Lula é recebido por manifestantes e lideranças políticas


Em Curitiba, movimentos sociais, centrais sindicais e apoiadores do ex-presidente prestam apoio e pediem isenção da Justiça

Escrito por: Rede Brasil Atual • Publicado em: 10/05/2017 – 13:26 • Última modificação: 10/05/2017 – 13:32

Henrique Fontana

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou por volta das 11h desta quarta-feira (10) no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, onde as 14h vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.

Ele foi recebido pela ex-presidenta Dilma Rousseff, ao lado também do presidente da CUT, Vagner Freitas, e pelo coordenador do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) João Pedro Stédile – ambos integrantes da Frente Brasil Popular. Lula chegou à capital paranaense usando gravata verde e amarela e com um exemplar da Constituição nas mãos.

Nas redes sociais, Dilma já havia manifestado confiança. “Já estou em Curitiba para prestar minha total solidariedade ao presidente Lula. A verdade vai prevalecer”, escreveu.

“Estamos aqui para trazer não só a nossa solidariedade, mas para fazer uma verdadeira batalha pela democracia. O que está se costurando aqui é a continuidade do golpe. A burguesia, representada pela Globo, quer inviabilizar a candidatura do Lula. Para implementarem o plano neoliberal, que já está em curso, com a retirada de direitos dos trabalhadores, eles precisam de mais tempo. E eles sabem que o presidente Lula é imbatível nas urnas, sabem que o povo brasileiro não aguenta esse plano maquiavélico e golpista”, afirmou Stédile, na saída do aeroporto.

A senadora petista Gleise Hoffman também viajou ao Paraná, estado que representa no legislativo federal, para prestar solidariedade a Lula. “Acompanhar o presidente, dar solidariedade a ele, estar junto nas mobilizações e mostrar para o Brasil e o mundo a injustiça que está acontecendo aqui”, afirmou.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, teceu críticas a Moro pela parcialidade na condução das acusações contra Lula. “É um juiz que tem sido parcial, por suas declarações, inclusive pela última gravada em vídeo em que pede a seus apoiadores que não venham a Curitiba. Ora, juiz não tem nem apoiador nem oponente. Juiz é juiz”, disse Falcão, na manhã de hoje.

Milhares de pessoas que acampam em Curitiba, em área próxima à rodoviária da cidade, saíram em marcha mais cedo em direção à Praça Santos Andrade, no centro da capital, onde serão realizados atos de apoio a Lula no decorrer da tarde. Às 18h será realizado um ato político com a presença do ex-presidente Lula. Os advogados que o acompanharão no depoimento preveem conceder entrevista coletiva no mesmo horário, no salão Milano do Restaurante Madalosso, bairro central de Santa Felicidade.

Manifestantes lotam praça no centro de Curitiba –  Desde o início desta manhã, milhares de manifestantes, integrantes de movimentos sociais, militantes e simpatizantes se dirigem à Praça Santos Andrade, no Centro de Curitiba,  para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula durante depoimento ao juiz Sérgio Moro, previsto para as 14h. A expectativa é que Lula também se dirija ao local, após o depoimento, para se encontrar com a militância.

Vindos de diversos pontos do país, a maior parte dos manifestantes concentrou-se no acampamento Jornada Pela Democracia, localizado nos arredores da Rodoferroviária de Curitiba, e seguiram em marcha pelas ruas da capital paranaense até a praça. No trajeto, entoaram gritos em favor do ex-presidente, contra o governo Temer e também contra a Rede Globo. “Bate panela, pode bater, quem tira o povo da miséria é o PT”, era um das palavras de ordem ouvidas durante o trajeto. Com bandeiras e panos vermelhos, moradores dos edifícios no trajeto também manifestavam apoio ao ex-presidente.

“Lula chegou acolhido por muitos companheiros. Está muito animado, com o espirito muito bom, à vontade para falar a verdade ao juiz Sérgio Moro, para encerrar essa perseguição, afirmou Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete de Lula e ex-ministro do governo Dilma, ao repórter Jô Miyagui, da TVT. Para Carvalho, Lula representa “o sonho de cada um de nós por um Brasil diferente”.

Já na praça,  o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Roberto Von Osten, afirmou que todas as atenções dos trabalhadores estão voltadas hoje para Curitiba. “Vamos verificar se a Justiça é Justiça, ou se tem partido e tem lado. Vamos ver que justiça que temos no Brasil.”
https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fvagner.freitas.50702%2Fvideos%2F812255505589312%2F&show_text=0&width=560


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s