Sindipetro ocupa importante espaço na 9ª SIPAT integrada da RLAM


A direção do Sindipetro Bahia está participando da 9ª SIPAT integrada, que envolve trabalhadores e trabalhadoras da Rlam, UTE-CF e contratadas, e acontece desde segunda-feira, 14/08, na Refinaria Landulpho Alves.

A Sipat, que termina na sexta-feira, 18/08, tem sido, segundo o coordenador do Sindipetro Bahia, Deyvid Bacelar, “uma oportunidade para que o sindicato se aproxime ainda mais da categoria e possa contribuir para a sua formação e informação, através de palestras, propostas e realizadas pelas assessorias da nossa entidade sindical, a exemplo da ministrada pelo advogado Clériston Bulhões”.
Além da realização de palestras, o Sindipetro Bahia também montou um stand, onde os diretores esclarecem sobre as dúvidas da categoria e distribuem materiais confeccionados pelo sindicato.
No dia 15, terça-feira, o advogado Clériston Bulhões, falou na Concha Acústica da Rlam  sobre os “Impactos da Reforma Trabalhista para a Saúde do Trabalhador”. Para ele, essa reforma é um grande retrocesso nas questões de direito trabalhista e proteção ao trabalhador. “As pessoas vão passar a trabalhar mais, com remunerações mais baixas e em piores condições”, alertou o advogado, que ressaltou também a mudança nos intervalos de trabalho, que pela nova redação no art. 611-B, não são mais considerados normas de saúde, higiene e segurança no trabalho, e, portanto, podem ser reduzidos.

Bulhões também informou que  a supressão do intervalo pelo empregador gerará  apenas uma indenização sem natureza salarial, muito inferior a praticada atualmente. A contrarreforma trabalhista também permite a prorrogação de jornada em ambiente insalubre sem previa licença da autoridade competente do Ministério do Trabalho. Além da permissão para que as grávidas e lactantes atuem em locais insalubres. Foi destacado, ainda, que na nova redação CLT a higienização do uniforme é de responsabilidade do trabalhador.  “Tudo isto aumentará os casos de acidentes e doenças ocupacionais”, afirmou o advogado.

Na Sipat também estão sendo abordados assuntos como as regras para evitar acidentes de trabalho, planejamento de carreira, álcool e outras drogas, além de atividades lúdicas, como concurso de fotografia, jogos interativos e premiações. Para o diretor do Sindipetro Bahia, Ivo Saraiva, “é fundamental que possamos falar sobre saúde e segurança do trabalho, utilizando, inclusive jogos lúdicos sobre SMS, mas é ainda mais importante que através de Sipats como essa despertemos na categoria sobre a importância desse tema e do papel das Cipas para garantir um ambiente de trabalho seguro e mais qualidade de vida para os trabalhadores”.

Já a diretora do Sindipetro, Rosângela Maria, comemora o fato da inclusão das questões de gênero neste tipo de evento. “O Sndipetro, mais uma vez, inova ao trazer para o chão da fábrica a palestra, que será ministrada pela doutora Ana Gabriela, sobre “Perspectiva de Gênero nas Relações de Trabalho”. Para ela “é preciso estar atento a isso, pois a cada dia aumenta o número de mulheres em ambientes, com o as unidades da Petrobrás, que antes eram exclusivamente masculinos”.

Durante a Sipat é possível visitar também os stands do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e da Associação de Mulheres Quilombolas Guerreiras de Cardeal da Silva.

Confira as próximas palestras promovidas pelo Sindipetro, que vão acontecer na Concha Acústica da Rlam

17/08 – quinta-feira

Dra Ana Gabriela (UFBA)
Perspectiva de gênero nas relações de trabalho

18/08 – sexta-feira

Dr Paulo Conceição
A importância do PPEOB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s