Aprenda e pratique o sonho premonitório


Ter um sonho premonitório consiste em ver em sonho o futuro, o seu ou o de outra pessoa, de uma forma clara ou simbólica. É frequentemente esta segunda possibilidade que acontece, visto que a consciência noturna e o sonho não têm a mesma lógica da nossa consciência diurna; daí a dificuldade, por vezes, em saber se tivemos um sonho premonitório e como devemos interpretá-lo! Vai aprender abaixo a ter sonhos premonitórios sempre que quiser!

Em primeiro lugar, saiba que não é fácil ter sonhos premonitórios. Aliás, é muito provável que já tenha tido alguns, quer se lembre disso quer não! Todos temos estes sonhos.

Se não se lembra, é porque não presta muita atenção aos seus sonhos ou devido ao caráter simbólico de alguns deles que é difícil de entender.

Uma matéria muito volátil!

Em primeiro lugar, é importante que você saiba que o sonho é uma matéria muito volátil. Se não consegue se lembrar deles ou não tenta se lembrar logo ao acordar, rapidamente vai esquecê-los.
Habitualmente, alguns minutos depois do sonho você já esqueceu tudo ou parte do que aconteceu. Assim, primeiro é preciso aprender a se lembrar dos seus sonhos. De seguida, poderá saber se teve um sonho premonitório que prevê o futuro.

Para se lembrar dos seus sonhos, logo ao acordar, não mude de posição e concentre-se nos sonhos que teve durante a noite. Muito rapidamente se lembrará de fragmentos ou até do sonho inteiro, se este tiver sido muito marcante e impressionante. Poderá até escrevê-lo. Isto vai lhe permitir implantá-lo profundamente na memória e muitas vezes encontrar explicações para experiências oníricas que por vezes são simbólicas e cujo sentido nem sempre é fácil de descodificar. O fato de escrevê-los faz com que frequentemente sejam compreensíveis e mais claros.

 

Programar sonhos premonitórios

 

Depois de se acostumar a recordar seus sonhos, programe sonhos premonitórios antes de se deitar, decidindo sonhar durante a noite seguinte de uma forma geral ou sobre um assunto específico de acordo com seus desejos. Seu cérebro estará assim preparado e programado para realizar seus desejos e gerar sonhos premonitórios.

Ao fim de algum tempo, esta programação facilitará a produção de sonhos premonitórios dos quais se lembrará de manhã!

Para os sonhos premonitórios simbólicos, isto é, cujo conteúdo não é claro, tente ver com quem ou com qual acontecimento da sua vida ele pode estar relacionado. Geralmente, ao agir assim, não é preciso muito tempo para entender seu significado. De seguida, só tem de prestar atenção à forma como se comporta para não se encontrar na situação dramática que conduz à realização desse sonho premonitório.
Esta técnica também funciona no outro sentido. Se um sonho for benéfico, adotará o estado de espírito e a atitude necessários à sua realização.

 

O barco que desaparece no mar

 

Eis o sonho premonitório de um cliente do meu gabinete de vidência.

«Estava à beira-mar e vi meu primo se afastar ao longe em um barco, me acenando adeus. Não entendi logo o que isso significava e não pensei mais neste sonho.
Uma semana depois, descobri que meu primo tinha falecido ao cair de um barco de cruzeiro em alto mar, em uma noite particularmente agitada! À meia-noite, decidiu ir fumar para o convés apesar da grande ondulação e do vento violento. Nunca mais o viram!»

Neste caso, o simbolismo é compreensível, dado que o fato de acenar com a mão antes de se afastar é um presságio sinistro.

Assim, tente se lembrar regularmente dos seus sonhos e pratique a programação de sonhos premonitórios. Se praticar com disciplina e regularidade a prevenção deste tipo de acontecimentos, rapidamente será capaz de o fazer.

Se a pessoa que teve este sonho lhe tivesse realmente prestado atenção, teria sido capaz de avisar seu primo do perigo que o ameaçava! Muito felizmente, os sonhos premonitórios podem anunciar acontecimentos menos dramáticos e mais felizes.

 

O sonho do «ônibus inundado»

 

Um homem que entra no seu ônibus todas as manhãs para ir trabalhar sonha que pega um ônibus que não tem teto, em que chove lá dentro e que, pouco a pouco, se enche de água. O ônibus se enche também progressivamente de montes de notas que flutuam à superfície. Ele guarda todas as notas que consegue e sai na parada seguinte.

Um dia depois, o mesmo homem decidiu apostar em corridas náuticas que tinham lugar perto da sua casa. E ganhou um belo valor de dinheiro… líquido!

A teoria de intuição noturna

Uma das teorias mais prováveis sobre os sonhos premonitórios é a da intuição noturna, que reforça a possibilidade de ter sonhos premonitórios se forem programados.

Na verdade, à noite, mesmo que durma, sua consciência não adormece. Ela passa de um estado diurno a um estado noturno, dito de outra forma, funciona em modo de «stand-by». Porém, isso não a impede de trabalhar e por vezes até de uma forma muito ativa. Assim, experiências com um eletroencefalograma demonstraram picos de atividade durante a noite por vezes mais elevados do que aqueles do dia.

 

Uma mudança de estado de consciência

 

Deste modo, a atividade cerebral nunca para, mas conhece fases sucessivas de mudança de consciência. Isto significa que nosso cérebro continua a pensar em nossos problemas e preocupações mesmo durante a noite.

Quando nosso cérebro se concentra à noite em nossas preocupações, funciona graças aos elementos que guardou durante o dia para encontrar soluções. Aliás, muitas vezes encontramos as respostas às nossas perguntas depois de uma noite de sono, daí a expressão: «A noite é boa conselheira»!

Tratando-se da previsão de um acontecimento que diz respeito a outra pessoa, o cérebro analisa tudo o que você conhece sobre essa pessoa (para o afogamento citado mais acima, a pessoa sabia que seu primo estava de férias em um cruzeiro). De seguida, o cérebro deduz o que poderá acontecer à pessoa! Para mais quando ela não sabe nadar muito bem!

 

Um grande trabalhador noturno

 

Os sonhos premonitórios seriam a consequência do poder de dedução do nosso cérebro que tem a capacidade de tratar várias informações, muitas vezes mesmo que você não tenha consciência disso. Assim, ele trata muitos dados, sobretudo à noite quando não é solicitado por nós.
Logo, nosso cérebro possui a propriedade de prever a situação mais provável em função dos dados analisados, mesmo alguns dos quais você não faz ideia e/ou que foram guardados durante o dia. Ele fá-lo tranquilamente e a um ritmo muito elevado. De manhã cedo, fornece a previsão que tem a maior probabilidade de acontecer!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s