JP – Jornal do Petroleiro / discussão sobre o ACT 2009


Participe!

Seja um editor, colaborador, pesquisador, no seu Jornal.

Ou simplesmente um leitor. Critique e encaminhe propostas. Cadastre-se no grupo para receber os informes de notícias.

https://jornaldopetroleiro.wordpress.com

Jornal do Petroleiro

Especial Aposentados

https://jpaposentados.wordpress.com/

Entre nos grupos para receber novas noticias:

http://br.groups.yahoo.com/group/jornal_do_petroleiro/

http://br.groups.yahoo.com/group/jornal_do_petroleiro-aposentados/

para entrar acesse os links ou envie email para:

jornal_do_petroleiro-subscribe@yahoogrupos.com.br

Colabore ainda com opinioes sobre o Acordo Coletivo 2009 e melhorias sindicais em:

http://br.groups.yahoo.com/group/acordo_coletivo_petrobras/

ou no blog:

https://acordocoletivo.wordpress.com

2 comentários em “JP – Jornal do Petroleiro / discussão sobre o ACT 2009

  1. Tivemos a discusssão da famigerada repactuação,AOR empurrado goela abaixo dos repactuantes pela Petrobrás & Petros, agora a bola da vêz é a AMS que já é notório o seu desmonte, trabalhar a categoria para mudar o foco de seus anseios economicista é a única maneira de avançar na manutenção e melhorias das questões que envolve o social, uma AMS forte
    e bem estruturada para atender seu publico, auxilio ao ensino universitario para seus empregados, diferente da forma que está ai, que tal pensarmos em ganho rteal na AMS, bolsa escola,extenção da AMS para pai e mãe.

    Não dá para permanecer na mesmice, ou mudamos nosso foco para lutar por questões que realmente impactam no presente com consequencias desastrosas para nós e nossas famila no futuro é melhor jpogar a toalha!!

    Curtir

  2. É importante a criação de mais um meio de comunicação onde os petroleiros possam externar os problemas que pensavam resolver com a mudança de governo.No entanto nestes últimos anos o que está sendo visto é continuidade do draconismo do qual fomos vitima na gestão famigerada de FHC e sua horda, pensava-mos que estariamos livre das perseguições, assedio moral e outras medidas que vão de encontro á ética e respeito ao trabalhador petroleiro: Ledo engano, fomos usados como instrumento para poucos galgarem os degraus do poder, hoje na petrobrás vivemos a república sindigatista, os “companheiros” foram cooptados se encantaram com o nectar do poder.Por isso é importante este mecanismo de comunicação para possibilitar a interação de todos os petroleiro deste imenso Brasil.

    Aníbal Araújo
    Tec Op Pleno
    UN-BA/ATP-S/OPCAN

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s