Configurando o Arduino no Windows


Como conectar o Arduino no seu computador Windows e rodar o seu primeiro programa

Este tutorial foi traduzido e adaptado das instruções de instalação do site oficial do Arduino, e é disponibilizado sob uma licença Creative Commons CC BY-SA 3.0.

Você deve seguir os seguintes passos:

  1. Obter uma placa Arduino e um cabo USB
  2. Fazer o download do ambiente de desenvolvimento do Arduino
  3. Conectar a placa
  4. Instalar os drivers
  5. Executar o aplicativo do Arduino
  6. Abrir o exemplo “Blink”
  7. Selecionar a sua placa
  8. Selecionar a porta serial
  9. Fazer upload do programa

1. Obter uma placa Arduino e um cabo USB

Neste tutorial, assumimos que você está usando um Arduino Uno, Arduino Duemilanove, Nano, Arduino Mega 2560, Diecimila ou então um Alevino com o Nanoshield USB. Se você tem alguma outra placa, veja o tutorial correspondente na página do produto.

Você também vai precisar de um cabo USB padrão (conector A para conector B): o tipo de cabo que você conectaria a uma impressora USB, por exemplo. Para o Arduino Nano ou o Alevino com Nanoshield USB, você vai precisar, no entanto, de um cabo com conector A para Mini-B.

2. Fazer o download do ambiente de desenvolvimento do Arduino

Obtenha a última versão da página de download.

Quando o download teminar, descompacte o arquivo baixado, garantindo que a estrutura das pastas seja mantida. Dê um duplo clique na pasta para abrí-la. Deve haver alguns arquivos e sub-pastas dentro.

3. Conectar a placa

O Arduino Uno, Mega, Duemilanove, Arduino Nano e o Alevino com Nanoshield USB obtêm energia automaticamente seja da conexão USB ou de um fonte de alimentação externa. Se você está usando um Arduino Diecimila, é preciso configurar a placa para obter energia da conexão USB. A fonte de energia da placa é selecionada com um jumper, uma pequena peça de plástico que se encaixa em dois dos três pinos que ficam entre os conectores USB e de energia. Verifique que ele está nos dois pinos mais próximos da porta USB.

Conecte o Arduino ao seu computador usando o cabo USB. O LED verde de energia (marcado como PWR) deve acender.

4. Instalar os drivers

Instalando drivers para o Arduino Uno ou Arduino Mega 2560 no Windows7, Vista, ou XP:

  • Conecte a sua place e aguarde até que o Windows inicie o processo de instalação de drivers. Depois de alguns instantes, o processo irá falhar.
  • Clique no menu iniciar e vá até o Painel de Controle
  • Selecione Sistema e Segurança > Sistema > Gerenciador de Dispositivos.
  • Procure na seção “Portas (COM e LPT)”. Você deverá encontrar um porta aberta chamada “Arduino UNO (COMxx)”.
  • Clique com o botão direito na porta “Arduino UNO (COMxx)” e selecione “Atualizar Driver…”.
  • Depois selecione a opção “Procurar software de driver no computador”.
  • Finalmente, navegue até a pasta “drivers” dentro do aplicativo do Arduino, na pasta que foi descompactada anteriormente, e selecione o arquivo “arduino.inf”.
  • A partir daí, o Windows completará a instalação dos drivers.

Instalando drivers para o Arduino Duemilanove, Nano, Diecimila ou Alevino com Nanoshield USB no Windows7, Vista, ou XP:

Quando você conectar a placa, o Windows deve iniciar o processo de instalação dos drivers, caso você ainda não tenha usado o computador com um Arduino antes.

A janela “Adicionar novo hardware” irá aparecer:

  • Nessa janela, selecione “Não, não agora” e clique em avançar.
  • Selecione “Instalar o driver de uma lista ou um lugar especifico (avançado)” e clique em avançar.
  • Verifique que “Procurar o melhor driver nesses lugares especifícos” está selecionado; deselecione “Procurar em mídias removiveis”; selecione “Incluir este lugar na procura” e vá até o diretório “drivers” do Arduino, dentro da pasta que você descompactou anteriormente (a versão mais atual dos drivers pode ser encontrada no site da FTDI). Depois, clique em avançar.
  • O Windows irá procurar pelo driver e dizer que um “USB Serial Converter” foi encontrado. Clique em finalizar.
  • A janela “Adicionar novo hardware” aparecerá novamente. Siga os mesmos passos, selecionando as mesmas opções e o mesmo diretório. Dessa vez, uma “USB Serial Port” será encontrada.
  • Você pode verificar que os drivers foram instalados clicando no menu iniciar e depois em Painel de Controle > Sistema e Segurança > Sistema > Gerenciador de Dispositivos. Procure por uma “USB Serial Port” na seção “Portas (COM e LPT)”.

5. Executar o aplicativo do Arduino

Dê um clique duplo no aplicativo do Arduino. Se o software do Arduino abrir no idioma errado, você pode mudá-lo na janela de preferências (File > Preferences ou Arquivo > Preferências) – veja essa página do Arduino para mais detalhes. Daqui por diante vamos assumir que o idioma escolhido é o português do Brasil.

6. Abrir o exemplo “Blink”

Abra o programa de exemplo “Blink”: File > Exemplos > 1.Basics > Blink.

7. Selecionar a sua placa

Você precisa selecionar a opção do menu Ferramentas > Placa que corresponde ao seu tipo de Arduino.

Para o Alevino com Nanoshield USB, use Arduino Nano w/ ATmega328. Para placas Duemilanove com um ATmega328 (veja o texto no chip da placa), selecione Arduino Duemilanove or Nano w/ ATmega328. Anteriormente, as placas Arduino vinham com um ATmega168; para elas, selecione Arduino Diecimila, Duemilanove, or Nano w/ ATmega168 (detalhes das opções do menu de placas estão disponíveis nessa página do Arduino).

8. Selecionar a porta serial

Selecione o dispositivo serial correspondente à placa do Arduino no menu Ferramentas > Porta Serial. É provável que ele seja COM3 ou maior (COM1 e COM2 são normalmente reservados para portas seriais nativas, e não por USB). Para descobrir, você pode desconectar o seu Arduino e reabrir o menu; a opção que desaparecer deve ser a da placa do Arduino. Reconecte a placa e selecione a porta serial.

9. Fazer upload do programa

Agora, simplesmente clique o botão “Carregar” no ambiente de desenvolvimento. Espere alguns segundos – você deve ver os LEDs RX e TX na placa piscando. Se o upload for bem sucedido, a mensagem “Transferência concluída.” vai aparecer na barra de status. (Nota: Se você possui um Arduino Mini, NG, ou outra placa não mencionada aqui, você pode ter que pressionar fisicamente o botão de reset na placa imediatamente antes de apertar o botão de upload).

Alguns segundos após o upload terminar, você deve ser o LED do pino 13 na placa começar a piscar. Se isso aconteceu, parabéns! Você conseguiu configurar o Arduino e rodar o seu primeiro programa.

Se você tiver problemas, verifique a página de resolução de problemas do site do Arduino.

If you have problems, please see the troubleshooting suggestions.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s