Sinusite, Desvio de Septo e Adenoide


O nariz está localizado no centro da face e isso não é por acaso. Para o bom funcionamento dessa estrutura que dependem uma série de outras funções do organismo como o olfato, a função pulmonar, o rendimento físico, a qualidade do sono, o desenvolvimento dos ossos da face, a fala e a linguagem.

O nariz nada mais é que a porta de entrada de todo o sistema respiratório. O ar, ao passar pelo nariz, nele é umidificado, filtrado e aquecido chegando ao seu destino final, o pulmão, com uma qualidade muito melhor do que se tivesse sido inspirado pela boca. A respiração correta evita que as impurezas cheguem ao organismo e serve também como mecanismo de defesa para o corpo

O nariz faz parte das vias áreas superiores é a entrada para o sistema respiratório. Ele é constituído pelas fossas nasais e pela pirâmide nasal, estrutura visível que forma a proeminência na face. Essa estrutura é feita, essencialmente, de cartilagem. As fossas nasais compreendem o espaço situado entre a faringe e as narinas; divididas pelo septo nasal.

Dentro do nariz existem pequenos fios, os cílios, que são cobertos por um líquido pegajoso, o muco. As partículas de poeira e microrganismos do ar grudam nesse muco e com o movimento dos cílios são varridos para fora do corpo ou para a garganta, e se forem engolidos serão digeridos pelas enzimas produzidas ao longo do tubo digestivo.
As funções da cavidade nasal são: olfato, respiração, filtração de poeira, umidificação do ar inspirado e recepção de secreções provenientes dos seios paranasais e ductos lacrimonasais. Muitas são as causas que impedem uma respiração saudável, fique atento se você ronca, dorme de boca aberta, tem dificuldade para respirar ou se sente cansado com frequência.

 

Nariz e sinusite: tudo a ver!

A boa saúde do nariz pode evitar uma série de doenças. Uma das enfermidades mais comuns é a sinusite, inflamação da mucosa que reveste os seios da face, espécie de câmara de ar que fica ao redor do nariz. Essa cavidade é forrada internamente por uma mucosa muito parecida com a do nariz, que também produz muco, exatamente como as narinas. Essa secreção, em condições normais, é drenada dentro do nariz, por pequenos orifícios que comunicam os seios da face com as fossas nasais.

Quando esses orifícios ficam obstruídos, seja pela secreção, inchaço ou outra causa, o seio da face fica sem comunicação com o nariz, totalmente fechado e sem circulação de ar. O muco produzido não tem para onde ir e se acumula, facilitando a proliferação de micro-organismos. Assim se forma a sinusite, que pode ser viral ou bacteriana, aguda ou crônica.

As sinusites virais são as mais frequentes, representam 75% dos casos. São causadas pelo rinovírus, adenovírus e pelo vírus da gripe, o H1N1. Apenas 2% dos resfriados e gripes evoluem para uma sinusite bacteriana. Outros fatores ainda podem causar a doença como o tabagismo, baixa imunidade, viagens de avião, mergulhos profundos, poluição do ar, ambientes frios, processos alérgicos, entre outros.

Os sintomas mais comuns são a secreção amarelada ou esverdeada, dor de cabeça, febre, entupimento nasal, tontura e mal estar. Entretanto, outros sintomas como dor de dente, dor de garganta, rouquidão, tosse, mau cheiro no nariz e mau hálito também podem estar associados à doença. O diagnóstico é feito pelo exame clínico do paciente. O médico pode ainda confirmar a suspeita com um raio X dos seios da face e, se necessário, uma tomografia.

saiba mais sobre:

Dor de cabeça = Sinusite?

Embora de cada dez casos de dor de cabeça, quatro são devido aos quadros de sinusite, é um erro diagnóstico comum responsabilizar a sinusite crônica como a causa da cefaleia (dor de cabeça). Na verdade, a responsável pelos quadros de dor de cabeça são as sinusites agudas, que provocam o acúmulo de secreção nos seios da face. A sinusite crônica é de fundo alérgico, na maioria dos casos o principal sintoma é a tosse, não a dor de cabeça.

A dor de cabeça causada pela sinusite aguda é frontal (a frente e acima na cabeça), na face ou na altura do maxilar. Pode estar localizada em um lado do rosto e piorar pela manhã e no final do dia. A dor aumenta com o movimento da cabeça, com a ingestão de bebidas e alimentos gelados, com a exposição ao sol, ao deitar-se ou ao levantar-se.

Entretanto, a cefaleia típica da sinusite sempre está acompanhada dos outros sintomas como a secreção e a obstrução nasal. O tempo de duração dessa dor de cabeça também está relacionado com a duração do quadro da sinusite. Uma vez que a sinusite melhora, a dor de cabeça tende a passar.

saiba mais sobre:

Tratamento

Segundo um estudo publicado em fevereiro de 2012, pela revista da Associação Médica Americana, os antibióticos são ineficazes na maioria dos casos de sinusites. Isso porque as sinusites virais correspondem a 75% dos casos e os antibióticos só fazem efeito nas sinusites causadas por bactérias, menos de 2%.

Para atenuar os sintomas de ambas as formas de sinusite é importante beber muita água, não fumar e evitar ambientes com fumaça, poeira e tapetes felpudos. O médico pode receitar analgésicos, anti-térmicos, antiinflamatórios e descongestionantes nasais. Não é recomendado o uso de nenhuma lavagem ou infusão sem indicação médica.

Se os sintomas da sinusite persistirem por mais de uma semana, um médico dever ser consultado para evitar que a doença se torne crônica. Em alguns casos, a única solução para tratar a doença é uma cirurgia para desobstruir os canais de ligação da face com as vias respiratórias nasais.

saiba mais sobre:

Desvio de Septo: mais comum do que se imagina

O septo nasal é a cartilagem que divide o nariz. Quando há uma alteração nessa estrutura é chamado de desvio do septo nasal, que pode ser congênito ou adquirido, em geral, após um trauma. È uma das causas mais comuns de obstrução nasal. O septo nasal tem função anatômica, pois aumenta a velocidade de entrada do ar no corpo. Boa parte dos desvios é causada logo na infância, pela respiração bucal, que muda a forma da arcada superior.

Se pensarmos que o septo é uma parede, quando há o desvio surge uma tortuosidade na estrutura, que dificulta a passagem de ar e a respiração. Dependendo do caso, pode haver dificuldade para respirar pelos dois lados do nariz ou de um só.

Os principais sintomas de quem tem desvio de septo nasal é a maior frequência de sinusites, respiração pela boca, cansaço, dificuldade para dormir bem, roncos e babação noturna. O diagnóstico é feito por um médico otorrinolaringologista e o tratamento, normalmente, é cirúrgico, com rápida recuperação e solução do problema.

saiba mais sobre:

Adenoide: a amígdala do nariz

A famosa adenoide faz parte do sistema de defesa do organismo humano. Assim como as amígdalas, que ficam na garganta, as adenoides produzem imunoglobulinas que protegem o corpo contra infecções. As adenoides se localizam na rinofaringe, ou seja, atrás do nariz, acima da úvula, conhecida popularmente como campainha.

Portanto, ao contrário da crendice popular, a adenoide não é um corpo estranho. Todas as crianças têm adenoides, que crescem entre 2 e 4 anos de idade. Porém, a partir dos 8 anos, a tendência natural é que as adenoides diminuam e desapareçam.

Quando a adenoide é muito grande, causa uma obstrução respiratória prejudicial à criança. A respiração bucal pode levar a deformidades faciais irreversíveis, tais como protrusão labial, elevação do palato (céu da boca), alteração da dentição e pouco desenvolvimento da mandíbula, podendo ficar um adulto com o queixo pequeno.

O aumento da adenoide resulta em constantes infecções nas vias aéreas superiores, como, rinites, sinusites, alergias e infecções crônicas por bactérias e vírus. E ainda roncos ou apneia (parada da respiração durante o sono). Muitas mães acabam descobrindo o mal não só por causa das infecções, mas sim quando observam roncos e até que a criança dorme com a boca aberta.

O tratamento é por meio de uma cirurgia, que deve ser feita o mais cedo possível. A cirurgia é bastante simples e não vale a pena esperar que estas alterações aconteçam. Caso a cirurgia não seja realizada, a criança pode ter consequências graves, entre elas, infecções frequentes no ouvido, sono agitado, cansaço e até mesmo retardo no crescimento, perda auditiva ou hipertensão pulmonar, o que dificulta no seu processo de desenvolvimento.

saiba mais sobre:

Dúvidas Frequentes

O que provoca a obstrução nasal?

A obstrução nasal pode ser provocada por vários mecanismos diferentes. Doenças que causam inflamação na mucosa nasal como rinites, sinusites, gripes ou resfriados podem entupir o nariz. Além disso, o desvio do septo nasal e o aumento das adenoides também podem causar o problema.

A adenoide é uma carne esponjosa?

Há quem chame a adenoide de “carne esponjosa”. Mas essa é uma denominação errada. As adenoides são estruturas de defesa do organismo, que a partir dos oito anos de idade tendem a desaparecer. Em alguns casos, elas são aumentadas e podem causar a obstrução nasal, com sérias consequências para a criança.

Gripes e resfriados mal tratados deixam a pessoa mais vulnerável à sinusite?

Sim. A história natural de um dos tipos de sinusite nada mais é que uma continuação de um episódio de infecção viral das vias aéreas superiores. Ou seja, após 7 a 10 dias de uma gripe ou um resfriado, o caso evolui com uma infecção bacteriana secundária. Portanto, o tratamento inicial e adequado da gripe ou resfriado é importante para evitar a progressão de tais casos para a sinusite.

O único meio de corrigir o desvio do septo nasal é por meio da cirurgia?

Sim, o desvio do septo nasal é estrutural e a única maneira de corrigir é por meio de uma cirurgia. Porém o procedimento é simples, com uma rápida recuperação.

saiba mais sobre:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s