SURGENTE 30 DE MAIO/2014 1267


Posse dia 2 e festa dia 6 de junho

 

A greve dos rodoviários do Rio e a chu

 

va que caiu sobre a cidade durante toda a

manhã de quarta-feira (28) não impediram

que militantes de diversas entidades forma-

Foto: Adriano Facuri

ser eficiente e gerar desenvolvimento”,

disse, acrescentando que a estatal brasi

 

leira do petróleo é destaque em qualquer

congresso mundial do setor.

Venha comemorar

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E PATRIMÔNIO

SEC. INSTITUCIONAL, LUTA CONTRA AS OPRESSÕES
Coordenador: Tânia André Lisboa

Coordenador: Carlos Augusto Lopes Espinheira

Coordenador: Eduardo Henrique Soares da Costa

a nova direção da

Primeiro Suplente: Levi Figueiredo

Primeiro Suplente: Vinícius Camargo Pereira da Costa

Primeiro Suplente: José Alexandre Barbosa de Farias
Segundo Suplente: José Maria dos Santos Nascimento

Segundo Suplente: Hugo Antônio Fagundes

Segundo Suplente: Natália Russo Lopes

entidade na sede

SEC. APOSENTADOS, PENSIONISTAS E PREVIDÊNCIA

SECRETARIA DE POLÍTICA E FORMAÇÃO SINDICAL

SECRETARIA DAS EMPRESAS TERCEIRIZADAS
Coordenador: Roberto de Castro Ribeiro

Coordenador: Antony Devalle

Coordenador: Lucas da Silveira Ferreira

do Sindipetro-RJ

Primeiro Suplente: Jorge Antônio Rosa

Primeiro Suplente: Áurea Souza de Oliveira

Primeiro Suplente: Antônio José Martins
Segundo Suplente: Paulo Moreira da Rocha

Segundo Suplente: Hélio Ricardo Batista da Cunha

Segundo Suplente: Marcos Antônio dos Santos

O Sindipetro-RJ convida toda
a categoria para a cerimônia SECRETARIA DE ASSUNTOS JURÍDICOS

SECRETARIA DE SAÚDE E MEIO AMBIENTE

SECRETARIA DE PLATAFORMAS E LOGÍSTICA
Coordenador: Celso Alves

Coordenador: André Bucaresky

Coordenador: Arthur Flávio Jansen Ferrari

de posse da diretoria colegiada

Primeiro Suplente: João Paulo Pereira do Nascimento

Primeiro Suplente: Reinhold Francisco Moacyr Walter Schopke

Primeiro Suplente: João Gilberto Martins

(2014/2017) que será realizada na

Segundo Suplente: Igor Mendes Ursine Krettli

Segundo Suplente: Iurin Caetano Ramalho

Segundo Suplente: Brayer Grudka Lira

próxima segunda-feira (2), às 18h,
na sede da avenida Passos, 34. SECRETARIA DE FINANÇAS

 

SECRETARIA DE TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO

CONSELHO FISCAL
Coordenador: Francisco Soriano de Souza Nunes

Coordenador: Ivan Luiz de Andrade

Efetivos

Neste dia também será inaugu-

Primeiro Suplente: Fernando Borges Leal

Primeiro Suplente: Antônio dos Reis Furtado

Primeiro Titular: Laerte Luiz Ferreira

rada a exposição permanente do

Segundo Suplente: Charles Vieira de Araújo

Segundo Suplente: Edison Munhoz Filho

Segundo Titular: Rafael Sobreiro Barbosa

Centro de Memória da entidade. Terceiro Titular: Nazareno Luiz Maciel Silveira
SECRETARIA DO SETOR PETROQUÍMICO E AFINS

Suplentes
Coordenador: Emanuel Jorge de Almeida Cancella

A festa em comemoração à SECRETARIA GERAL

Coordenador: Claiton Coffy

Primeiro Suplente: Carlson Magno de Carvalho Barbosa

nova diretoria será na sexta-feira,

Primeiro Suplente: José Carlos Corrêa

Primeiro Suplente: Dener Fabrício Lins dos Santos

Segundo Suplente: Arlindo Pereira Anastácio

dia 6, às 18h, também na avenida

Segundo Suplente: Michel Fonseca Arruda

Segundo Suplente: Francisco Isnard Barrocas

Terceiro Suplente: Mauro Paes Esteves

Passos. Venha participar!

Abraço ao Edise dá recado a especuladores e políticos
oportunistas: não à corrupção e à privatização

 

Pressão dos trabalhadores faz Petrobrás mudar
esquema de compensação de horas para a Copa

 

do Brasil e, evidentemente, não ter que e apoiado diretamente pelo sindicato.

Alteração ainda

CALENDÁRIO
é parcial e a luta

 

compensar e ser “liberado” até duas horas As mães e os pais de crianças pequeantes
do início das partidas, mediante nas, cujas creches e escolas vão fechar

continua

 

compensação. Foi um passo importante, nos horários dos jogos do Brasil, não

sexta-feira 30 de maio, às 12h

pois a empresa havia decretado que quem vão ter, na prática, o direito de escoficasse
no trabalho não teria as horas lher não perder stif. O mínimo que vão Teleporto

doras de opinião se reunissem em frente
ao Edifício Sede da Petrobrás (Edise) para
abraçá-lo em um gesto simbólico de defesa
da Companhia e de repúdio, liderado pelos
petroleiros, à ação orquestrada por especuladores
e agentes da baixa política.

“Os petroleiros estão indignados por
serem taxados de corruptos. Não fomos
nós que nomeamos os dirigentes da
Companhia”, afirmou o presidente da
Aepet, Silvio Sinedino, representante
eleito dos funcionários no Conselho de
Administração da Petrobrás.

Sinedino indaga sobre a origem do
interesse em prejudicar a maior empresa
do país. “Não são os trabalhadores os
interessados no enfraquecimento da Petrobrás.
As denúncias de corrupção estão
sendo usadas para tentar privatizar uma
empresa que é a locomotiva do desenvolvimento
da nação”, criticou.

Fernando Siqueira, vice-presidente
do Clube de Engenharia e também da
Aepet, ressaltou que o ato cumpriu seu
objetivo de ser “um desagravo a uma
grande empresa que tem sido vítima de
uma campanha sistemática em favor de

Petroleiros e representantes de movimentos sociais estiveram presentes

interesses alheios aos objetivos do país”.

Para Siqueira, a presença de lideranças
de diversas entidades dos trabalhadores e
da sociedade civil em geral mostra o prestígio
da Petrobrás junto aos formadores
de opinião. “É uma empresa estratégica,
com 88 mil empregados, que não pode ser
desmoralizada por dois ou três indivíduos
que não primam pela ética”, resumiu.

Na luta em defesa da Petrobrás o
mais importante é definir o inimigo,
argumentou o ex-deputado estadual Raimundo
de Oliveira, da Casa da América
Latina. “O grande império quer tomar
conta da Petrobrás. Esta campanha não
é por acaso, pois a Companhia é um
‘mau exemplo’ para especuladores, pois
mostra que uma empresa pública pode

Já o ex-deputado federal constituinte
Ricardo Maranhão (PSB-RJ), que foi
presidente e atualmente é conselheiro
da Aepet, destacou que, apesar de não
ser contra nenhuma CPI, os líderes dessa
iniciativa “são os mesmos que lançaram

o slogan ‘O Petróleo é vosso’ e que desejam
atingir a empresa para favorecer
especuladores”. Maranhão lembrou que
a campanha sistemática trouxe o preço
das ações de R$ 46 para R$ 13. “Os especuladores
compraram na baixa, sabendo
que a tendência é subir.”
Francisco Soriano, do Sindipetro-RJ e
também conselheiro da Aepet, acrescentou
que os inimigos da Petrobrás sempre
disseram que o petróleo não tem que ser
nosso. “Sempre fizeram o jogo do perde
e ganha, em sua luta para privatizar a
Petrobrás. Estamos ganhando deles desde
1947, ano da campanha. Agora estão
usando a bandeira da moralidade para
continuar atacando a empresa”, criticou,
acrescentando que os detratores da Petrobrás
não têm moral para defender nem a
Petrobrás, nem o Brasil ou os direitos do
povo brasileiro. (Fonte: Aepet)

consideradas pro acerto de freqüência. perder vai ser o tempo pra buscarem os
Mas ainda precisa melhorar.filhos e voltarem com eles pra Petro-terça-feira 3 de junho, às 6h30

pós uma luta de mais de seis A reivindicação é que a liberação bras. Isso pra citar só um exemplo de

TABG

anos, na qual trabalhadores de seja sem compensação, e não apenas como, mesmo revisado, o esquema de

A
base tiveram um papel de des-nesta Copa, mas em todos os outros compensação de horas continua preju-quarta-feira 4 de junho, às 12htaque, a Petrobrás publicou ontem uma momentos em que o esquema de com-dicial aos trabalhadores. É justamente

Transpetro (sede)

 

nota afirmando que, na Copa do Mundo pensação de horas é imposto aos traba-pra debater a questão de um modo mais
de futebol deste ano, os empregados do lhadores, como as vésperas do Natal e amplo que o sindicato pediu ao RH uma

quinta-feira 5 de junho, às 12h

 

regime administrativo em prédios fora do Ano Novo e a Quarta-feira de Cinzas. reunião específica sobre o tema. E pra
das unidades operacionais poderão optar É o que propõe o abaixo-assinado ini

 

fortalecer essa luta, continuamos pas

 

Ventura/Metropolitan

 

entre ficar nos setores durante os jogos ciado por um grupo de trabalhadores sando o abaixo-assinado.

ROLEZINHO NO EDISE: HOJE (30) ÀS 12H Em defesa dos aposentados,
anistiados e da Petrobrás

FIQUELIGADOEDITORIALFIQUELIGADOEDITORIAL
Reuniões de Aposentados

Sistema Petrobras – 3 de junho, terça-

Petrobrás incomoda

feira, 14h.
Angra dos Reis – 4 de junho, quartafeira,
14h.

 

os inimigos do Brasil

Manguinhos – 5 de junho, quinta, 14h.

A mesma Petrobrás que financia
mais da metade do Programa de Aceleração
do Crescimento -PAC, as principais
obras do país, volta a construir
depois de mais de 40 anos, 4 refinarias,
3 delas numa das regiões mais pobres
do país, no nordeste. Com a refinaria,
Ceará, Maranhão e Pernambuco serão
beneficiados pelo chamado “círculo
virtuoso da economia”: aumento da
arrecadação de impostos para União,
estados e municípios, criação de milhares
de empregos diretos e indiretos,
crescimento do PIB e com isso a possibilidade
de investimentos em políticas
públicas, principalmente em saúde e
educação. Mas os inimigos da Petrobrás
internos e externos não desistem.

E quem são eles? O que foram contra

a criação da Petrobrás na campanha “O
petróleo é nosso!”, os que tentaram privatizar
a companhia, mudar o nome da
empresa para Petrobrax, os que quebraram
o monopólio estatal do petróleo; os
que não aceitam a descoberta do pré-sal e
que não querem que a Petrobrás seja sua
única operadora. Agora eles criaram uma
CPI, com base na denuncia de Pasadena
feita há dois anos por um representante
dos trabalhadores no C.A. da companhia.

Tentam convencer a sociedade que a
Petrobrás é um foco de corrupção. Usam
um ex-diretor da companhia, Paulo Roberto
Costa, como símbolo da corrupção
na Petrobrás. Mas quem o corrompeu
está ileso, pronto para corromper outros
dirigentes. Já os petroleiros responsáveis
pela trajetória da companhia querem

que os corruptos e corruptores vão
para a cadeia.

Para mostrar sua total independência
da direção da Empresa e do
governo, os sindicatos dos petroleiros
ligados à Federação Nacional dos Petroleiros
(FNP) combatem os leilões
do petróleo e a criminosa venda dos
ativos da companhia, implementada
pelo governo Dilma. E com base em
informações da imprensa, denuncia
a presidente da Petrobrás, Maria das
Graças Foster, em negócios para favorecer
seu próprio marido. Nada disso é
debatido e nem investigado. Queremos
limpar a Petrobrás dessas práticas políticas
e dessas pessoas, mas o que não
podemos aceitar é que se jogue fora o
bebê limpo junto com toda a água suja!

Desconto por pagamento feito em duplicidade
pela Petros pode prejudicar aposentados

 

Assunto vai ser discutido em reunião com Petrobrás

 

O Sindipetro-RJ e a Federação Nacional
dos Petroleiros (FNP) esclarecem
que não firmaram nenhum acordo com
a Petrobrás para desconto, a partir de
junho, em seis parcelas, do benefício
pago em duplicidade aos aposentados
em fevereiro de 2013, em virtude do
rompimento do convênio Prisma.

Conforme publicado do Jornal Sur

 

gente 1265 e em ofício enviado à Petrobras
e a Petros em 20 de maio de 2014,

o Sindicato e a Federação estão reivindicando
uma reunião com urgência para
debater a questão, propondo o desconto
seja realizado em, no mínimo, 24 meses,
a partir de agosto. O desconto em seis
parcelas terá impacto significativo no
orçamento familiar e, em muitos casos,
irá ultrapassar o limite de 30% de mar-
gem consignável.

REUNIÕES – O Sindipetro-RJ e a
FNP se reúnem com a Petrobrás, na
segunda-feira, nove de junho, e na
terça-feira, 10, às 14h, nas comissões
de acompanhamento do ACT e de AMS,
respectivamente.

Terceirizados do Edifício Sede da Petrobrás
aprovam greve unificada para 2 de junho

 

Trabalhadores
da Luso e da
IMC juntos na
mobilização

O
s trabalhadores da Luso Brasileira
locados no Edifício Sede
da Petrobrás, em conjunto com
os funcionários da IMC, aprovaram
uma greve unificada dos terceirizados
do Edise-Petrobrás para dia 2 de junho.
Neste sábado, o representante da Luso
Brasileira, Marcos Lira, compareceu
para dar explicações, mas novamente
não trouxe uma cópia da convenção
de trabalho deles. A Luso só avançou
parcialmente em um ponto da pauta
de reivindicação, que passaria a cobrar
10 reais por cada consulta realizada
no Plano de Saúde da empresa. Antes,

o desconto era de 25% do valor da
consulta. Os trabalhadores insatisfeitos
avaliaram consensualmente que a
Foto: Rafael Duarte
Intransigência faz trabalhadores cruzarem os braços a partir desta segunda

 

os empregados da Luso foram obrigados
a se reunir do lado de fora do Edise,
sob chuva, pois os petroleiros que vem
apoiando a mobilização foram impedidos
de entrar na Petrobrás. Essa truculência
elevou o nível de indignação dos
presentes na assembleia. Os diretores
do Sindipetro-RJ, Emanuel Cancella

destes trabalhadores tão precarizados.
Os petroleiros ainda informaram que
receberam denúncias de que a gerente
geral da Luso no Edise, Eloisa, está promovendo
ameaças aos funcionários da
limpeza, chegando a apontar possíveis
devoluções e demissões de trabalhadores.
Na assembleia, os trabalhadores

Cipa do Senado

A votação para compor a primeira
Comissão Interna de Prevenção de
Acidentes (Cipa) do Edifício Senado
vai até 6 de junho. Os lotados no prédio
podem votar num dos nove: Arthur
Ferrari, Clélia Maria Ferreira Cabral,
Fábio Viana de Abreu, Itamar Ferreira
de Oliveira, João Porfírio de Souza Neto,
Lívia de Figueiredo Torres, Marcos
Antonio Cardoso Garrido, Nelson
Marçal Blanco e Thiago Alexandre de
Oliveira Bouças. Os três mais votados
serão os titulares e haverá três suplentes.
A Cipa vai ser completada com
outros três titulares e três suplentes
indicados pela empresa. A Cipa é uma
exigência legal, por meio da NR-5 e
é um espaço importante de atuação
dos trabalhadores na luta contra os
acidentes e as doenças ocupacionais e,
de modo mais amplo, por um trabalho
que seja compatível com a segurança
e a saúde física e psíquica. O sindicato
estimula os trabalhadores a procurarem
os candidatos pra conhecerem as propostas
de cada um. A votação será por
meio eletrônico. Quem não recebeu o
correio com o link pra votar pode entrar
em contato com o técnico de segurança

Amauri Nogueira, pelo ramal 704-0644.

Cipa TABG
O processo eleitoral para a escolha
dos representantes da Cipa TABG
começa na próxima segunda, dia 19. As
inscrições ficam abertas até o dia 17 de
junho. Entre os dias 18 a 20 de junho
será divulgada a lista de candidatos.
As eleições acontecem de 23 a 30 de
junho. A apuração e a divulgação do
resultado serão feitas até dia 4 de julho.

Devolução de contribuição

Os petroleiros sindicalizados que
desejarem receber de volta a parcela
da contribuição sindical obrigatória
repassada ao Sindipetro-RJ devem
procurar o sindicato até o dia 30 de
junho. Os trabalhadores que quiserem
a devolução devem enviar fax para (21)
3034-7316 da cópia do contracheque
com o referido desconto e dados
bancários para crédito. A parte da
contribuição da categoria que ficar
no Sindipetro-RJ será destinada à
continuidade da luta contra a entrega
do petróleo brasileiro e em defesa
de uma legislação para o setor que
garanta a soberania nacional

Sindicalize-se
Seja associado ao Sindipetro-RJ e participe
da vida sindical de sua categoria.
Basta pegar a ficha de sindicalização na
porta de sua unidade e entregar preenchida
a um diretor do Sindipetro-RJ,
algum representante, ou diretamente
na sede, na av. Passos, 34.

Coral e Teatro no Sindicato

O Sindipetro-RJ oferece duas atividades
culturais para os petroleiros e seus
dependentes. O Coral A Voz da Luta
ensaia todas às quarta-feiras, às 16h30,
e o Grupo Teatral, às 18h30. É só chegar
e participar. Os ensaios acontecem na
sede da avenida Passos, 34, na sala 314.

proposta apresentada não contemplava e André BucaresKy, manifestaram o declararam que não aceitarão qualquer

Surgente no Facebook

a demanda e decidiram encaminhar a total apoio dos petroleiros à luta dos tipo de punição e que qualquer medida

Leia o Surgente no Facebook em

realização da paralisação. terceirizados, inclusive garantindo nesse sentido levará a instalação de

http://www.facebook.com.br/sindipetro-rj

Na mostra da crueldade dos patrões, a estrutura necessária à mobilização greve imediatamente. (Fonte: APN)

BOLETIM
O Boletim Surgente ainda não incorporou as novas regras ortográficas.
PÁGINA ELETRÔNICA: http://www.sindipetro.org.br. .(21)3034-7300/7326. FAX: (21)3034-7316. SECRETARIA DE IMPRENSA: Espinheira,
Hugo e Claiton .(21)3034-7307/7337. EDIÇÃO E REDAÇÃO: Claudia de Abreu (MTb 17.081-RJ). REDAÇÃO: Regina Quintanilha (MTb
17.445-RJ). SECRETARIA: Ronaldo Martins. DIAGRAMAÇÃO: Carlos Soares (Mtb. 3698). ILUSTRAÇÕES E LOGOMARCA DO BOLETIM
SURGENTE: Luís Cláudio (Mega). FOTOS: Samuel Tosta. IMPRESSÃO: NEWSTEC. TIRAGEM: 18.000

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s