Como os políticos respondem a questões sem verdadeiramente respondê-las


Uma nova pesquisa confirmou o que todo mundo já desconfiava: que os políticos são bons em escapar de perguntas e “falam sem dizer nada”.

Os pesquisadores descobriram a técnica principal usada pelos políticos: eles fogem de responder perguntas difíceis durante os debates através da abordagem de questões semelhantes, embora não idênticas. Quando você presta atenção nisso, fica muito claro.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas mostraram aos participantes do estudo vídeos de um debate simulado. O “candidato” (um ator) foi questionado sobre assistência médica universal ou outra pergunta semelhante sobre a guerra contra as drogas. O ator respondeu a ambas as perguntas com uma declaração sobre assistência médica universal.

Apenas 40% dos participantes conseguiam se lembrar da pergunta original sobre a guerra contra as drogas, em comparação com 88% daqueles que ouviram a pergunta sobre saúde.

Quando os participantes não conseguiam lembrar a pergunta corretamente, o candidato teve sucesso em se esquivar da questão, satisfazendo os telespectadores com uma resposta “substituta”.

Já quando eles achavam a pergunta e a resposta muito diferentes, por exemplo, a declaração sobre saúde em resposta a uma pergunta sobre a guerra contra o terror, os participantes reconheceram a tentativa de se esquivar do candidato e tiveram uma visão negativa dele.

Segundo os pesquisadores, os telespectadores do debate não percebiam que o candidato estava se desviando das questões a menos que eles especificamente se lembrassem da questão.

E colocá-la na tela ajudava muito. Os participantes conseguiam recordar a pergunta original, mesmo quando o político estava se esquivando dela, 88% do tempo se ela tivesse sido passada na tela, em comparação com 39% do tempo quando ela não estava na tela.

Os cientistas acreditam que isso acontece porque a inteligência humana é geralmente focada em interpretar as ações sociais do falante (se você acha que a pessoa é honesta, ou confiável), o que os distancia de reconhecer quando a pessoa está disfarçando uma pergunta com uma resposta semelhante.

Sempre que as pessoas se deparam com uma personalidade nova, a analisam socialmente; essa atividade as impede de se engajar plenamente na resposta dada pelo político, facilitando que ele se esquive da questão. [LiveScience]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s