Como descrever a diferença entre ética pessoal e profissional


Escrito por Helen Anderson | Traduzido por Bruno Belli Sinder
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como descrever a diferena entre ética pessoal e profissional
Ética pessoal e profissional diferem em alguns pontos chaves (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Ética é uma vertente da filosofia, voltada para questões sobre certo e errado acerca das condutas humanas. Ela é formada por costumes, crenças e valores pessoais, e produz reações descritas como “instintivas”. Valores sociais, religiosos e institucionais também influenciam os princípios da ética, moldando conceitos como justiça, liberdade e respeito. A ética estrutura a maneira como as pessoas tomam decisões, e, no ambiente de trabalho, dilemas podem surgir quando éticas pessoais conflitam com profissionais. Para evitar esse conflito ético, é importante diferencia entre ética pessoas e profissional.

Nível de dificuldade:
Moderado

Instruções

  1. 1

    Defina ética pessoal. Major General Gerry E. White, autoridade em ética, descreve ética pessoal como sendo convicções profundas que se desenvolvem a partir da família, comunidade, educação e experiência. A ética pessoal estrutura decisões e atitudes, além de providenciar um guia para ações morais. Em um artigo escrito para a empresa de consultoria ética, Crossroads, o autor Larry Colero descreve ética pessoal como um conjunto de benevolência, respeito, confiabilidade, ser justo, não tirar vantagem e prevenir o mal.

  2. 2

    Defina ética profissional. O trabalho costuma envolver as pessoas em novos padrões éticos para que possam realizar suas tarefas. Algumas disciplinas, como direito, medicina e agentes da lei, tem seus próprios códigos de ética, que ditam o comportamento padrão do profissional. Embora o trabalho não obrigue a pessoa a deixar de lado sua ética pessoal, é necessário que ela adote novos padrões. Ética profissional inclui imparcialidade, confidencialidade, divulgação e fidelidade às responsabilidades profissionais.

  3. 3

    Examine onde as éticas pessoais e profissionais são diferentes e similares. Observe as distinções e sobreposições entre as duas áreas, e considere a razão para diferentes situações recorrerem a diferentes princípios éticos. Determinar diferenças claras pode lhe ajudar a evitar conflitos potenciais, além de trazer a tona os valores pessoais que não são discutíveis.

  4. 4

    Crie um cenário como exemplo. Para compreender plenamente as diferenças entre ética pessoal e profissional, crie um cenário que ilustre as distinções. Por exemplo, um advogado que aceita um caso e é proibido de discutir os detalhes, conforme dita a ética de sua profissão. Em caso, entretanto, ela está acostumada a contar tudo ao seu parceiro, conforme os padrões da sua ética pessoal. Nesse caso, no entanto, ela deve se segurar e não contar nada para seu parceiro. Criar um situação hipotética também ajuda a descrever como as éticas pessoal e profissional podem necessitar de alguns ajustes e compromissos para garantir princípios maiores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s