Engenharia de Segurança do Trabalho


Engenharia de Segurança do Trabalho

 

  1. OBJETIVOS
  2. PÚBLICO-ALVO
  3. CONTEÚDO
  4. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

 

Objetivos

GERAIS: Proporcionar aos participantes uma visão sistêmica e integrada das áreas do conhecimento relacionadas à segurança, medicina e higiene do trabalho, com o objetivo de formar profissionais com alto desempenho na prevenção de danos à pessoa, danos à propriedade, danos à imagem corporativa e danos ao meio ambiente intramuros e extramuros da empresa.

ESPECÍFICOS: Formar profissionais qualificados para possibilitar a execução das seguintes atividades e tarefas:

      –        Supervisionar, coordenar e orientar tecnicamente os Serviços de Segurança do Trabalho;
–        Estudar as condições de segurança dos locais de trabalho e das instalações e equipamentos, com vistas especialmente aos problemas de controle de risco, controle de poluição, higiene do trabalho, ergonomia, proteção contra incêndio e saneamento;
–        Planejar e desenvolver a implantação de técnicas relativas a gerenciamento e controle de riscos;
–        Vistoriar, avaliar, realizar perícias, arbitrar, emitir parecer, laudos técnicos e indicar medidas de controle sobre grau de exposição a agentes agressivos de riscos físicos, químicos e biológicos, tais como: poluentes atmosféricos, ruídos, calor, radiação em geral e pressões anormais, caracterizando as atividades, operações e locais insalubres e perigosos;
–        Analisar riscos, acidentes e falhas, investigar causas, propor medidas preventivas e corretivas e orientar trabalhos estatísticos, inclusive com respeito a custo;
–        Propor políticas, programas, normas e regulamentos de Segurança do Trabalho e zelar pela sua observância;
–        Elaborar projetos de sistemas de segurança e assessorar a elaboração de projetos de obras, instalação e equipamentos, opinar do ponto de vista da Engenharia de Segurança;
–        Estudar instalações, máquinas e equipamentos, identificar seus pontos de risco e projetar dispositivos de segurança;
–        Projetar sistemas de proteção contra incêndios, coordenar atividades de combate a incêndio e de salvamento e elaborar planos para emergência e catástrofes;
–        Inspecionar locais de trabalho no que se relaciona com Segurança do Trabalho, delimitando áreas de periculosidade;
–        Especificar, controlar e fiscalizar sistemas de proteção coletiva e equipamentos de segurança, inclusive os de proteção individual e os de proteção contra incêndio, assegurando-se de sua qualidade e eficiência;
–        Opinar e participar da especificação para aquisição de substâncias e equipamentos cuja manipulação, armazenamento, transporte ou funcionamento possam apresentar riscos, acompanhando o controle do recebimento e da expedição;
–        Elaborar planos destinados a criar e desenvolver a prevenção de acidentes, promover a instalação de comissões e assessorar seu funcionamento;
–        Orientar o treinamento específico de Segurança do Trabalho e assessorar a elaboração de programas de treinamento geral, no que diz respeito à Segurança do Trabalho;
–        Acompanhar a execução de obras e serviços decorrentes da adoção de medidas de segurança, quando a complexidade dos trabalhos a executar assim o exigir;
–        Colaborar na fixação de requisitos de aptidão para o exercício de funções, apontar os riscos decorrentes desses exercícios;
–        Propor medidas preventivas no campo da Segurança do Trabalho, em face do conhecimento da natureza e gravidade das lesões provenientes do acidente de trabalho, incluídas as doenças do trabalho;
–        Informar aos trabalhadores e à comunidade, diretamente ou por meio de seus representantes, as condições que possam trazer danos à sua integridade e as medidas que eliminam ou atenuam estes riscos e que deverão ser tomadas. 

Público-Alvo

Profissionais graduados em Engenharia e/ou Arquitetura.

Conteúdo

Disciplina: Introdução à Engenharia de Segurança do Trabalho 

Carga Horária: 20 horas
Ementa: Apresentar aos participantes a História e a Evolução do Prevencionismo, o papel e a responsabilidade do Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Disciplina: Introdução à Engenharia de Segurança do Trabalho Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações I

Carga Horária: 40 horas
Ementa: Apresentar aos participantes os riscos das principais atividades laborais, os riscos e as medidas de controle em Máquinas e Equipamentos, Sistemas de Proteção Coletiva, Equipamentos de Proteção Individual.
Disciplina: Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações II

Carga Horária: 40 horas
Ementa: Apresentar e discutir questões relativas a: localização industrial, edificações, arranjo físico, obras de construção, demolição e reformas, riscos em trabalhos em eletricidade, legislações e normas relativas a pára-raios e proteção contra choques elétricos.
Disciplina: Higiene do Trabalho I

Carga Horária: 40 horas
Ementa: Apresentar aos participantes a conceituação, a classificação e o reconhecimento dos agentes físicos, químicos e biológicos nocivos à saúde do trabalhador, bem como as Metodologias de avaliação e adoção das medidas de controle relativas ao ruído, às vibrações e às radiações ionizantes e não ionizantes.

Disciplina: Higiene do Trabalho II

Carga Horária: 40 horas
Ementa: Apresentar e discutir as questões relativas aos contaminantes químicos e biológicos e as respectivas medidas de prevenção.

Disciplina: Higiene do Trabalho III

Carga Horária: 60 horas
Ementa: Apresentar e discutir as questões relativas a sobrecargas térmicas,temperaturas baixas, níveis de iluminância, pressões baixas e elevadas, sistemas de ventilação e prática no manuseio e operação de equipamentos para avaliação de agentes nocivos.

Disciplina: Proteção do Meio Ambiente

Carga Horária: 45 horas
Ementa: Apresentar aos participantes a conceituação e a importância da preservação do Meio Ambiente, Qualidade do Ar, Qualidade da Água, Preservação do Solo, Serviços de Saneamento e Destinação de Resíduos Industriais.

Disciplina: Proteção contra Incêndios e Explosões

Carga Horária: 60 horas
Ementa: Apresentar e discutir os conceitos, a importância e a participação do Engenheiro de Segurança do Trabalho na proteção contra incêndios e explosões, sistemas de alarme e detecção, equipes de combate a incêndio, técnicas de salvamento, técnicas de inspeções e análise de causas de incêndios e explosões.

Disciplina: Gerência de Riscos

Carga Horária: 60 horas
Ementa: Apresentar e discutir a natureza dos riscos, a identificação dos riscos, inspeções de segurança, investigação e análise de acidentes e incidentes, controle total de perdas, retenção de riscos e seguros, e administração de seguros.

Disciplina: Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento

Carga Horária: 15 horas
Ementa: Apresentar aos participantes noções de Psicologia, características de personalidade, aspectos psicológicos do trabalho e do acidente, técnicas de comunicação e expressão.

Disciplina: Administração Aplicada à Engenharia de Segurança

Carga Horária: 30 horas
Ementa: Apresentar e discutir os conceitos e princípios de administração, políticas e programas de Engenharia de Segurança do Trabalho, organização e manutenção dos Serviços Especializados em Segurança e Medicina do Trabalho e seus aspectos éticos.

Disciplina: Ergonomia

Carga Horária: 30 horas
Ementa: Apresentar e discutir noções de fisiologia do trabalho, dimensionamento de postos de trabalho, trabalho em turnos e elaboração de laudos ergonômicos.

Discipina: Ambiente e as Doenças do Trabalho

Carga Horária: 50 horas
Ementa: Conceituação e Importância. Serviços de Medicina do Trabalho. Doenças do Trabalho. Doenças causadas por agentes físicos, químicos e biológicos. Doenças do trabalho na indústria e no meio rural. Aspectos epidemiológicos das doenças do trabalho. Toxicologia. Primeiros Socorros.Transporte de acidentados. Equipes de primeiros socorros.

Disciplina: Legislação e Normas Técnicas

Carga Horária: 20 horas
Ementa: Apresentar aos participantes as legislações acidentária, previdenciária e sindical, a Consolidação das Leis do Trabalho e as atribuições do Engenheiro de Segurança do Trabalho.

Disciplina: Assuntos Complementares I

Carga Horária: 30 horas
Ementa: Apresentar aos participantes as metodologias para a elaboração de perícias trabalhistas e programas preventivos, tais como: PCMAT – Programa de Conservação e Meio Ambiente na Indústria da Construção, PGR – Plano de Gerenciamento de Risco e PAE – Plano de Ação para Emergências.

Disciplina: Assuntos Complementares II

Carga Horária: 20 horas
Ementa:  Informática aplicada à Engenharia de Segurança. Criatividade na solução de problemas. 

Informações complementares

Duração do curso: 18 meses
Carga horária total: 600 horas 
Dias e horários das aulas: Terças, Quartas e Quintas das 19h às 23h

Prof. Responsável Gilberto Magalhães Ferri – e-mail
Valor: R$ 507,62 (matrícula + 23 parcelas)
A formação de turma dependerá do número mínimo de aprovados (20 alunos).
Obs.: o valor da mensalidade do curso sofre reajuste anual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s