os Verbos Transitivos


Verbos transitivos são verbos que necessitam de complementoporque sozinhos não conseguem transmitir uma informação com sentido. Para fazer sentido o verbo transitivo é concluído com o objeto direto, objeto indireto ou com ambos.

Assim, o verbo pode ser transitivo direto quando não é seguido de preposição.
Exemplo: Joana atirou pedras.

Bem como, pode ser verbo transitivo indireto quando é seguido por preposição.
Exemplo: Lígia gosta de chocolate.

Ou, finalmente, pode ser verbo transitivo direto e indireto quando uma parte do complemento tem e outra não tem preposição.
Exemplo: Rodrigo ofereceu flores para Madalena.

Vamos analisar:

  • Joana atirou, Lígia gosta e Rodrigo ofereceu. O que Joana atirou, de que Lígia gosta e o que e para quem Rodrigo ofereceu?
  • Sozinhos os verbos não têm sentido. Uma vez que precisam de complemento são transitivos.
  • pedras, de chocolate e flores para Madalena completam os sentidos dos verbos, são, assim, complementos verbais.
  • pedras não tem preposição, portanto é objeto direto.
  • de chocolate tem preposição, portanto é objeto indireto.
  • flores é um complemento que não tem preposição, portanto é objeto direto.
  • para Madalena é outro complemento que tem preposição, portanto é objeto indireto.

Para completar sua pesquisa sobre Predicação Verbal, leia:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s