforme também mudou, agora é verde e 80% da equipe de garis é composta por mulheres.

As ações fazem parte do programa de ampliação da coleta seletiva, que em apenas um mês, saiu de 1,2% para 1,9% de material coletado na cidade. A meta é alcançar 5% até o fim deste ano, o equivalente a 1 tonelada 992 kg de lixo reciclável.

Durante o debate, Tatiana levantou a questão: é melhor recolher o lixo na rua ou o gari da coleta seletiva poderia tocar o interfone e receber o lixo das mãos do porteiro? As opiniões foram divididas. Muitos preferem o sistema atual de disposição dos sacos de lixo na rua; outros condomínios já praticam da segunda forma e garantem que funciona melhor.

Fique ligado!

Confira algumas informações importantes a respeito da coleta seletiva:

  • Em caso de chuva NÃO disponha o material na rua, pois a água degrada o material reciclável e pode gerar entulhos na rua.
  • Para descarte de entulhos (lixo de obra), móveis, colchões e eletrodomésticos  ligue para 1746 e em até 10 dias a Prefeitura fará o recolhimento do material.
  • Comlurb trabalha por turnos, não há horário fixo, é tudo feito dentro do período do turno da sua rua – manhã ou noite. Clique aqui para conferir a listagem de bairros e ruas atendidas com a coleta seletiva.
  • O dia da coleta seletiva NUNCA é o mesmo dia da coleta de lixo convencional e acontece uma vez na semana.
  • Todo o material reciclável coletado pela Comlurb é levado para uma cooperativa gratuitamente.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: