Militares devem ter idade mínima para aposentadoria, diz Jungmann


Ministro da Defesa participou de café da manhã nesta quarta com jornalistas estrangeiros. Segundo ele, Conselho Militar se reunirá para discutir assunto e buscar consenso sobre idade.


Por Lisandra Paraguassu e Anthony Boadle, Reuters

17/05/2017 15h19  Atualizado 17/05/2017 18h52

Jungmann em encontro com correspondentes internacionais em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)Jungmann em encontro com correspondentes internacionais em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

Jungmann em encontro com correspondentes internacionais em Brasília (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou nesta quarta-feira (17) que a reforma da Previdência para os militares incluirá a exigência de uma idade mínima para a aposentadoria.

Jungmann falou sobre o tema durante café da manhã com jornalistas de veículos estrangeiros.

“Deve haver uma idade mínima. Se deve fixar uma idade mínima para militares”, disse o ministro.

(CORREÇÃO: ao ser publicada, esta reportagem informou erroneamente que a idade mínima dos militares para aposentadoria “não deve chegar aos 65 anos para homens e 62 para mulheres, como a do regime geral proposto pelo governo Michel Temer”. O texto foi corrigido às 17h25.)

Jungmann ressaltou, no entanto, que para continuarem ativos, os militares precisam estar em boas condições físicas. Ele explicou que é esse um dos motivos para que a categoria seja incluída num regime previdenciário diferente do que para as demais categorias. “Do militar se exige uma plena capacidade”, explicou.

De acordo com Jungmann, o Conselho Militar de Defesa se reunirá nesta quinta (18) para discutir o assunto e tentar chegar a um consenso sobre qual seria a idade mínima para os militares.

A intenção do governo é estabelecer para eles o mesmo que foi oferecido às polícias: uma idade mínima geral de 55 anos tanto para homens quanto para mulheres.

Conforme a Reuters adiantou em janeiro, o governo havia decidido internamente que a reforma dos militares teria de incluir idade mínima, tempo maior de contribuição e teto para o pagamento da aposentadoria.

Inicialmente, a intenção era que a idade mínima fosse a mesma dos demais servidores, assim como o tempo de contribuição e o teto de R$ 5.578, como o do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O governo, no entanto, encontra muita resistência. As negociações estão sendo feitas em um grupo de trabalho desde o final de 2016 e já há a decisão de ser menos rígido com os militares.

Prevista para ser enviada ainda em maio, a proposta só deverá chegar ao Congresso depois que a reforma geral da Previdência for aprovada na Câmara dos Deputados.

Inicialmente, as Forças Armadas não passariam por nenhuma mudança. Atualmente, os militares se aposentam com salário integral, sem idade mínima e com 30 anos de contribuição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s